Como é viajar de ônibus entre Buenos Aires e Santiago do Chile de primeira classe com a Andesmar

Denis Carvalho 24 · novembro · 2015

Muitos leitores já tiveram a oportunidade de voar de Buenos Aires a Santiago do Chile, duas das capitais mais visitadas pelos brasileiros no continente. Mas, que tal fazer esse mesmo percurso de ônibus? Já imaginou encarar uma jornada de 1.400 km, com direito à travessia da Cordilheira dos Andes? Nosso leitor Rômulo Tavares e sua esposa fizeram o trajeto com a empresa Andesmar e garantem: a experiência vale a pena! Confira nessa avaliação exclusiva e cheia de imagens como é viajar da Argentina ao Chile de ônibus! 

No final de mês de agosto deste ano fiz uma viagem internacional com minha esposa para Argentina e Chile, com ida e volta saindo de minha cidade, Teresina (PI), pela TAM. Fui primeiro pra Buenos Aires e aproveite bem vários pontos turísticos dessa linda e aconchegante cidade, ficando na mesma por um período de quatro dias. Depois, fui para cidade de Santiago do Chile a qual fica a uma distância aproximada de 1.400 km da cidade de Buenos Aires, uma viagem em torno de 17 horas de duração. Resolvi fazer este trecho de ônibus e assim aproveitar as lindas paisagens que encantam qualquer amante de viagens como eu e minha esposa.

Li muitas experiências na internet de pessoas que já haviam feito esse trecho de viagem. Percebi que o ponto comum de tais comentários era sobre o excelente serviço de ônibus que várias empresas disponibilizam para tal viagem e as já comentadas lindas paisagens que poderia desfrutar ao longo da viagem. Entre as várias empresas resolvi escolher a Andesmar em decorrência do horário de saída, chegada e também pelos vários comentários positivos sobre a empresa.

Andesmar

Compra da passagem

A compra é no próprio site da empresa e não tive nenhuma dificuldade. O pagamento foi feito com cartão de crédito. Após confirmação de pagamento você recebe um e-mail de confirmação com instruções para impressão da passagem. Paguei o valor de R$ 340, convertidos de pesos argentinos, por pessoa, pra viajar com serviço de primeira classe, incluindo jantar, café da manha e dois lanches. A prática tarifária é semelhante aos das empresas aéreas, ou seja, quanto maior antecipação na compra na passagem o preço tende a ser menor.

Andesmar 2

Embarque

A saída estava marcada para 19h45, então chegamos duas horas antes para conhecermos melhor a Rodoviária de Buenos Aires, chamada de La Terminal de Retiro. Ela é ampla com um ótimo espaço de alimentação, muitas lojas com produtos e lembrancinhas da cidade além de vários espaços de espera. Os banheiros, em um número considerável, são relativamente limpos e organizados. Porém, como em qualquer lugar com grande números de pessoas, devemos estar sempre atentos pra nossos pertences e assim dificilmente ocorrerá algum imprevisto indesejável.

O ônibus

O ônibus chegou 30 minutos antecipado e fomos bem recepcionados pelo motorista e uma simpática rodomoça que sempre estava atenta a algum pedido. O veículo tem algo em torno de oito anos de uso, porém é bem conservado e limpo. Acompanhei o embarque de nossas malas e logo em seguida entrei no ônibus a procura de nossas poltronas.

Motorista e Rodomoça
Motorista e Rodomoça

A configuração das poltronas é 2 – 1, sendo 26 no piso superior e seis no piso inferior e um banheiro químico. Cada passageiro recebe um quite com uma manta e uma almofada o que ajuda a resistir ao frio durante a noite de viagem.

Onibus-chile-argentina Onibus-chile-argentina-1

A poltrona é bastante confortável e reclina 180°, transformando-se assim, numa cama. Os assentos configurados em dupla possuem uma cortina no meio que pode proporcionar uma maior privacidade do passageiro que viaja ao lado.

andesmar-onibus

Entretenimento

O ônibus possuía um sistema de telas individuais, touchscreen, com muitos filmes recentes, musicais, seriados e documentários, algo muito semelhante ao dos aviões. O áudio era em inglês ou espanhol e alguns com legenda em espanhol. Um sistema muito fácil de manusear. O ônibus também possuía internet wifi, que funcionava em ótima velocidade sempre que passávamos por alguma cidade com sinal de celular.
Onibus-chile-argentina-3

Meia hora após a partida a rodomoça realizou um bingo, bem interessante por sinal, de uma garrafa de vinho argentino. Fiquei no “quase” para ganhá-lo. (Risos)

Onibus-santiago-buenos-aires-1

Serviço de bordo

O serviço de bordo foi iniciado pouco antes do bingo comentado acima. Foi oferecido algumas bebidas como refrigerantes ou vinho. Meia hora após o bingo foi iniciado o serviço de jantar com talheres em metal, o qual foi dividido em uma farta entrada, prato principal e sobremesa. A poltrona possui um sistema de encaixe, no qual é ajustado uma mesinha para as refeições.

A entrada foi composta de queijo, presunto, um rocambole com creme de vegetais, folheado com creme de espinafre, dois pães e um bolinho com creme de caramelo, além de um molho com azeite de oliva. Tudo macio e com gosto muito agradável.

Onibus-chile-argentina-5

O prato principal também me surpreendeu pela qualidade e sabor. Foram oferecidas duas opções entre creme de frango e filé de carne, ambos acompanhados de vegetais. Escolhi a segunda opção e apreciei muito bem. Em seguida a rodomoça, que foi muito eficiente, passou oferecendo refrigerantes, vinho ou espumante.

Onibus-chile-argentina-6

Já de manhã, por volta das 7 horas, a rodomoça iniciou o serviço de café, o qual também foi bem farto e com variedade entre alguns bolinhos. Servido juntamente com um sanduíche quente de queijo e presunto, bebida quente como café, leite ou chá e suco em caixa. Enfim, um café bem saboroso.

Onibus-santiago-buenos-aires-2

Onibus-santiago-buenos-aires-4

Restante da viagem
Pouco antes das 8 horas, chegamos à rodoviária da cidade argentina de Mendoza, onde fizemos uma breve parada para troca de ônibus e assim continuarmos mais 350 km até a cidade de Santiago do Chile. Aproveitamos a parada e conhecemos um pouco da rodoviária que também é ampla e bem organizada. Por volta das 9 horas iniciamos o segundo trecho da viagem com destino à bela Cordilheira dos Andes e aproveitarmos a maravilhosa paisagem ao logo da viagem durante o dia.

Onibus-santiago-buenos-aires-6 Onibus-santiago-buenos-aires-7

Ao meio dia, chegamos à fronteira entre Argentina e Chile, a qual estava com muita neve e tive a oportunidade e privilégio de pela primeira vez ver a neve caindo do céu. Passamos em torno de uma hora para os procedimentos de migração chilena. Logo depois foi oferecido um lanche.

Onibus-santiago-buenos-aires-8estrada-santiago-buenos-aires

Em seguida começamos a descida da Cordilheira dos Andes aproveitando toda a visão que a natureza pode nos proporcionar até nossa chegada, por volta das 17 horas (hora local), à capital do Chile.

estrada-santiago-buenos-aires-2 estrada-santiago-buenos-aires-1

Conclusão

Em síntese, um serviço de ótima qualidade e uma experiência inesquecível que, apesar do tempo de percurso, nos oferece uma oportunidade ímpar de vermos o quão Deus é perfeito ao “desenhar” a natureza. Recomendo aos demais leitores, que por ventura venha conhecer os dois países numa só viagem, a fazer este percurso por ônibus,o qual é confortável e muito seguro. Abraços! Deus nos abençoe!

Onibus-santiago-buenos-aires-5

Agradecemos ao Rômulo por partilhar conosco essa experiência, que certamente vai deixar muitos leitores com vontade ou pelo menos curiosidade de experimentar. E você, já fez este trajeto? Conte nos comentários como foi! Se quiser mandar uma avaliação de companhia aérea, de ônibus ou de trem para o Melhores Destinos entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Martin

    Gostei do relato da viagem. Animei-me para faze-la brevemente.

  • Thiago

    Legal e diferente! Parabéns pela viagem e pelo relato!

  • Jose Roberto

    Cara altas lembranças!

    Ano passado fiz de busão Santiago / Mendoza / Santiago. Que maravilha! a rodovia los caracoles, a parada na migração… tudo branquinho de neve e que frio! Experiencia unica!

    Em março que vem farei Buenos Aires a Mendoza de busão!

    Parabens pelo post…

    • MOHAMEH

      SEM NEVE SÓ TEM PEDRA E ENTULHO

  • Jonathan

    Ótimas informações.
    Eu já fiz Buenos Aires / Bariloche / Osorno (Chile)
    De ônibus e de carro e foi tudo muito tranquilo. Paisagem perfeita.

    O Rômulo é meu conterrâneo, eu também estou em Teresina 🙂

  • gilberto

    Legal o report,apenas uma curiosidade,que estilo de pessoas estavam no ônibus,casais etc.,e se ele estava cheio ou não ?

    • Antonio Silva

      Há poltronas duplas e individuais, é só escolher na hora da compra ! Provavelmente cheio néh ?! É uma viagem comercial mesmo, tem muitos passageiros na linha !

      • Cleusa Rabelo

        qual o valor medio da passagem?

        • Antonio Silva

          De acordo com o post dele R$ 340,00 !!! Serviço Leito-cama ! Mas ele pagou no cartão, acho que comprando na própria rodoviária sai mais barato !!!

          • Marcos_Brazil

            Mas é 340 só ida ou ida-volta?

          • Antonio Silva

            Acho que é só ida !

          • MOHAMEH

            SÓ VI PEDRA D CASCALHO TIPO MINAS

        • Renato Gomes

          Olá Cleusa. Estou em Buenos Aires agora. Você pode checar o preço no site das companhias. Atualmente, tem aumentado com frequencia, em função da inflação aqui.

          Via Bariloche – http://www.viabariloche.com.ar/
          Andesmar – http://www.andesmar.com/
          El Valle – http://www.elvalle.com.ar/
          El Rapido Argentino – http://www.rapido-argentino.com/
          Chevalier – http://www.nuevachevallier.com/

          Cruz del Sur (Chile) – http://www.busescruzdelsur.cl
          (há outras empresas)

          O preço pelo site, com cartão, normalmente é o mesmo da bilheteria. Às vezes até há um desconto através do site. (bem, se você trouxer Reais para cá e trocar por Pesos no câmbio “blue”, vai sair mais barato, mas aí já é outra história).

  • Rodrigo Rosa

    Belo relato, com uma gama de detalhes bacana. Só quero fazer uma menção de um equivoco que ocorreu na foto da Rodoviária de Buenos Aires. A foto é da Rodoviária do Tietê, em São Paulo

    • Lucas R. Martins

      Bem que eu pensei: Acho que eu conheço esse lugar

  • Lucas R. Martins

    Uma dúvida: O valor foi de R$ 340 por trecho, pagando no cartão, certo?

    Se fosse pagando a vista, com peso cambiado no blue, e aquele “descontito” de 20% (que na prática sai pra todo mundo) não sairia mais barato? Pagar no cartão realmente saiu melhor?

    • Patrick Ferreira

      no cartão se paga o oficial, sairia mais barato comprar na rodoviária com dinheiro em especie.

      • Lucas R. Martins

        Pelas minhas contas, talvez até 50% mais barato, por isso fiz a pergunta 🙂

        • Lidiane Mesquita

          Mas se a tarifa é tipo aéreo que o valor vai aumentando conforme a antecedência, deixar pra comprar lá pode não ser uma boa opção.

          • Lucas R. Martins

            A não ser que se arrume alguém pra comprar antes…

          • Lidiane Mesquita

            Ah sim, mas não é todo mundo que tem alguém em Buenos Aires disposto a ir comprar passagem de ônibus, né?

          • Iara Por quê?

            Não é tanto tipo aéreo não, Lidiane. Os preços não se alteram muito, mesmo dentre o ano. Melhor comprar no guichê, sem dúvida! O maior risco mesmo é ficar sem vaga no ônibus, apenas.

  • Cátia

    Nossa, muito interessante. Alguém sabe informar se, nesse trajeto, há outras paradas além de Mendoza?

  • Marcela Sousa

    A foto da rodoviária é da Rodoviária do Tiete, aqui em SP, não de Buenos Aires…
    Muito legal o relato, nem imaginava que tinha um serviço de ônibus tão bom assim!

  • Evaristo Nunes

    Excelente post

  • Vicente Cassepp-Borges

    Fiz Porto Alegre-Santiago no Chilebus há mais de 10 anos. O ònibus era novo, mas quebrou na ida e na volta. Mesmo assim, foi inesquecível!

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK

  • Leandro Melo

    Sinceramente, muito melhor do que pegar um avião no mesmo trecho. Além de ser mais confortável, dá pra desfrutar de belíssimas paisagens pelo caminho!

  • Sergio Rainor

    O meio de transporte preferido por mim é o trem, mas gostei dessa dica de viagem de ônibus.

  • Tarcísio Medeiros

    Não sei se faltou atenção minha, mas em que período ele fez isso? Tenho receio de por acaso fazer esse trajeto no inverno e ter problemas com a nevasca severa. Mas bem que gostaria de ver neve caindo do céu :3

    • Seon Baek

      Final de agosto deste ano. Uma pena não ter ficado alguns dias em Mendoza antes de partir para Santiago.

      • Tarcísio Medeiros

        Mendoza só vale se for para as montanhas, eu passei 2 dias lá e a cidade é feia pakas, além de ser perigosa. Muitos, se não todos os estabelecimentos tinham grades na frente das lojas…

        • MOHAMEH

          NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
          SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

    • Iara Por quê?

      Você precisaria se informar antes, pois há épocas (às vezes meses ) do ano em que a passagem Mendoza-Santiago fica fechada!

  • Uriel

    Viajamos com a mesma empresa de Buenos Aires a Mendonza. Avalisamos tudo o que foi ralatado. Perfeito!!

  • Alexandre Alencar

    Viajei em 2011 pra lá e fiz os percursos de ônibus.
    Buenos Aires – Bariloche: pela empresa Via Bariloche
    Bariloche – Mendoza: pela Andesmar.
    Não utilizamos o serviço “cama total”, que é o relatado na matéria; utilizamos o “coche cama”, que é o equivalente ao nosso leito. Mesmo o ônibus sendo diferente, o serviço prestado foi o mesmo: rodomoça, comidas, bebidas, filmes… Entretanto, pra mim o serviço da Via Bariloche é muito melhor, comida mais saborosa, carro mais novo – só não tem o bingo, que eu ganhei quando viajei… kkkkkkkkk
    Ainda assim, o serviço deles é infinitamente superior ao prestado pelas nossas empresas.
    abraços

  • Renan Amorim

    Sensacional. Serviço para muita empresa de onibus brasileira botar defeito. Quando muito, as vezes não servem nem agua.

  • Camila Rodrigues

    Eu fiz buenos Aires Bariloche 23 horas de viagem. e Bariloche santoago. Foi servido até morango com chantilly, várias frutas e tinha. Croissant a vontade em uma cesta no andar de baixo. Achei sensacional e paguei, à época 100 reais. Eh tão bom mesmo como o colega relatou. Fiz pela via Bariloche e santoago Bariloche pela cia desde servico….abraços

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • Deyvisson F. R. Almeida

    Eu fiz Córdoba X Mendoza . Super tranquilo também. 6 horas e viagem.

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO VAI CONFIAR M CHILENO

  • Rafaela Piacentini

    Em qual época do ano vocês foram??

    Belo relato!!

    • Edgard

      Diz ali que foi no final de agosto passado

  • Valber Anjos

    ACABEI DE ANOTAR NA MINHA LISTA DE DESEJO. MUITO BOM O TEXTO !

  • Marcio Roberto de Oliveira

    Muito bom,…. vou fazer esta viagem

  • Eu já fiz de Buenos Aires a Mendoza de ônibus ida e volta foi muito legal em 2011 e no mesmo ano fiz de Santiago a Pucón de ônibus dentro do Chile.

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR EM HERMANOS

  • Outra dica legal é pega o catamarã da empresa Buque bus em Buenos Aires, ir até colonia del sacramento en lo Uruguay y después pegar um bus hasta Montivideo, realizei esse passeio em maio de 2011.

  • Adriel Marcos

    É nessas horas que vale mais a pena a lentidão dentro de um ônibus, do que a rapidez num avião…. Já anotei esse trajeto para o meu futuro mochilão! 🙂

  • Eduardo Richard

    A conclusão da viagem é que deus é perfeito? Fiz Buenos Aires-Mendoza em setembro, além do preço convidativo a viagem entre Buenos e Mendoza não tem nada demais São 15h sem nenhum atrativo até a chegada em Mendoza. Entre Mendoza e Santiago começa a cordilheira e aí sim é bonito. Se você não tem muito tempo de sobra recomendo fazer só um passeio entre Santiago e Mendoza, já que dá umas 3 ou 4 horas, muito pouco dentro de quase todo um dia dentro do ônibus. Talvez seja mais barato pegar uma passassem promocional Buenos-Santiago de avião e fazer o passeio depois.

    • Marcos_Brazil

      Tá amargo, hein? Vai viajar que passa.

      • Antonio Silva

        kkkkkkkk, néh ?! Coisa de gente que acha que ônibus é coisa de pobre !!!

        • Eduardo Richard

          Cara já fiz dezenas de viagens de ônibus, só estou dando minha opinião. O trecho entre Buenos Aires e Mendoza não tem nada. A parte bonita (é de fato linda) da viagem entre Buenos Aires e Santiago é curta se comparada ao total da viagem. Só compensa pra quem estiver muito sem grana como eu estava quando fiz esse trecho de ônibus.

        • MOHAMEH

          NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
          SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • Marcos_Brazil

    Bacana! Obrigado pelo artigo.

  • Adriano

    Parabéns pelo relato, muito interessante. Já viajei com companhias argentinas de ônibus em mais de 17 horas, e me surpreendi quando até whisky foi oferecido antes de dormir. Importante frisar que em certas épocas do ano neva muito na região da cordilheira dos andes impossibilitando a passagem dos ônibus. Fiz o trajeto de Santiago a Mendoza no final de setembro de 2014, e fui obrigado a ficar em Mendoza por 2 dias a mais, por conta do acúmulo de neve na estrada que corta a cordilheira. Mas apesar de tudo, vale muito a pena, as paisagens são incríveis!

  • Eu em março de 2011 fiz Santiago à Pucón, dentro do Chile se não engano-me foram 14 h de viagem e no mesmo ano fiz uma noite inteira de Buenos Aires á Mendoza em maio de busão, também já esse trajeto pela Andesmar. Como fiquei quase 30 dias fora, dei um pulo no Uruguay peguei o catamarã da BuqueBus pelas águas do Rio La Plata hasta colônia del sacramento y después um bus hasta Montividéo no máximo a viagem durou 2h. È muito legal viajar pelos Países da América do Sul de ônibus, algo, novo diferente que o avião não proporcionar, claro você estando com tempo pra isso livre.

  • Diogo Fernandes

    Otimo relato muito bom com certeza farei este percurso ano quem vem obrigado.

  • Helio Rodak

    Em outubro de 2014 fiz esta passagem entre Santiago do Chile e Mendoza. O visual desta passagem não tem preço e muito lindo tudo. Realmente tem que tomar cuidado, precaução ter plano B, pois na volta de Mendoza para Santiago do Chile, chegamos na rodoviaria a noite, e havia uma placa avisando que o Paso estava cerrado, fechado, bloqueado devido a neve, foi entre setembro e outubro, Então pediram para voltar no outro dia de manha e trocar as passagens.

  • Outra dica é quem for conhecer a Patagônia Chilena e voar até Punta Arenas e pegar um bus para Puerto Natales, é uma viagem incrível no meio da neve, realizei em maio de 2013

  • Bruno

    Cara, GRANDE relato!
    Diferente, bacana, bem escrito, detalhado.
    Enfim, muito obrigado por partilhar conosco esta experiência!

    Espero que mais relatos assim surjam.

    Abraços.

  • Renato Gomes

    Esse mesmo serviço a gente encontra para o sul e norte do país. Já fui duas vezes a Bariloche com minha família, com a ViaBariloche. É uma viagem de 17 ou 18 horas mas, por incrível que possa parecer, a gente chega inteiraço no final, como se tivesse passado a noite em nossa cama, além de desfrutar das paisagens exuberantes do deserto ou da cordilheira. É triste que não tenhamos este mesmo nível de serviço em nosso tão querido e lindo Brasil (talvez por falta de condições das estradas).

    • Antonio Silva

      Tem algumas empresas que oferece sim este tipo de serviço !!!

      • Renato Gomes

        Sério? Eu não sabia. Sempre quis ir para o Nordeste num ônibus (de linha) com serviço de primeira qualidade. Que empresa ofereçe o serviço? Sai de São Paulo?

        • Antonio Silva

          Infelizmente aqui para o Nordeste não há serviço leito, mas algumas empresas o fazem principalmente para o Rio de Janeiro. Tem também para a região sul, mas tenho quase certeza que o serviço não é tão completo assim !!! Algumas empresas que possuem o serviço leito são : Garcia, Brasil Sul, 1001, Expresso do Sul, Cometa, Catarinense, Levare (Melhor Leito do país) na minha opinião. Há fotos no http://www.onibusbrasil.com.br !!!

  • Léa Pimentel

    Em outubro de 2011 fiz com meu marido o trajeto entre Buenos Aires e Mendoza de ônibus, 1a classe da Andesmar.
    Apesar das 12h, 13h de viagem (não lembro ao certo), foi ótimo! O ônibus saiu a noite de Buenos Aires e chegamos pela manhã em Mendoza. Acordar e se deparar com a vista das Cordilheiras, com neve lá no topo, foi inesquecível!
    Tivemos bingo e as refeições da mesma forma que o Romulo contou. A única coisa que não lembro ter era o monitor com opções de filmes. De resto, tudo igual ao que ele contou.

    Foi uma experiência boa, diferente e acho que valeu a pena, pq vc vê coisas que de avião não vê. Faria de novo!

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • OSORIA

    Parabéns pela viagem e pelo relato! Irei fazê-la se Deus
    assim permitir e em breve. Agosto para poder ver a neve.

  • Edson

    Sem dúvida o serviço rodoviário na Argentina e Chile surpreendem! Minha esposa e eu fizemos uma viagem parecida e fomos de BsAs a Bariloche e depois de Bari a Santiago de ônibus e a viagem foi ótima! Belas paisagens e ótimo serviço de bordo!

    • Diego Oliveira

      Edson, saberia me informar como você reservou essas passagens rodoviárias? Estou tentando Buenos Aires – Santiago e não encontro.

      • MOHAMEH

        SORTE TUA NÃO TEM NADA DO PEDRA E CASCALHO E POUCA NEVE

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO E HERMANO

  • José Eduardo

    Tive a oportunidade de fazer a linha São Paulo a Buenos Aires pela Crucero del Norte em 2011,e valeu a experiência,apesar de 36 horas de viagem…
    O ônibus é muito confortável,apesar de não ser leito,é semi,mas consta com serviço de bordo a partir do território argentino,com refeição e bebidas como espumante,cervejas,vinhos e uísque!
    Tem um frigobar,que vc pode se servir,daí fui tomando Quilmes até Buenos Aires Rs rs!!
    A questão é que preço aumentou muito de 2011 pra cá,em novembro de 2011 eu paguei em torno de 649 pesos a ida,hoje é em torno de 1800 pesos!!
    Quem gosta de viajar de ônibus(como eu),acho uma boa pedida,mas pelo preço talvez não compense.

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO E HERMANOS

  • Antonio Silva

    Provavelmente sim !

  • Adriana

    Parabéns pelas informações. Vou anotar o nome da empresa e tentar fazer o mesmo percurso. Obrigada

    • MOHAMEH

      SÓ TEM PEDRA E VIGARISTA TENTANDO ROUBAR RINS

  • Luiz Intini

    Achei o relato da viagem muito interessante! Sou um viajante frequente, mas a idéia de ir de ônibus ao Chile não tinha passado pela minha cabeça. Obrigado por dividir a experiência!

  • Fabricio Reis

    Também fiz quase o mesmo roteiro na primeira classe da Andesmar, em 2012. Fiz Buenos Aires x Mendoza. Viajamos durante a noite. Achei maravilhosa a viagem e inclusive foi a melhor viagem de ônibus de que já fiz. Incomparável ao serviço de ônibus oferecido na Europa, onde os motoristas são mal educados, os ônibus pouco confortáveis, além da péssima companhia de algumas pessoas que parecem não saber o que é um chuveiro e um sabonete. O Chile também tem algumas empresas que prestam serviços tão bons quanto os das empresas argentinas.

  • Beni sales Rodrigues

    Após a leituda do post, foi despertado o desejo de fazer o tal percurso . . .

  • Jacqueline

    Fui ao Chile de ônibus em 2002. Uma viagem de 12 dias. Saímos às 13 h e ao anoitecer passamos pelo Uruguai, depois entramos na Argentina e ao meio-dia chegamos à Córdoba, onde ficamos até o dia seguinte. Fizemos um city tour e deu para ver um pouco da cidade e até para participar de uma passeata de estudantes. No dia seguinte, ao amanhecer, rumamos para Mendoza, onde chegamos à tardinha. Aí começou o sufoco. Quatro dias indo até à cordilheira e não abriam a passagem. A fila de caminhões era interminável. Voltávamos para o hotel e passeávamos por Mendoza. Gostei muito das caixinhas com cenas em miniatura expostas ao longo de uma das ruas. À noite fomos ao cassino. O comércio de bolsas era impressionante.As cordilheiras aparecem no fim das ruas e se confundem com o céu quando está cinzento. Mas uma das participantes dessa viagem teve sua bolsa roubada nessa cidade. Foram na polícia e terminou reencontrando os documentos, que era o que precisava para seguir viagem. Conseguimos, por fim, atravessar a Cordilheira, que fornece um espetáculo impressionante. Às 11 horas chegamos à Santiago e descemos os Caracoles sem nos darmos conta das voltas e mais voltas, curvas e curvas na montanha. Só na volta vi e cada vez que penso em voltar ao Chile de ônibus me dá arrepio de pensar nos tais Caracoles.Dois dias em Santiago e voltamos direto com mais de 24 horas de viagem para Buenos Aires, onde outra das viajantes teve a bolsa roubada e passou o maior sufoco no retorno ao cruzar as fronteiras. Numa de outras vezes em que estive em Buenos Aires, fui eu que tive a bolsa e documentos roubados. Não pode dar bobeira nessas viagens. No mais, tudo maravilhoso.

  • Neymar Oliveira

    Fiz essa viagem em 2010 e não havia as telas individuais e a cortina entre as poltronas, mas o serviço foi fantástico. Recomendo pegar o trecho Mendoza/Santiago pelo dia para apreciar a paisagem, que é incrível nas poltronas da frente do primeiro andar.

  • Jairo Sidney Bianchi Peres

    Em Fevereiro de 2005, fiz a viagem São Paulo a Santiago, juntamente com minha esposa. Foi uma viagem de 56 horas, em ônibus de carreira, pela Empresa Pluma (nem sei se ela ainda existe!), com direito a jantares e café da manhã dentro do ônibus e almoço em churrascaria, por conta da Empresa. Saímos de São Paulo, percorremos todo o sul do Brasil, passamos por Mendoza e outras cidades da Argentina, até chegar na fronteira com o Chile. Foi emocionante descortinar, de longe, o Monte Aconcagua (Sentinela de Pedra), com 6.690 metros de altitude, sendo o ponto culminante da América do Sul. Como havíamos saído de Goiânia de ônibus e retornado também de ônibus, percorremos um trajeto de quase 10.000 km de ônibus. A descida pelas curvas dos Caracoles é algo indescritível e belo.Foi uma viagem memorável!

  • Tiago Camargo Ricaldes Scheuer

    Viagem Fantástica, eu a fiz porém com um percurso maior, sai de Dourados MS de Carro e peguei ônibus em Pedro Juan Caballero Paraguai pois fica próximo.

    Na ida meu Trajeto foi Pedro Juan/Asuncion – Asuncion/ Buenos Aires – Buenos Aires/Mendoza – Mendoza/Santiago – Santiago/Vinã del Mar.

    Na volta Vinã del Mar/Mendoza – Mendoza/Córdoba – Córdoba/Asuncion – Asuncion/Pedro Juan Caballero.

    Digo a vocês que foi uma das melhores viagens de minha vida. Com ótimo serviço de ônibus em todos países descritos acima. Quem quiser dicas e relatos de como fazer essa viagem entre em contato.

    Abraços

    • Diego Oliveira

      Opa grande Tiago! Gostaria de entrar em contato com você, estou com muita dificuldade para conseguir achar algum local que emita as passagens de Buenos Aires a Santiago, algum lugar em que possa me comunicar direto com você? Agradeço!

  • Edgard Souza Junior

    fiz este percurso saindo de BSB e fui a Mendoza passar 4 dias, as retas são inimagináveis e o ônibus foi no mesmo nivel, com direito a jantar quente e vinho, vale a pena para fazermos uma comparação o quanto é ruim o serviço de ônibus no Brasil, um destaque que não colocou é quando vai se fazer o numero 2 o onibus para pois no banheiro químico não se utiliza para fezes(pelo menos para mim foi assim que a rodomoço aconselhou).Abraços a todos.

  • Eduardo

    Quando fui em 2009, a parte de cima do onibus, as poltronas só reclinavam 120º e não tinha a tela de TV individual. E mesmo assim foi muito confortável.

    A “1ª classe”, com poltrona que vira cama, havia apenas algumas unidades na parte de baixo do ônibus.

  • Diego Oliveira

    Olá a todos! Gostaria de dizer que achei o texto sensacional! Troquei a minha idéia de ir pra Africa do Sul (está muito caro para minhas posses…) e resolvi fazer este! Inclusive estou querendo ir agora em fevereiro! Porém gostaria, antes de comprar as passagens dui no site da andesmar (http://www.andesmar.com/) e não estou encontrando o percurso Buenos Aires – Santiago, aparece sempre algum erro, informando que precisa passar por Mendoza, eu não estou entendendo direito ou tem que comprar buenos aires – mendoza e depois mendoza – Santiago?? Poderiam me auxiliar? Adorei o relato e queria deixar já tudo certo para a viagem, porém não estou entendendo como proceder em relação ao ônibus. Desde já agradeço!

    • Tiago Camargo Ricaldes Scheuer

      Diego caso não consiga na Andesmar pesquise o Site da CATA internacional. Viajei pelas duas, achei a CATA ainda melhor que a ANDESMAR.

  • Renato Gomes

    Ah.. sim… Eu mesmo já fui para o Rio de leito. Mas o serviço oferecido aqui não se compara com o oferecido por essas empresas que atuam. E não é disso que se trata o post. Existem muitas diferenças:

    O que temos, principalmente na ponte RJ-SP, é um ônibus com assentos leito, que, no melhor dos casos, reclinam a 180º, vídeo, lanchinho, água. Não tem serviço de bordo de verdade. Se você pergunta ao motorista a que horas chega ele responde: “não dá pra saber”.

    Lá, o horário de chegada, de saída e de pausa na estrada são estritamente respeitados, o conforto é incomparável mesmo que, pasmem, os ônibus usados lá sejam fabricados no Brasil. O atendimento também é muito diferenciado. Já há muito tempo, é possível comprar as passagens pela internet com bastante antecedência, mesmo com a inflação sendo muito mais alta que aqui no Brasil.

    O serviço não se restringe somente a grandes centros urbanos, do tipo Rio, São Paulo, Curitiba. Isso é feito em 6 horas. Eu falo de viagens longas, acima de 1500 Km.

    Fazendo uma comparação, é como se tivéssemos ônibus regulares, com serviço melhor que executiva de avião, para Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Cuiabá, Recife, etc…

    ps. o link que você indicou me manda para um site de venda de veículos: http:// carrobom . com

    • Antonio Silva

      1.Desculpe pelo link, mas o site existe mesmo, eu tenho cadastro lá (É um site de hobby mesmo).
      2.Olha, até existe viagens longas em carros leito no Brasil, a Novo Horizonte, por exemplo, tem ônibus leito na linha São Paulo x Brumado, que fica no interior da Bahia, entre outras empresas.
      3. O serviço realmente não é o mesmo, infelizmente. Mas há diferença de leito para leito-cama !
      4.Sim, os carros que eles usam em sua maioria são brasileiros mesmo, o que significa que no Brasil o que falta é vontade mesmo para implementar uma boa configuração nos veículos !

  • Diego Oliveira

    Olha a mensagem que aparece quando eu coloco o trecho Buenos Aires (Retiro Cap.fed – Argentina) –> Santiago De Chile (Chile)

    Su busqueda no arroja resultados directos

    Para comprar pasajes de Buenos Aires (Retiro Cap.fed – Argentina) a Santiago De Chile (Chile), debe combinar en alguno de los siguientes destinos:
    Mendoza – Argentina

    • A passagem dele foi com conexão em Mendoza mesmo, ele até descreveu a parada na rodoviária de lá

      • Diego Oliveira

        Obrigado pela resposta Denis! Será então que os 340 reais foi a soma das duas passagens? Queria poder entrar em contato com ele para não ter maiores problemas =)

      • Diego Oliveira

        Estou tentando em todas as empresas de ônibus e nenhum tem disponível Buenos Aires – Mendonza, acredito que eu esteja fazendo alguma coisa errada…

      • Diego Oliveira

        Opa, deixa pra lá, o site estava com problema! Já consegui =)

    • MOHAMEH

      SÓ TUDO TRAMBIQUEIIS E ROUBADORES DE RIM

  • João Soares

    Me parece um excelente passeio, mas creio que o Romulo errou no cácula das horas que foram masi de 21hs de viagem. As duas capitais são otimas. Recomendo a todos.

  • Diego Oliveira

    Obrigado pela ajuda Tiago! Mas em que sentido é melhor? Conforto? Vi algumas postagens onde a comida parece muito pior em relação as que foram postadas nesta página, se estou enganado por favor me diga, pois a CATA está saindo mais barata. O percurso Buenos Aires – Mendoza – Santiago está finalizando em quase R$ 750, valor muito acima do que relatado na viagem do amigo, não sei se espero para ver se abaixa um pouco mais… O valor está maior que o dobro. =(

  • Larissa Martins Picinin

    Olá Diego, vi sua dúvida aqui em relação a compra de passagem de Buenos Aires a Santiago. Você conseguiu comprar direto? EStou com esse problema e não consigo encontrar a passagem.

    • Diego Oliveira

      Olá Larissa! Não tem como comprar direto! Tem que comprar dois tickets mesmo, Buenos Aires -> Mendoza e Mendoza -> Santiago. Os preços agora baixaram razoavelmente, perdi 800 reais comprando MUITO antecipadamente (somando 4 passageiros), até pensei em cancelar e reemitir, porém tenho medo deles não extornarem devidamente o cartão. Além do mais o meu ônibus de ida simplesmente sumiu do site, eu não sei se todo mundo comprou as passagens, ou deu algum bug, enfim vamos descobrir lá =)
      Deixei um espaço de quase 2 horas para troca de ônibus, tinha alguns que davam um intervalo de 30 minutos, mas como não quero dar chance pro azar (apesar de geralmente chegarem mais cedo que o anunciado) deixei um espaço maior, quem sabe eu consigo dar uma volta rapidíssimo por Mendoza antes de partir para Santiago? =)

    • MOHAMEH

      NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
      SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO E HERMANO

  • Douglas Pino

    Qual a Origem e Destino que devo colocar no site para comprar (simular) as passagens?

  • Nicole Osterkamp

    Queria muito ir pro chile de onibus, mas morro de medo dessas estradas cheias de subida, não é muito perigoso? Dá muito acidente? 🙁

  • MOHAMEH

    VIAJAR PELO PLANO TERRESTRE É MEDÍOCRE, DISSE HÉLIO COUTO, PROF DE FÍSICA
    FUI EM ABRIL PRA SANTIAGO, SEM NEVE, SÓ PEDRAS, CASCALHO, ENTULHO DE PEDRAS
    A NEVE DA O EFEITO, SEM NEVE E TIPO MINAS GERAIS

  • MOHAMEH

    NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
    SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK

  • MOHAMEH

    NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
    SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • MOHAMEH

    NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
    SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR EM HERMANOS

  • MOHAMEH

    NO NORDESTE TEM JEGE ,MULA E BURRO
    NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
    SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • MOHAMEH

    NADA PRA VER SÓ PEDRA E GELO
    SORTE DE VC VOLTAREM COM UM RIM, ELES POE SEDATIVO NO VINHO OU WISK VAI CONFIAR M CHILENO

  • MOHAMEH

    VI VER ELEFANTE QUE É MELHOR, EM VEZ DE PEDRA

  • Paulo Miranda

    Quero faze lo em breve, poderiam me dizer qual é o melhor mês para faze -lo?

  • Nallim Fernandes

    Estou na mesma situação!

  • Dayse Guimaraes

    Alguem sabe me informar se essa viajem que ele fez de Onibus( Buenos vs Santiago) tem passagem direto? ou preciso comprar uma para mendonza e de mendonza comprar outra para Santiago? pois pesquisei nas empresas citadas e onibus direto para Santiago nao tem.

  • Victor Caldas

    Eu queria tirar uma dúvida. A compra das passagens tem que ser por trecho tipo: Argentina – Mendonza (uma empresa) ai depois eu compro Mendonza – Santiago (a mesma empresa ou outra empresa).
    Ou da pra comprar direto: Argentina – Santiago pela mesma empresa?
    Porque eu tentei comprar hoje dia 18/04 pros meses de Julho 07, porém não consegui. Talvez seja pelo fato de ainda não decorrer 30 dias de antecedência da viagem ou por não ter a passagem Argentina – Santiago direto (com algumas paradas, que é de praxe).

  • Leticia

    Vocês conhecem alguma empresa de turismo que faça o trajeto até San Tiago mas com paradas em algumas cidades? Tipo um pacote mesmo, com hospedagem, passeios e ônibus.
    Obrigada.

  • Diande Airaf

    Nossa…fiquei estupefata! É a palavra correta. Estou com viagem programada para janeiro e resolvi verificar e acrescentar mais uma viagem. E adorei o relato dos clientes aqui, e me deu mais vontade e gás de concluir mais este passeio. Vale muito a pena!!!