Avaliação da Qatar Airways – melhor companhia do mundo

Denis Carvalho 21 · setembro · 2011

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Qatar Airways foi eleita em 2011 a melhor companhia aérea do mundo pela prestigiada consultoria Skytrax, após pesquisa mundial com mais de 18 milhões de passageiros em mais de 100 países. Em novembro publicamos a avaliação de um voo com a empresa para a Europa e hoje apresentamos uma rota perfeita para quem deseja provar os serviços de uma companhia cinco estrelas: o voo de Guarulhos a Buenos Aires. O leitor Frederico Buzon aproveitou o feriado no país vizinho, testou e aprovou com louvor o atendimento da Qatar! Nunca vimos tantas notas 10 em uma única avaliação! Acompanhe:

Através do Melhores Destinos conheci a Qatar Airways e descobri que eles fazem a rota São Paulo / Buenos Aires. Com isso consegui uma boa oferta de passagem e fiz uma viagem com minha namorada para capital Argentina na semana do feriado de 07/09/2011.
A Qatar é a melhor companhia que já voei, tanto na educação dos seus funcionários, pontualidade e conforto.

Compra
Comprei as passagens pelo site da Qatar com muita facilidade e os bilhetes foram emitidos normalmente, sem nenhum problema. Realizei o Web check-in com 24 horas de antecedência tanto na ida quanto na volta e os assentos já estavam reservados desde a compra 17A e 17B para ida e volta. Nota 10

Check-in
Saímos de Guarulhos e como não gosto de imprevistos sempre chego cedo. Mesmo sendo feriado nacional no dia 7 de setembro o aeroporto estava tranquilo. O check-in foi muito rápido, o que se justifica também pela antecedência. O procedimento foi aberto mais de três horas antes do voo e os funcionários foram muito atenciosos! Nota 10
O embarque foi normal tanto na ida quando na volta. Primeiro, as pessoas com necessidades especiais, seguidas da classe executivas e membros do Privilege Club, depois passageiro do fundo do avião e por fim passageiros do meio do avião – que era o meu caso. Na volta seguiu-se a mesma ordem. Nota 10

Pontualidade
Na ida o voo foi pontual, somente 20 minutos depois da hora marcada, decolamos exatamente às 18 horas. Na volta houve um atraso de 40 minutos e decolamos às 23:50. Vale destacar que o atraso não foi devido à empresa , devido a passageiros mais empolgados com o freeshop do aeroporto de Ezeiza em Buenos Aires.

Voo
O Boeing B777-200LR merece mais uma nota 10. As duas primeiras partes frontais do avião eram destinadas à classe executiva na configuração 2-2-2. Nas duas últimas partes do avião ficam a classe econômica, na configuração 3-3-3. O espaço das poltronas é ótimo, muito difícil encontrar hoje em dia algo similar. Era possível esticar bem as pernas e ainda tínhamos a disposição travesseiros e mantas. Nota 10!

O único ponto negativo para a Qatar em toda a viagem foi com relação à limpeza da aeronave: na ida GRU – EZE o avião vem de Doha e faz somente a troca de equipe. É compreensível que depois de 14 horas de voo o avião não esteja totalmente limpo. Na volta tudo em perfeito estado. Nota 9

Serviço
O atendimento durante o voo da Qatar é ótimo! As comissárias e comissários são sempre simpáticos e disposto a atender a todos os pedidos. Tanto eles quanto o comandante, que somente fez avisos básicos durante o voo, falam somente inglês e árabe. Somente na volta tinha um comissário falando em português. Mesmo que as pessoas não falem o inglês eles fazem de tudo para entender. O menu das refeições está nas 3 línguas. Árabe, Inglês e Português. Como disse são distribuídos mantas, travesseiro e tapa olhos. Nota 10

Refeições
O serviço de bordo também foi excelente e merece mais uma nota 10. Apesar do tempo de voo curto– cerca de 2 horas e meia –foi servido um jantar. O menu sempre consta com duas opções: Peixe ou Frango tanto na ida e na volta. Acompanhado de salada e sobremesa. Depois é servido café ou chá. Destaque que as bebidas são à vontade: água, chá, refrigerantes, sucos, cervejas, vodka e uísque. Como disse, nota 10!

Entretenimento
A Qatar conta com sistema Oryx com telas individuais onde cada passageiro pode escolher seu entretenimento. Havia oito opções de filmes, incluindo títulos bem recentes, como Super 8, Deu a louca na Chapeuzinho 2 e Kung Fu Panda 2. Só não havia legendas ou áudio em português.

Para áudio contava com mais de 500 músicas. O que eu mais gostei é a opção de Jukebox, onde você pode montar a lista com suas músicas preferidas. A pesquisa das canções podia ser feita por país ou ritmo.

Existiam opções também de programas de TV (nenhum nacional ), notícias internacionais e informações do voo. Há ainda muitas opções de jogos – as configurações e seleções eram feitas por toque na tela ou por um controle remoto. A Qatar oferece também uma revista em inglês. Nota 10

Chegada
A retirada das bagagens em Ezeiza foi demorada por um fato curioso: no mesmo voo estavam a comissão técnica da seleção de futebol da Argentina. Na esteira os funcionários do aeroporto deram prioridade às malas e equipamentos deles – e olha que não era pouco! Na volta ao Brasil tudo normal e rápido.

Conclusão
A Qatar faz jus ao título de melhor companhia aérea do mundo. Entre seus pontos fortes estão a pontualidade, respeito com os clientes, funcionários educados e atenciosos e equipamento novos. No entanto, a empresa deveria ter mais comissários treinados para falar português , já que faz voos diários para o Brasil, além de opções de entretenimento em nossa língua. De todo modo, caso volte a Buenos Aires ou viaje a outro destino oferecido pela Qatar com certeza ela será minha primeira opção!

Agradecemos ao Frederico por compartilhar suas impressões conosco e convidamos a todos os que já voaram pela Qatar a fazer o mesmo nos comentários abaixo. Se quiser fazer a avaliação de alguma empresa que ainda não foi descrita aqui no Melhores Destinos mande um e-mail para contato@melhoresdestinos.com.br. Ficaremos felizes em publicá-lo!

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe