Como é voar na Etihad Airways

Denis Carvalho 7 · janeiro · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

O ano de 2013 marcou a chegada ao Brasil da Etihad Airways, uma das companhias aéreas mais luxuosas do mundo e a melhor colocada no Guia MD de Companhias Aéreas no ano passado. Ela divide com a Emirates o título de companhia de bandeira dos Emirados Árabes Unidos e pertence ao governo daquele país. Criada em 2003, a Etihad teve uma expansão rápida e hoje voa para 96 destinos com frota de 86 aviões. Esse processo de crescimento está apenas no início, já que ela tem pedidos para mais 200 novas aeronaves. Nosso leitor Aureliano Lopes testou os voos da companhia de São Paulo a Abu Dhabi e escreveu esta avaliação excelente para o Melhores Destinos. Acompanhe e veja como é voar com a Etihad! 

Avaliacao-etihad

Há alguns meses descobri aqui no Melhores Destinos a companhia aérea Etihad (que não conhecia) e li informações sobre seus voos partindo de São Paulo-GRU. Procurando passagens para Bangkok no final de outubro, vi que a Etihad era a que oferecia o melhor preço. Comprei a passagem com certa antecedência, no fim de junho, diretamente no site da Etihad, o qual tem uma versão em português e foi bastante simples para esta compra.

Fui na classe econômica, chamada Coral Class, e mesmo nesta no momento da compra podíamos escolher entre várias opções de alimentação de acordo com possíveis restrições alimentares do passageiro. Pouco antes da viagem, fiquei com dúvida se precisava de visto ou não para a Tailândia, mandei mensagem em português pelo site e dias depois recebi uma ligação também em português solucionando minha dúvida

A6-EHK_(7065092051)

Check-in e embarque

No dia do voo, 23/10/2013, cheguei por volta das 14 horas ao aeroporto de Guarulhos e fui informado por um funcionário do próprio aeroporto que a Etihad costumava abrir o guichê lá pelas 15h30. Próximo a este horário, os funcionários começaram a chegar e acredito que o check-in foi aberto às 16h30. Meu voo para Bangkok sairia às 19h20 com conexão em Abu Dhabi, sede da Etihad e hub desta companhia para seus voos na Ásia (não sei se seus outros destinos fora da Ásia também passam por Abu Dhabi).

O check-in foi simples e logo fui para a sala de embarque. Embarcamos em um ônibus para pegar o avião na pista e tudo transcorreu normalmente. O avião era um AIRBUS INDUSTRIE A345 JET com distribuição de poltronas na classe econômica no formato 2-4-2. Passamos pela classe executiva e esta parecia bem confortável e com poltronas distribuídas de forma a garantir um pouco de privacidade a qualquer passageiro (há um vídeo no site da Etihad apresentando as classes).

001_Avi_o 1

Serviço

As comissárias nos receberam de forma muito simpática na entrada da aeronave e, caso necessário, era possível se comunicar com elas em diversas línguas, pois havia uma diversidade de línguas que ao menos uma delas falava (como árabe, português, chinês). Além do inglês, língua que todas dominavam muito bem. O voo estava cheio, mas não lotado. Sentei em uma poltrona na janela ao fundo do avião, deste grupo de apenas duas poltronas, e tive a sorte de não ter ninguém ao meu lado durante o voo de 14 horas até Abu Dhabi.

001_Poltrona voo 1

 

 

 

 

Na poltrona encontramos um cobertor, um bom fone de ouvido (que devolvemos ao final do voo) e uma nécessaire com escova e pasta de dentes, tapa olhos, tapa ouvido e meia.

004_Kit

A poltrona era confortável, com espaço razoável (tenho 1.82 de altura), TV individual com um controle remoto anexado ao braço da poltrona e tomadas embaixo do banco (com opção para diversos tipos de entrada de eletrônicos).

019_Tomadas

Entretenimento

O controle da TV tinha os botões de um lado e do outro era um telefone para comunicação com as comissárias (o que não utilizei e, portanto, não sei realmente como funciona). A tela da TV também era sensível ao toque, caso não quiséssemos usar o controle. Antes da partida ainda recebemos o cardápio, com versão em árabe, português e inglês. 

003_Cardápio

A programação da TV oferecia uma diversidade grande de tipos de filme e nacionalidades (pouquíssimos dublados em português e nenhuma legenda em português), seriados, alguns jogos infantis, notícias, músicas (de diversos países e havia três cds brasileiros – Elis Regina, Gilberto Gil e Tom Zé), mapas e informações do voo e a imagem de duas câmeras externas, uma localizada embaixo e outra na parte posterior da aeronave.

016_Entretenimento

Refeições

O voo saiu na hora programada e logo ofereceram água e uns biscoitinhos salgados. Não demorou muito para iniciarem o serviço de bordo completo, mas antes disso uma comissária passou distribuindo toalhinhas quentes para as mãos.

006_Bolachinhas

Tínhamos duas opções de prato principal: frango, cordeiro ou uma massa vegetariana. Comi o frango à caipira com rúcula sauté e polenta cremosa e estava uma delícia.

008_Jantar voo 1

Era informado no cardápio que toda comida tinha sido preparada de acordo com as leis islâmicas. O jantar podia ser acompanhado por sucos, refrigerantes, água ou bebidas alcoólicas. A comida era muito gostosa e em boa quantidade. Logo após o jantar ofereceram água, café e chá. Tomei uma espécie de chá preto, não sei exatamente.

012_Chá

Um pouco mais à noite ofereceram um sanduíche vegetariano e uma pipoca doce bem gostosa, além de água. Estes itens também ficaram disponíveis durante todo o voo em uma bancada próxima ao banheiro, no fundo da aeronave.

013_Lanche noturno

Todas as janelas da aeronave estavam fechadas e a iluminação era suave no teto e muito bonita, pois ia mudando lentamente de cor ao longo dos minutos. Achei um efeito bastante aconchegante e quase de ninar.

016_Iluminaç_o noturna

Como o voo era longo e noturno, dormi a maior parte da noite, assim como praticamente todos os passageiros. Logo no amanhecer (considerando a duração do voo, não se era dia ou noite do lado de fora) passaram servindo água e um bolinho de chocolate, também bastante gostoso.

014_Lanche manh_

Na sequência, distribuíram novamente as toalhinhas quentes e o café da manhã, que na verdade era algo como um almoço. Confesso ter ficado um pouco perdido com o horário durante o voo, pois mudamos de fuso e com as janelas fechadas não sabia distinguir se era dia ou noite. Novamente a comida era muito saborosa. Comi frango com creme e arroz e havia uma deliciosa salada agridoce como entrada.

018_café da manh_

Conexão

Chegamos no horário previsto ao aeroporto de Abu Dhabi, o qual é bastante bonito e com uma grande área de free shop. Diversas marcas famosas possuem lojas lá, como Armani, Burberry, Rolex, etc.

030_Aeroporto Abu Dhabi

Como não tenho costume de comprar nada destas marcas, não sei se os preços eram realmente bons ou não. Destaco ainda que havia um catálogo de free shop à bordo; você podia escolher algo durante o próprio voo, pagar e retirar o produto ali mesmo.

027_Aeroporto Abu Dhabi

O aeroporto de Abu Dhabi é dominado pela Etihad e fiquei esperando minha conexão para Bangkok por 5 horas. Não vi muitos brasileiros neste voo, pelo que vi a maioria das pessoas que saiu de São Paulo estava indo para o Japão. Havia muitos turistas neste aeroporto.

029_Aeroporto Abu Dhabi

Segundo voo

Embarcamos no horário previsto para Bangkok, porém o voo teve um atraso de pouco mais de uma hora. O voo foi lotado, um Boeing 777-300ER JET com sistema de poltronas na Coral Class de 3-4-3. O embarque começou na hora, mas foi muito longo. Estava um pouco cansado neste voo e acabei dormindo antes mesmo de sair de Abu Dhabi.

024_Aeroporto Abu Dhabi

A poltrona não era tão confortável como a do voo anterior, mas era boa e todas tinham TV individual, agora com o controle remoto situado abaixo do visor e uma tomada universal logo ao lado deste.

031_Poltrona voo 2

Acordei para comer antes da chegada à Bangkok e o serviço foi parecido, com entrada, prato principal e as mesmas opções de bebida. Além de chá e café. O cardápio deste segundo voo era apenas em árabe e inglês e nenhuma comissária falava português.

032_Poltrona voo 2Voltei de Bangkok no dia 10/11/13, em um voo que saia da Tailândia às 2h30 da manhã e chegava em São Paulo às 17h30 do mesmo dia, por conta da mudança contrária do fuso e ficarmos em conexão por apenas duas horas em Abu Dhabi. Não tenho fotos ou registros deste voo, pois estava exausto e não me preocupei com isto, mas o serviço de bordo foi praticamente o mesmo. Vale dizer novamente que as comissárias foram muito simpáticas e atenciosas.

Conclusão

Foi meu primeiro voo longo, o mais longe que tinha ido antes tinha sido o México e não tenho muito parâmetro de comparação para este tipo de voo, mas no geral dou nota 10 para a Etihad. Todo o processo de compra de passagem, embarque e conexão foi muito fácil e muito bem conduzido pelos funcionários. O avião é confortável, oferece uma boa opção de entretenimento e farta e boa comida. Todos os funcionários foram nota 10 e certamente procurarei um voo da Etihad em próximas viagens para a Ásia ou outras localidades.

Agradecemos ao Aureliano pelo excelente relato, que certamente será importante para outros leitores que pretendem voar com Etihad ou tinham curiosidade de saber mais sobre a empresa. E você? Já viajou com companhia? Deixe sua impressão nos comentários abaixo! Se fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato com a gente pelo e-maildicas@melhoresdestinos.com.br Você  pode conferir todas as avaliações publicadas neste post e no Guia de Companhias Aéreas.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe