Como é voar na Iberia

Leonardo Marques 24 · fevereiro · 2011

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Davi e Bárbara, um casal de leitores do Melhores Destinos, viajaram do Brasil para a Espanha na semana passada pela companhia aérea Iberia e nos mandaram uma avaliação. O texto e as fotos abaixo são de autoria dos dois, apenas a foto externa do avião é uma foto de divulgação da Iberia.

A Ibéria é uma empresa Espanhola de aviação que atua há mais de 80 anos no mercado. Em janeiro deste ano ela se fundiu com a British Airlines, criando a terceira maior companhia de aviação da Europa e a sexta do mundo. A Ibéria também é membro da aliança Oneworld, que conta com empresas como a American Airlines, LAN, Quantas, entre outras. Nossa avaliação foi feita com base nos vôos IB6820 e IB6825, entre São Paulo (Guarulhos) e Madri (Barajas), nos dias 11 e 20(retorno) deste mês.

Check-in

O check-in em Guarulhos foi bastante demorado (não havia muitas pessoas na nossa frente e esperamos 50 minutos para sermos atendidos). A Iberia tem mais de um vôo diário para São Paulo e, quando chegamos lá, somente dois atendentes faziam o procedimento, bem como o despacho das bagagens. Depois, mesmo com a fila aumentando, esse efetivo foi reduzido para um atendente, no meio do check-in. Todavia, quando fomos atendidos, fomos muito bem recepcionados (em Madri a atendente até nos explicou como chegar ao centro da cidade e mostrou-se preocupada por estarmos de mangas curtas, disse para nos agasalharmos mais, pois estava frio). Outro exemplo; sempre peço um assento na saída de emergência, pois tenho mais de dois metros de altura, e fui atendido prontamente (sem a cobrança de qualquer taxa, nem complicação). No Brasil, passamos pelo balcão de atendimento algumas horas mais tarde, quando o horário do vôo estava mais perto, e notamos que, neste momento, existiam mais atendentes no check-in (em torno de quatro), diminuindo um pouco o tempo de espera.

Brasileiros, esqueçam a língua mãe

Nos vôos da Ibéria a língua espanhola impera. Os comissários e os avisos do piloto são falados na língua hispânica e em inglês. Pela proximidade das palavras, pode-se comunicar em português. Além disso, algumas palavras os comissários sabem falar, desde que sejam sobre assuntos bem corriqueiros, como a escolha entre as duas opções de refeição.

Espaço do avião

A frota da Ibéria, pelo menos nos vôos que pegamos, é bem antiga. Viajamos com um Airbus A340, que possui classe executiva e econômica. Na econômica, a formatação de assentos é do tipo 2-4-2, e o espaço entre os bancos é pequeno, mas não difere das outras companhias. Os aviões mostram sinais de uso, com algumas avarias estéticas nos plásticos da cabine. Apesar disso, o vôo foi muito tranquilo, sem muita turbulência, o que se deve, em grande parte, ao tamanho da aeronave (quanto maior, mais estável).

Entretenimento

A Ibéria possui uma revista de bordo, chamada Ronda, com textos em espanhol e inglês. Além disso, o vôo entre São Paulo e Madri apresenta um documentário, dois filmes e outro programa de variedades. A programação é transmitida em inglês e espanhol, sem legenda. Também existem alguns canais de áudio. A classe econômica é dividida em duas seções e, quem se interessa por assistir às programações de vôo, esqueça as últimas fileiras, deve procurar sentar-se bem na frente porque a tela é pequena.

Serviço de bordo

Os comissários de bordo da ibéria são “experientes” (quase na dita melhor idade). Mesmo assim, cometem algumas gafes imperdoáveis. Isso se percebe em alguns cantos dos bancos do avião, que estão um pouco quebrados, tamanhas vezes o carrinho de comida se choca com eles. A comida é simples, mas satisfatória. Sempre há duas opções de cardápio e após a refeição (quente), é servido café e chá aos passageiros, por algumas vezes. Quase ao final da viagem, também há um segundo serviço de café da manhã, só que desta vez com pratos frios. Ponto alto são as bebidas, sendo que até espumante é servido, se o passageiro pede. Também há vinho, cerveja, refrigerantes e sucos.

Um grande problema da Ibéria é a escassez de banheiros no avião. Na classe econômica, acredito que são somente seis ou sete. Depois das refeições, bem como no início da manhã, quando as pessoas acordam, chega a formar uma fila de cinco pessoas por toalete. Além disso, eles não são limpos regularmente pelos comissários.

Pontualidade

Os vôos não foram pontuais, tendo, em média, uma hora de atraso. Não sei se esta falha pode ser atribuída à empresa, devido à situação dos aeroportos na atualidade, mas um simples aviso sobre os motivos da demora teria sido agradável.

Curiosidades

A Ibéria oferece geralmente, pelas pesquisas que fizemos, o preço mais baixo entre as companhias que voam para a Europa. Também anunciam que possuem a maior frequência diária entre Europa e Brasil (agora também voam para Madri partindo direto de Fortaleza e Recife). Entretanto, ficamos em dúvida se a diferença de valores compensa, pois algumas empresas proporcionam muito mais conforto, por poucos dólares a mais. Numa pesquisa feita em um site de viagens, a diferença de valores, por exemplo, ficou em 69 dólares, com o preço da KLM, que até oferece telas individuais de entretenimento (com uns 80 filmes e seriados). Fica ao gosto (e bolso) do passageiro a decisão.

Uma dica que achamos importante é que todos os vôos da Ibéria, partindo do Brasil, aterrizam em Barajas (Madri). Este aeroporto é enorme, com imigração complicada e, portanto, os passageiros devem destinar um bom tempo para conexões com outros vôos, para evitarem problemas. A Ibéria tem vários guichês para resolver perdas de vôo, como ocorreu com vários passageiros do nosso vôo, mas é importante cuidar disso quando as passagens não são compradas juntas.

Outra coisa interessante é que o avião tem uma câmera na cauda, que filma o momento em que estamos aterrizando, tornando a experiência diferente.

O Melhores Destinos agradece ao Davi e à Bárbara pela disposição em fazer essa excelente avaliação da Iberia. Aproveitamos para convidar você a deixar suas impressões sobre a Iberia nos comentários abaixo. Caso você vá viajar para o exterior e queira fazer a avaliação de alguma companhia aérea, entre em contato com o Melhores Destinos, sua avaliação será muito bem vinda.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos