Como é voar na Philippine Airlines, que está planejando voos para o Brasil

Redação 15 · julho · 2013

A Philippine Airlines, mais conhecida como PAL, é a principal companhia aérea (flag carrier) das Filipinas e voa para mais de 45 destinos. A empresa anunciou recentemente que pretende iniciar voos de longo curso e entre os destinos escolhidos está São Paulo. Se tudo der certo, até o final do ano a PAL inicia seu voo saindo de Manila com escala em Los Angeles, sendo mais uma opção inclusive entre a capital paulista e a cidade da Costa Oeste americana. Enquanto aguardamos, podemos conhecer um pouco mais dos serviços da companhia graças à leitora Kalynara Melo, que nos enviou este relato de seu voo com a Philinne entre Manila e Kuala Lumpur. Apesar de operado pela PAL Express, sua versão low cost, a rota já oferece um gostinho da companhia, que em breve poderá ser mais uma opção para seus voos internacionais:

avaliacao-philippine-PAL

A Philippine Airlines é a maior companhia aérea das Filipinas. Criada em 1941, a PAL Express atua em boa parte do terminal 2 do aeroporto Ninoy Aquino em Manila. Voa muitos trechos internos, como para a paradisíaca ilha de Boracay, e trechos do sudeste asiático como Cingapura, Malásia e Hong Kong.  Trabalha com um programa próprio de milhagens chamado Mabuhay, não tendo aliança com grandes parcerias internacionais

Compra

A compra é muito simples, feita através do site www.flypalexpress.com. Logo após escolhermos o destino fora das Filipinas, o sistema já informa que a taxa de embarque será coletada no próprio aeroporto. A princípio não compreendi, mas na hora de seguir para a imigração só me deixaram entrar após pagar US$ 13,50 de taxa de aeroporto – ou ainda 550 pesos filipinos.

329

Ao reservar o bilhete, o site cobra uma taxa de serviço de R$ 7,00 aproximadamente e taxa de combustível, que varia em função do destino. Por ser uma companhia com perfil low cost, qualquer uma das três bases tarifárias disponíveis oferece 10 kg de bagagem, do contrário, será necessário pagar uma taxa extra a cada 5 ou 10 kg a mais. No meu caso, paguei R$ 40,00 para levar minha bagagem de 20 kg. Sai mais barato reservar o peso através do site da companhia do que pagar diretamente no aeroporto. É permitido levar 7 kg de bagagem de mão.

Quanto às bases tarifárias, se não pretender mudar a data do voo e estiver realmente certo do dia da viagem, recomendo selecionar a Express Sale. É a mais barata, mas não reembolsa em caso de mudança ou não comparecimento. Ao longo da compra, a companhia oferece outros serviços como seguros e marcação de assentos. A compra é finalizada somente com cartões de crédito Visa ou Master, não havendo outras opções.

 

Check-in

O check-in foi muito tranquilo, mas recomendo de fato chegar cedo. Companhias de baixo custo costumam encerrar seu atendimento com bastante antecedência. Ninguém conferiu nossa bagagem de mão e a compra dos meus quilos extras de bagagem apareceram de cara na tela da atendente sem precisarmos mostrar o comprovante.

321

Após despacho das malas, seguimos para a imigração, porém como já mencionado, não entramos sem antes pagar a taxa de embarque. Na área de embarque há um duty free com preços razoáveis, que aceita dólares ou pesos filipinos, além de uma pequena lanchonete.

 327

Avião

O avião não surpreendeu, pois tem o mesmo aspecto dos aviões comuns que pegamos em nosso dia-a-dia no Brasil, com espaços entre as poltronas muito curto. A única coisa legal era que os bancos são em couro, o que deixa a poltrona mais macia, especialmente por causa do ar condicionado. Não existia nenhum sistema de entretenimento a bordo.

332

Apesar de o povo Filipino ser muito agradável, as comissárias não eram tão solícitas. Estas serviram bebida e um salgadinho simples de graça, mas cobravam por lanches extras tais como um folheado de presunto e queijo delicioso que comprei a bordo. Os preços não são exorbitantes.

328

A companhia chegou a antecipar o voo em 3 horas e mudar seu terminal, porém, através de e-mail e consulta com o localizador da reserva no site da Empresa, a informação foi muito clara no que diz respeito às alterações realizadas.

Conclusão

A PAL  é uma empresa boa, séria em seu trabalho e vale a pena voar nela sim. Há ainda a Cebu Pacific, também recomendada pelos filipinos. Ambas têm a mesma média de preço, mas como achei o horário da Philippine Airlines mais conveniente, não me arrependi de forma alguma da minha escolha.

334

Agradecemos à Kalynara  pela ótima avaliação, que certamente foi útil para que os leitores conhecessem um pouquinho da PAL enquanto a companhia prepara seu novo voo para o Brasil. E você? Já voou com a companhia? Deixe suas impressões nos comentários!  Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post. Não deixe de conferir também nosso Guia de Companhias Aéreas, com dezenas de avaliações e notas dos leitores.

Publicado por

Redação

redacao

  • Gilson de Azevedo

    No Chile também há uma empresa aérea chamada PAL: http://www.palair.cl/

    • Caio Luiz

      Que pena que não tem muita opção de dia/horário essa PAL chilena, estou procurando passagem de Calama para Santiago pra última semana de agosto, só achei a Sky de low cost, essa `PAL nos dias que tem é bem mais barato que a Sky =/

      • Thelma

        Denis, boa noite. Preciso de uma passagem para zurique em agosto. Os preços estao muito altos. Vc tem noticias de alguma promoção? Grata.

      • Cinara Farias

        Eu comprei Santiago x Calama x Santiago pelo site da LAN chilena por aprox 300 reais com as taxas.

        Foi o menor preço que tinha encontrado até então.

        • Caio Luiz

          Obrigado Cinara, o voo só de ida estava mais de 1000 reais pela Lan, já ida e volta está 313, a mais barata q achei, vou comprar ida e volta e n vou comparecer na volta, acho q n tem problema né?

  • Daniel

    Vi no Wikipedia que esse vôo será via Johanesburgo e não Los Angeles. Vocês sabem alguma coisa sobre isso?

    • jonas88

      Não acredito muito no wikipedia.

  • jonas88

    Ta na hora de criarem um novo aeroporto, isso sim.

    GRU já não tem espaço. Esses tempos peguei um vôo de Santiago e tivemos que esperar por 1 hora para achar vaga. Vergonhoso.

    E querem ainda botar mais vôos pra lá? Risos.

    Imagina se agora é assim, com porões para os vôos domésticos e direito a ônibus insalubre, o que será quando colocarem mais e mais vôos. Tomara que o Viracopos vire hub.

    • Diógenes

      Certa vez fiz o trecho GRU-NAT. O embarque foi tão remoto que eu achava que o ônibus tava me trazendo pra Natal. hehehehe

      • Tito Bosco

        GRU x SGA. Sao Gonçalo do Amarante. heheheheh.

        • Diógenes

          Quase isso. 😀

    • Márcio Sampai

      Acho que não precisamos de outro aeroporto. Temos que melhorar os que existem! E continuo defendendo: para criar HUB de conexão, temos 2 locais com espaco de sobra para novos terminais, Galeão e Confins.

      • jonas88

        GIG já é outro lugar que está saturando.

        Não entendo isso de querer concentrar tudo no mesmo lugar, sendo que estes nem têm estrutura para tal.

        Queriam fazer de POA o HUB para o Mercosul, mas pela demora para projetar uma ampliação de pista…

        Confins é um ponto bem centralizado, não sei se tem estrutura.

        De qualquer forma, chega de GRU. Embarque remoto é o atestado de 3º mundo.

  • beto

    até outro dia, essa cia aérea (e todas das Filipinas) eram proibidas de voar na União Europeia por questões de segurança (nem toda companhia asiática é de primeira linha…).

    Agora a PAL foi liberada:

    "Philippine Airlines have been cleared to resume services to the European Union in the latest EU blacklist update.

    All carriers from the Philippines were banned from European airspace in 2010, but the Commission said the Philippine authorities have improved their safety oversight and Philippine Airlines has met the standards needed for the ban to be lifted.

    "For all other carriers registered in the Philippines the ban remains," the Commission said in its first blacklist update since December 2012."

  • leonardo Januzzi

    Ola Caio, vc conseguiu comprar passagem no site LAN do chile estando no Brasil? Tive que pedir para um amigo no Chile comprar a passagem, o site informava que estando no Brasil deveria entrar no site da LAN brasileiro, com passagem MUITO mais cara.

    • Caio Luiz

      cara, eu n finalizei a compra, mas o valor veio na moeda local do chile na busca…
      entra em http://www.lanchile.cl e faz a busca… caso te direcionem para o site da lan em portugues, limpa todos os caches da internet e tenta de nv
      abs

  • leonardo Januzzi

    Discordo sobre o embarque remoto, diversos bons aeroportos na europa utilizam embarque remoto.