Como é voar na Primeira Classe no novo Boeing 777 da TAM

Denis Carvalho 29 · outubro · 2013

No fim do ano passado, a TAM recebeu quatro novos Boeings 777, equipadas com um novo design interior, desenvolvido pelo escritório inglês Priestmangoode. Entre as novidades da aeronave, que tem capacidade para 368 passageiros, está a nova Primeira Classe, que promete colocar a TAM à altura das concorrentes internacionais. Nosso leitor Leonardo Cassol fez o trajeto de São Paulo a Miami no novo “Triple Seven” e aprovou. Confira nessa avaliação exclusiva para o Melhores Destinos o que as novas aeronaves da TAM têm a oferecer aos passageiros da classe mais luxuosa: 

Avaliacao-TAM-Primeira-classe

O serviço de Primeira Classe busca oferecer aos clientes uma experiência diferenciada, com maior privacidade e sofisticação. O público-alvo são altos executivos, personalidades ou pessoas que demandam um serviço mais personalizado e/ou que teriam a opção de voar em jatos fretados ou particulares. No meu caso, aproveitei uma excelente promoção, que também foi divulgada pelo Melhores Destinos e me aventurei a conhecer o serviço de Primeira Classe da TAM, na nova configuração do Boeing 777, reformulada pela empresa.

As novas aeronaves estão sendo operadas em todos os voos da rota São Paulo x Miami. Mas, como isso pode mudar, a dica é verificar no momento da compra se a Classe Executiva começa na fileira 11 (nova configuração) ou 12 (antiga configuração).

Dificilmente a cabine da 1ª Classe pode ser vista pelos passageiros que embarcam pela econômica, uma vez que a mesma fica localizada logo após a cabine dos pilotos (no caso da TAM, em todas as configurações). Destaco isso pois muitos passageiros confundem a 1ª Classe (FIRST) com a Classe Executiva (BUSINESS) ou com a 1ª classe em voos domésticos nos EUA, que são muito diferentes do que é proposto na primeira classe de voos transcontinentais. Portanto, imagino que muitos leitores do MD, como eu, tinham a curiosidade de conhecer mais como funciona esse serviço.

É importante ressaltar que considerei três aspectos importantes na avaliação: (1) comparação com os serviços oferecidos por outras empresas; (2) compatibilidade com o preço cobrado pelo serviço; (3) adequação ao perfil e às expectativas do público-alvo. Busquei ser o mais justo e imparcial possível, ilustrando com fotos minha experiência de viagem para que os demais leitores possam formar sua opinião.

1. Compra da passagem

A passagem foi comprada pela internet. Durante a compra houve um bloqueio preventivo do meu cartão de crédito por suspeita de fraude. Para minha surpresa, um minuto após o ocorrido recebi uma ligação do call center da TAM se oferecendo para concluir a compra da passagem. Eles aguardaram eu ligar para o cartão de crédito e assim concluíram a compra. Segundo o atendente, é um serviço oferecido para passageiros membros do Programa Fidelidade TAM que compram passagens de Primeira Classe e Executiva. Funcionou bem. O preço também foi excepcional, por conta da promoção, custando o valor usualmente cobrado pela Classe Executiva. Nota 10!

2. Check-in

Em Guarulhos o check-in é feito numa área totalmente exclusiva, em frente à loja da TAM. O ambiente lembra uma sala VIP. O atendimento foi imediato. Após despachar as bagagens fui encaminhado a Sala VIP TAM Primeira Classe.

Check-in
Check-in

Perguntei se havia serviço de banho na Sala VIP e o atendente confirmou que sim. Ao chegar à Sala VIP o atendente me informou que o local já estava pronto para meu uso. Muito eficiente. A franquia de bagagem é de três peças de até 32 quilos, mais o adicional do cartão fidelidade, se houver. Difícil de usar tudo isso. Muito bom. Nota 10!

3. Sala VIP TAM 1ª Classe

A TAM possui três salas VIP em Guarulhos, sendo uma delas exclusiva para passageiros da Primeira Classe. A sala não é muito diferente das demais salas VIP.

Sala VIP
Sala VIP

Seu diferencial é que fica quase sempre vazia e possui um espaço para banho maior que o usual, com produtos da Trousseau.

Sala-vip-tam

Pontos negativos: internet lenta e difícil de acessar, pouca variedade de lanches e quase nenhuma tomada de energia. Em relação às bebidas, a TAM costumava oferecer Whisky Green Label, mas notei que não estava disponível na data que viajei.

6 - Lanches Sala SIP

Ao entrar na sala o atendente pergunta se você gostaria de embarcar antes ou após os demais passageiros. Feita a escolha um assistente pessoal vai buscá-lo na sala e deixá-lo na aeronave. Nota 8!

7 - Bebidas Sala VIP

4. Embarque

Os quatro passageiros checados na Primeira Classe embarcaram no voo JJ 8090 antes dos demais, num serviço rápido, discreto e eficiente. Caso a aeronave não esteja parada no finger, o embarque é feito por uma van exclusiva, separado dos demais passageiros. Parece frescura, mas é um diferencial para quem pagou a mais para ter privacidade. Ao chegar à aeronave champanhe ou bebida à sua escolha, com uma degustação de aperitivos com salmão, salada e queijo com geleia. Muito gostoso. Nota 10!

foto 1

5. Cabine / interior da aeronave

Os novos Boeing 777 possuem luzes de LED e maiores telas no sistema de entretenimento. A cabine da Primeira Classe é ampla e bonita, com tecidos e acabamentos diferentes da first dos Airbus A330 e dos Boeing 777 mais antigos da TAM.

foto 3(1)

O resultado visual ficou muito bom. Nota-se uma grande evolução em relação ao modelo anterior. A Primeira Classe continua com apenas quatro assentos, na configuração 1 – 2 – 1. Todos dão acesso ao corredor. Existem dois banheiros exclusivos, ou seja, dificilmente você vai ter dificuldade para usá-los. É até um exagero, mas um diferencial positivo da TAM. Nos banheiros, decoração convencional, mas com produtos da Ritual. Nota 9!

O assento é grande, confortável e fácil de operar. Reclina 180 graus e oferece um conforto muito próximo ao de uma cama de verdade.

10 - Assento

Apesar de tantas qualidades, o produto da TAM fica atrás de algumas empresas que oferecem suítes na primeira classe, com uma cabine realmente exclusiva e com maior privacidade. A TAM até possui uma pequena baia que levanta para aumentar a privacidade, mas é muito baixa. Nota 8!

Existe um sofá na parte da frente do assento, que permite que dois passageiros possam ficar de frente ou, ainda, um jantar a dois, padrão restaurante. É uma inovação interessante e útil. O assento também possui uma opção de ajuste especial para a refeição, aproximando-se mais da mesa. Muito bom! Nota 10!

12 - Tela

A tela do sistema de entretenimento é muito grande (29 polegadas wide screen), o maior diferencial da Primeira Classe. O sistema é operado por uma espécie de Tablet touch screen, que não é muito fácil de usar pela 1ª vez.

foto 1aHavia uma boa variedade de filmes e séries de TV, o mesmo oferecido nas demais cabines, mas nada excepcional. O ponto forte para brasileiros é que a maior parte do conteúdo possuía legendas ou tradução para o português. Além disso, tomada de energia multi porta e entrada USB. Nota 8!

A cabine possui ainda um armário para cada passageiro, localizado atrás do sistema de entretenimento, com cabides e espaço para guardar a bagagem de mão. Além disso, ao lado da cadeira e abaixo da TV existem outros compartimentos onde é possível colocar objetos pessoais.

Foram entregues pelos comissários kit de amenidades com duas nécessaires, pijama, kit com travesseiro e edredom e fone de ouvido com anulador de ruídos. O material e os produtos de excelente qualidade, dentro dos padrões oferecidos por outras empresas aéreas. Após o jantar a comissária arruma a cama para o passageiro e pergunta se gostaria de ser acordado para o café da manhã. Nota 9!


15 - Necessaire

6. Serviço de bordo

17 - CardapioO serviço de jantar foi iniciado 20 minutos após a decolagem. Um diferencial positivo considerando que o voo de São Paulo a Miami tem aproximadamente oito horas de duração. Isso dá mais tempo para os passageiros descansarem.

A mesa de refeição é grande e espaçosa, com acabamento em madeira. O cardápio oferecia 2 opções de entrada, 4 de pratos principais, além de sopa, sobremesa e uma boa variedade de bebidas e vinhos. A louça, talheres e copos são personalizados e de boa qualidade. As comissárias anotaram o pedido antes da decolagem e fizeram um bom trabalho durante o voo, com poucas falhas. As primeiras opções de escolha estavam disponíveis e foram servidas com agilidade, uma por vez.

Prato de entrada
Prato de entrada

A comida estava gostosa, porém abaixo das minhas expectativas. Na entrada escolhi atum. Como prato principal escolhi salmão com arroz num voo e filé mignon com batata em outro.

19 - Salmao 20 - File

Como sobremesa foi oferecido como opção sorvete, frutas ou um prato com três doces.

21- sobremesa

No café da manhã as opções eram omelete ou croissant recheado, acompanhados de frutas, pães, geleias e bebidas variadas.

22 - Cafe manha

Em ambos os casos, não vi muita diferença do que se costuma servir na cabine da Classe Executiva da TAM ou de outras companhias.

Café da manhã
Café da manhã

Aliás, estava até um pouco abaixo do que outras empresas oferecem em termos de apresentação e sabor. Nesse quesito a primeira classe da TAM ficou devendo. Nota 7!

7. Comissários / equipe de solo da TAM

Os comissários foram gentis e atenciosos. Em alguns momentos chamavam os passageiros pelo nome em outros não, mas sempre de maneira cordial e objetiva. Fizeram um bom trabalho no voo e deixaram os passageiros muito à vontade. Na chegada fomos recebidos por outra assistente pessoal que passou conosco pela imigração, ajudou na retirada das bagagens e nos levou até o transfer gratuito oferecido aos passageiros da 1ª classe. Nota 9!

Transfer
Transfer

8. Programa de Fidelidade

Os passageiros da 1ª classe recebem uma generosa pontuação no Fidelidade TAM, 250% da pontuação normal, ou seja, 25.000 pontos numa viagem de ida e volta para os EUA. Com a bonificação do cartão fidelidade pode chegar a 50.000 pontos, o que já assegura algumas viagens dentro do Brasil e pontos para upgrade de cartão. Diferencial positivo, considerando que a TAM restringiu muito o acúmulo de pontos em voos domésticos. Nota 10!

9. Conclusão

Em síntese, um serviço muito bom, mas para poucos. Afinal, o preço usual de uma passagem em primeira classe para EUA ou Europa é de aproximadamente US$ 7.000,00 ou pouco mais de R$ 15.000,00. Só mesmo quem tem muita grana ou tem a passagem paga pela empresa pode desfrutar de um serviço assim.

Considerando também o serviço oferecido por concorrentes de peso como Singapore, Lufthansa, Qatar e United, creio que a Primeira Classe da TAM deixa um pouco a desejar. Algumas cabines de Classe Executiva oferecem uma experiência muito próxima a que tive na First, a um custo bem mais acessível. Isso de maneira alguma desqualifica o serviço oferecido pela empresa, mas indica que ela precisa ser competitiva no preço com serviços equivalentes ao que ela oferece nessa classe. De qualquer forma, tive uma experiência muito agradável e recomendo a TAM para os leitores do MD.

Agradecemos ao Leonardo pela excelente avaliação, que certamente matou um pouco da curiosidade de muitos leitores que sonham em voar na classe top da TAM. E você? Já voou de primeira classe com a companhia brasileira? Deixe sua opinião nos comentários. Fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos? Ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br. Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste postNão esqueça de dar uma passadinha no nosso Guia de Companhias Aéreas, onde você pode avaliar a TAM e as demais empresas e ler as opiniões dos demais leitores.

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Leandro Esteves

    Parabens pela avaliação. Completissima !

  • Luiz Cunha

    Otima avaliação, rica em detalhes….obrigado por compartilhar!

  • Kew

    Parabéns, ótima avaliação.

  • Alex Freitas

    Excelente relato e crítica !

  • Marcia

    Bem, para ser justo, o ideal é comparar os iguais. A rota América do Sul X EUA tem companhias operando cobrando o dobro desse valor para primeira classe com serviço que não chega nem aos pés. Por isso acho que a da TAM é a melhor e mais barata (em situações normais) que se pode comprar. Mas muito disparado mesmo. rsss A primeira classe de voos longos da Delta (chamada Business Elite), por exemplo, constantemente ultrapassa 10 mil dólares nessa rota. A mesa é metade do tamanho, a tela é uma piada, a oferta do menu é uma piada, seats muito ruins, etc. Por sinal, as salas vip da Delta no mundo inteiro agora não oferecem nada mais que um amendoim e lamba os beiços. Até cerveja, exceto Miller, eles agora cobram 6 dólares cada. kkkkkk

    • Thomas H.

      A Delta não tem First, portanto, não há como comparar. E qto ao preço, depende da época, disponibilidade e antecedência da compra, o que é cobrado na Business Elite da Delta é equivalente `a Executiva da Tam ou de outras cias. americanas.

      • Marcia

        A Business Elite da Delta É a primeira classe da Delta. É uma questão de nomenclatura. Ela chama a primeira classe somente a cabine especial em voos domésticos. E discordo totalmente. A Business Elite COSTUMA ser mais cara que a primeira classe da TAM. Fato. Obviamente é possível encontrar mais barato na data certa, etc etc, mas o mesmo pode ser dito da primeira classe da TAM. Assim sendo, a TAM continua sendo a melhor e mais barata. Até porque o serviço das companhias aéreas americanas é um lixo, mesmo de primeira classe/Business Elite.

        • Thomas H.

          É melhor vc se informar direito. A Business Elite (Delta), a Executive First (Air Canada), Business Premier (Air New Zealand), Magnifica (Alitalia), só para citar algumas, realmente são o melhor produto que tais cias. oferecem. Mas jamais são equiparadas `as first class. São equiparadas `as business, seja pelo serviço em terra, a bordo e pelo "pitch" do assento. Se vc consultar qualquer pessoa que entenda um pouco de aviação civil, vai receber a mesma resposta.

          • Marcia

            Eu me informar? Trabalhei ANOS em aviação civil. Agora estou fora, mas basicamente só viajo de First e Business. Acho que você precisa se informar melhor. Não estou dizendo que a BE é uma first como a da Lufthansa ou Emirates. Mas liga pra Delta e pergunta, se quiser. Eles chamam de First a cabine diferenciada nos voos curtos domésticos e BE dos voos internacionais longos. Esta é a primeira classe da Delta. Se é uma porcaria (eu, ao menos, acho horrível), aí são outros 500. Este é meu ponto. Não estou tecendo comentário de valor ou dizendo que a BE é uma First real.

          • Dênis Colli

            Isso tem cara de ex-funcionario TAM e atual Delta 8)
            As empresas usam as metricas de marketing para adequar a comunicação de seus produtos e transmitir mais "valor" aos consumidores…
            Somando todas as Business seja TAM, AA, Delta, United etc não dão meia da Business da Singapore… Não li a respeito da Business no 777 que operam no BR, somente do A380, e posso dizer que só pelos relatos já estou acumulando a poupança de milhas para pagar 70k em uma perna.

          • Marcia

            Desisto. Se não consegue entender uma comparação simples de nomenclatura doméstica/internacional, não vou fazer milagre. Fui.

          • Thomas H.

            É que vc é tão insistente em dizer que existe uma First internacional na Delta, que deu essa impressão… Qto `a first domestica, eu sei que existe essa nomenclatura, apesar de não passar de uma "business" da Copa.

          • Dênis Colli

            Concordo com Thomas. Apenas nomeclatura criada por nós Marketeiros

          • gustavo

            já viajei em varias vezes em executiva e first class….uma afirmação que tenho e que varias companhias que possuem first class não se equiparam a executiva da Singapore..a poltrona da sin e a maior que já vi em largura de todas as executivas do mundo…isto e fato…imagina então na first class.

      • Marcia

        Além disso, também é informação errada dizer que o valor da Business Elite é equivalente à executiva da Tam. Fora esbarrar numa promoção, isso nunca acontece.

        • Dênis Colli

          Marcia o preço de ambas as cias que operam voos diretos na mesma rota são equivalentes.
          Um voo GRU-JFK/EWR-GRU comprado com 120 dias antes do embarque custa em média R$6.000,00 se você pesquisar verá que TAM, AA e Delta possuem preços proximos.
          Voei GRU-EZE em 2012 com a TAM em executiva e foi bacana.
          GRU-JFK Out/2013 com a Delta muito bom!
          Mas ainda não superou a Executiva da AA DFW-GRU no B77W onde o assento é uma meia suite, por 40mil Avios.

          • Marcia

            Eu faço GIG-LGA-GIG constantemente com a Delta (infelizmente, questões de trabalho e só quando vou pra atl e lga) pelo menos uma vez por mês e sempre observo os preços. É bem, BEM desigual na minha opinião.

          • Dênis Colli

            O voo GIG-ATL é o mesmo aparelho que GRU-JFK apesar da flatbed, ambos possuem os mesmos serviços. Claro que a TAM tem o diferencial de falar portugues em 100% das cabines o que nas cias americanas reduzimos a 1/3 da tripulação e olhe lá(voos saindo do BR)

          • Marcia

            Eu faço GIG-LGA-GIG constantemente com a Delta (infelizmente, questões de trabalho e só quando vou pra atl e lga) pelo menos uma vez por mês e sempre observo os preços. É bem, BEM desigual na minha opinião.

          • Thomas H.

            Denis, essa nova business da AA… aí sim pode até ser comparada a uma first (assim como as business da Singapore, Qatar ou Turkish) em termos de conforto. Apesar de não oferecer o mesmo nível de servico a bordo nem dar acesso ao Flagship Lounge (somente ao Admirals Club).
            Nunca voei na Business Elite da Delta, mas já voei na business da Swiss, que é exatamente a mesma (mesmo fabricante de assentos). Tem um console legal, fica 180 e paralelo ao chão, mas achei estreito…

          • Dênis Colli

            Que legal. Ja voei de Swiss mas de economica e o serviço foi excelente!
            Ao entrar na aeronave senti que o serviço na Executiva era de primeira – ops Executiva, porque ela opera Suites na PrimeiraClasse. Os assentos tem um design muito arrojado, a configuração também é igual a Delta 1-2-1. Gostei da BE da Delta acho um diferencial flatbed, o unico problema que também achei estreito, igual da AA.
            AA no 77W é moderno, a disposição dos assentos é de estranhar no inicio, mas você se acostuma, o famoso acesso direto ao corredor…
            Quando voei fiz check-in na Flagship, em DFW tinha uma ala especial para First mas fiquei no Admirals mesmo.
            Quando vou me dar um presente gosto de escolher aeronaves grandes e que tenham algum diferencial, exceto as barbadas como a Delta por 2k.

      • Dênis Colli

        Concordo Thomas.
        No meu voo GRU-JFK fui conversando com os comissarios… E por incrivel que pareça, a taxa de ocupação da Executiva é baixa. Vou explicar,
        Logo que o voo fecha(check-in), eles recebem a lista com os passageiros a bordo.
        Eles fazem uma consulta no sistema da Delta, que não é como o Amadeus complexo de mexer(segundo a Atendente), neste passo eles tem acesso a todos os clientes de categoria elevada no programa SkyMiles e o proprio sistema os coloca organizado de acordo com o status, tempo de relacionamento com a cia, etc…
        Proximo passo é verificar se existe solicitacoes de upgrade, caso tenha, eles concedem.
        Se não tiver mais upgrades solicitados, nem ajustes de solo alguns assentos viajam vazios, pois cerca de 40-60% é vendido em $$$$ o resto upgrade ou milhas em parceiras, salvo algumas datas que a taxa vendida pode chegar a 100%.

    • Dênis Colli

      Marcia a Delta não possui FirstClass.
      A BE é um excelente produto no mercado, mas não chega a ter o conforto de uma FirstClass.
      Voei GRU-JFK no 764 e achei o assento bacana, com boa privacidade, fica 100% plano, mas estreito. O serviço de bordo foi bom, atendentes americanos geralmente não impacientes, mas tentam ser cortes com os clientes.
      Quanto aos snacks, sem duvida algumas as salaa Vip Americanas ficam a desejar. O ponto positivo foi o SkyDeck no Terminal4 JFK, muito moderno e sim, um produto diferencial.

      • Marcia

        Gente, não é possível. É uma questão de nomemclatura. A BE é a cabine mais luxuosa da Delta, então, é a primeira classe da Delta nos voos internacionais longos. É horrível, mas é. Eles chamam de First a cabine horrorosa de ridícula dos voos domésticos. É só nomenclatura ou, então, vocês acham que essa First é First mesmo?

        • Marcia

          *nomenclatura.

          • Hélio

            O fato da Delta Não ter cabine mais luxuosa que a BE não a transforma automaticamente em First. É um voo com Economic e Business, sem First.

            Pela sua lógica, como num voo da Gol só tem uma classe, ela automaticamente vira a classe mais luxuosa do voo, então é First!

        • Thomas H.

          Algumas cias. simplesmente não possuem First Class internacional, e a Delta é uma delas. Só para citar outras intercontinentais que operam no Brasil e que tb não possuem 1st, estão a TAP, Iberia, Alitalia, South African, LAN, KLM, Qatar (até tem, mas não nas aeronaves que operam aqui), Turkish (idem).

          • Marcia

            E o que isso tem a ver? Eu estou comparando as "melhores" cabines de diferentes companhias. E dizendo que se a Delta chama a cabine doméstica de First, mesmo só servindo sanduíche em boa parte dos voos, a BE é a First internacional longa da Delta. Simples assim. É uma questão de comparação. Somente isso. Bem, desisto. Fui.

          • Marcia

            *nada contra sanduíche decente, só que ruim e basicamente congelado na "First" é forçar a amizade. E isso não foi só uma, nem cinco e nem dez vezes, então, é padrão. Bem, agora fui!

          • césar

            A delta, não tem first e pronto! Entra no site pra vc ver, p quem voa tanto nela deveria saber disso. Bisness Elite e o nome da executiva da Delta, faz tempo q acabaram c a primeira. Cansei de voar na delta e acho q vou mandar um post p o MD bem explicadinho p vc ler dona Márcia, pra quem entende tanto de aviação, vc ta ruim!

          • Aff ela não esta entendendo que tratamento e diferencias da FIRST se compara com FIRST e não com melhor cabine de uma empresa (exec). exec se comparara com exec, first com first. quer comparar melão com melancia.

          • Dênis Colli

            Otima comparação Rodolfo!
            Ainda bem que outros compreenderam o X do questionamento. Business é Business, First é First.
            Abs

        • Dênis Colli

          Marketing Márcia Marketing!!!
          Nos Estados Unidos chamam de First porque Americano adora criar o abismo entre as classes sociais… O BR esta aprendendo direitinho com eles…
          A diferença entre a First domestica ~ como é chamada pelas cias americanas e a Economica, Soft drinks – bebidas e algums snacks free e em alguns voos poltronas mais largas, enquanto na Y tem que pagar para comer um amendoin, e despachar a bagagem…
          Não passa de uma Business. Enquanto numa cia Europeia o assento é igual, e o serviço de bordo também um pouco mais elaborado e franquia de bagagem.

  • Thomas H.

    Muito bom o relato, parabéns!
    Este produto compete com outros oferecidos por cias. norte-americanas (AA, United). Porém, não chega nem aos pés ao que é oferecido na First de algumas cias asiáticas e europeias que operam no Brasil como Singapore, Lufthansa, British ou Swiss.
    Como relatou o leitor, a refeição é semelhante `a da executiva, e isso ocorre também na First da United por exemplo (a única diferença é um course a mais, no caso, uma sopa).

  • Beni Kanarek

    Demais!!! Eu fiz uma avaliacao aqui no MD sobre a primeira classe da AA, e a TAM esta me parecendo melhor em relacao ao tratamento antes e depois da viagem. a AA nao tem isso.Parabens!! o meu relato ta no link abaixo.
    http://www.melhoresdestinos.com.br/american-airli

  • PAULO ALMEIDA

    Ótimo post. Fica provado que com dinheiro tudo funciona!

  • Leandro

    Gostaria de deixar uma sugestão, apenas para auxiliar os colaboradores do MD:

    Seria interessante criar um check list, ou um formulário, para auxiliar os leitores que pretendem fazer uma avaliação da CIA/Serviço. Assim todas as avaliações ficariam tão completas como esta foi.

    • Leandro, nós já temos um guia que é enviado a todos os leitores assim que se oferecem para fazer a avaliação. Ocorre que alguns gostam ou tem mais facilidade para escrever e outros são mais sucintos em seus relatos. Além disso, um voo longo de first tem mais detalhes do que um voo de uma hora em uma low cost sem refeições nem entretenimento. Mas pode conferir, todas as avaliações publicadas dão um panorama bem legal sobre a experiência com a companhia. Um abraço!

      • Denis meu querido tudo bem? Estava sentindo sua falta por aqui!
        Olha…O post fito de 2.285,00 de SAO MCO. Quero teinformar que tem de varias outras cidades brasileiras.
        Inclusive aqui de Joao pessoa. Verifique por exemplo. 11.11 a 21.11 JPA MCO.
        Recife tambem tem.
        Então acho válido atualizar para o pessoal do nordeste aqui saber porque quando leem o titulo apenas SAO PAULO ja acreditam que nao tem mais nada.
        Mas voces aí que sabem. umg rande abraço.

  • Reginaldo Santana

    Bom relato. Mas para os nostálgicos da VARIG, em qual eu me incluo naturalmente, a única novidade é a tecnologia incluída nas poltronas e o design, que aliás ficam longe de outras empresas como as asiáticas por exemplo. Comparando com elas, a primeira classe da TAM não passa de uma executiva.

    • Marcia

      É uma questão de mercado. Nenhuma empresa da rota tem serviço ultra luxuoso.

      • Dênis Colli

        A AA possui o serviço de First bem acima da TAM, na Executiva também, somente a tela dos B777 TAM que acho um pouco maior que a da AA

        • Marcia

          Não concordo, considerando a soma de tudo envolvido. Ainda mais considerando as empresas do outro lado do globo. Na minha opinião, nunca tive serviço luxuoso entre Brasil e EUA. Não que eu faça questão de ser pega aqui ou lá com carro exclusivo e afins (apesar de algumas "camas" serem uma porcaria mesmo). Só fico chateada por causa do preço mesmo.

        • Marcia

          E, rapaz, detesto o serviço da AA. Com todas as forças. rssss

  • Clerison Santos

    Parabéns pelo relato, muito bom mesmo, mas olhando as fotos das comidas cheguei a uma conclusão, não nasci para ser rico, prefiro um bom e velho PF que a quantidade vem bem mais elevada. Rsrsrs

    • Marcia

      São vários courses. Acredite, chega num ponto que você rejeita comida.

  • Pedro

    Ótimo relato.

    Abraço o galera da econômica…..rs

    • Mari

      o povo da promocao paga em 10x manda beijos… hehehehehe

  • Judinho

    Puts, por esse preço eu levo vc até nas costas até lá amiguinho, com muito requinte e glamour, pode ter certeza … rs
    Parabéns pelo relato

  • Artur

    Parabéns Cassol, excelente avaliação.

  • Dênis Colli

    Parabens pelo review!
    Ficou excelente…
    Um dia ainda chego nessa exclusividade toda…
    Por enquanto me contento com uma eventual visita à Executiva (quanto tem promoção ou por milhas)
    Abs

  • Wagner

    Sei lá, não achei nada tão exclusivo. É o tipo da coisa se ninguém no Brasil faz esse trecho, o que eu fizer um pouquinho melhor todo mundo vai gostar. Achei algo parecido com a Business..
    Mas o relato foi perfeito, com excelentes observações que a empresa poderia ler para melhorar.

  • Luciana

    Nossa, voei de 1a. classe de Orlando para o Rio no avião antigo e achei tudo maravilhoso!!! Nunca tinha sido tão mimada na vida. Nesse avião então… pena que hoje em dia é impossível emitir uma passagem de 1a. classe por 50.000 pontos como fiz em 2010.

  • Jonas Gate

    Gostei e tá barato. Vou nessa!

  • Tulio

    Excelente relato da viagem. Deu muita vontade de experimentar.

    Coloquem a Marcia, o Thomas e o Dênis numa sala de bate-papo ou video-conferência para se entenderem melhor hahahaha.

    Parabéns MD. Sempre muito Show!!

    Quero ir pra Sydney de First Class!!!

    • Alexandre

      Boa Idéia!!!

    • Thomas H.

      Foi mal aí! Não era pra ser um debate, era pra ser só uma simples correção, mas… rss

  • Bruno Willames

    A gol está com uns preços bons saindo de Guarulhos pra Montevideo por 195,00 o trecho (novembro).

    Já a tam está com ótimos preços para o Paraguay (Ciudad del Este) R$141,00 o trecho (março e abril 2014)

    • Dênis Colli

      Bruno, tente informar as datas e quantidade media de noites no destino para que possa ajudar os visitantes.
      Abs

  • Excelente avaliação. Parabéns!!

  • Dawson

    ótimo relato, parabéns!!

  • melissa b

    fala serio.nao vale o custo benefico…

  • Bernardo Cretton

    Léo, muito bom! Quando fui de Executiva GRU-JFK e JFK-GIG o cardápio era idêntico ao seu, até fiz um post aqui no MD com essa viagem. Ou seja, também tive acesso a uma sala VIP em GIG (pois fiz ponte aérea na ida, porque precisava sair de GRU) e em JFK. Ambas não tinham chuveiro, mas acho que isso não é um enorme diferencial. Se o preço estiver muito mais caro, realmente a First não vale a pena, pois vc só paga a mais por uma tela um pouco maior, já que o kit de amenidades é quase o mesmo, assim com o tratamento dispensado. Abraço!

  • A TAM só perde para a GOL com o 738! Que diferença!

  • Eduardo Albino

    Recomendo fazer uma avaliação da primeira classe da TAP, viajei por ela recentemente e o serviço foi excelente !!! Recomendo muito.
    Eduardo Albino

    • Thomas H.

      TAP não tem primeira classe, só executiva.

  • David Fernando Gomes

    O Luxo é Magnifico, o problema é este preço RS$ 14.000,00 Reais da para comprar umas 9 promoções ida e volta para a Europa =… Acho que só ganhando na Mega eu iria viajar assim e só uma vez para ter o gostinho… Pobre prefere quantidade mesmo (eu me incluo nessa) hahahaha

  • leandro

    Queria saber afinal quanto foi que custou a passagem ida e volta, mesmo que tenho comprado em promoção.

    • Leonardo Cassol

      R$ 5.500,00 com taxas

  • Alex

    Muito parecido com o que foi mostrado naquele episódio do "30 coisas para se fazer antes dos 30" c/ o Bruno De Luca, no canal pago Multishow. Procurem por este episódio, quem é assinante da NET pode assistir a qualquer hora seguindo este caminho: "NOW > NOW Programas de TV > Multishow > 30 coisas …".

  • joao carlos

    primeira classe mesmo e na emirates e ponto

  • tocominveja.com.br meu site por causa deste belissimo review! rsrsr parabens Cassol!

  • Salvatore Carrozzo

    Caramba, e o review que fiz da air baltic, Cade????

  • Thor

    Pensei que a primeira classe tinha um Menu diferenciado, mas é o mesmo da executiva desse mês para Miami.

  • Newton

    Excelente e completo reporte. Tenho viajado, quando as promoções permitem, em business e já experimentei TAP, Tam, United, South African, Thai e Emirates. Realmente dos reportes que li, dessas, as únicas que voam com First do e para o Brasil, são Tam e Emirates. O resto, somente business. Inclusive, num voo que fiz de GRU para Chicago, fui na Business/first do reformado 777 da United. Todas as empresas têm seus pros e contras. Até o A380 da Emirates (fiz Dubai/HKG/Bangkok/Dubai nele) merecem algumas críticas, como por exemplo a falta de suntuosidade dos dourados que marcam os 777. Mas é um aviãozão!!! O fato é que o Thomas está de parabéns, pois disse tudo e mais um pouco e concordo 100% com ele. Tenho uma pergunta: completo 40 anos e, julho e me dei o luxo de aproveitar os preços da first Tam e iremos para JFK de primeira. Quando você menciona "verificar se a executiva começa na fileira 11" você quer dizer termina, não é? É que estou em dúvida se iremos com a nova ou velha first. Nosso voo será o JJ 8080. Vlw