Como é voar com Delta e Air France da Europa aos EUA – segunda parte

Denis Carvalho 8 · janeiro · 2013

Dando sequência à avaliação dos voos das companhias Delta e Air France dos Estados Unidos à Europa, trazemos hoje a avaliação do leitor Rudolf Guth dos voos de volta, realizados pela companhia norte-americana parceira da GOL. Ao que parece, os serviços são bem parecidos com os que a empresa presta nos voos a partir do Brasil, ou será que não?  Leia o relato e tire suas conclusões!

Avaliação da Delta Airlines

Check-in

Muito rápido e fácil. Antes de chegar ao balcão você tem que retirar seu cartão nos quiosques e só então ir para a fila. A atendente foi muito simpática e nos atendeu sempre sorrindo! Em 10 minutos já tinha feito meu check-in, sem filas nem estresse. A Delta também tem a opcão de fazer o check-in com 24 horas antes, mas não tive problemas no aeroporto de Las Vegas. A empresa também possui o Economy Plus, um pouco mais caro que a Air France, sendo 80 dólares para voos nacionais e 120 para  internacionais.

Embarque

O Embarque, foi tranquilo e rápido, sem maiores problemas, ainda mais porque a Delta utiliza a separação por zonas, o que facilita e agiliza o embarque. Em ambos os voos o embarque não foi problema, sendo que no trecho internacional em 40 minutos todos os passageiros estavam embarcados.

Avião

De Los Angeles a Atlanta, o avião era um Boeing 757 antigo, o que me decepcionou um pouco, assim como o 747 da Air France. O espaço entre as poltronas era parecido com os das empresas brasileiras. Este voo é de 4 horas, mas não houve sistema de entretenimento, somente as revistas da Delta.

No segundo voo, de Atlanta a Barcelona, embarcamos em um Airbus A330 novo e confortável –  dentro dos limites da classe econômica. Tudo muito parecido com a maioria das empresas aéreas. Inclusive a limitação do espaço pelo equipamento de entretenimento no assento da janela.

O sistema de vídeo, aliás, é mais um ponto positivo para a Delta em comparação com o voo da Air France, com uma ampla variedade de filmes, seriados, músicas e jogos. O  padrão é o mesmo que a Delta e demais empresas americanas usam nos voos saindo do Brasil.

Alimentação

De Los Angeles a Atlanta o serviço de bordo foi de amendoim, pretzel e biscoito, tendo como bebidas refrigerantes, café e água. Uma coisa interessante foi que como o voo era de 4 horas o serviço de bordo foi oferecido duas vezes.

No voo até a Europa, as opções eram frango ou massa, acompanhadas de pão, brownie e queijo e um biscoito de sal, com direito a refrigerantes, água, cerveja e uísque .

Conclusão

A Delta teve pontos positivos pelo avião do voo internacional, que era novo, mas negativo pelo fato de o voo entre Las Vegas e Atlanta ter sido em um avião tão antigo quanto o da Air France. Mas o atendimento foi muito bom e com comissários bastante sorridentes e atenciosos. A Air France teve pontos positivos pelo atendimento dos comissários, que realmente foi muito bom e pelo lanche disponível para todos os passageiros durante a viagem, principalmente por se tratar de um voo bastante longo, de Paris a São Francisco.

Eu voltaria a voar pelas duas empresas, mas evitaria voos internacionais de longa duração utilizando os antigos Boeings 747, que são bem desconfortáveis. Pelos outros voos que já utilizei da empresa, eu voltaria a utilizá-la. O mesmo com relação à Delta: somente evitando o 757 pela antiguidade do avião.

Agradecemos ao Rudolf pelas avaliações que com certeza permitiram aos leitores conhecer um pouco mais dos serviços da Air France e da Delta. E você? Já voou com as companhias? Deixe suas impressões nos comentários!  Se você fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste post.

Não se esqueça de dar uma passadinha no nosso Guia de Companhias Aéreas, onde você pode avaliar a Delta, a Air France e dezenas de outras companhias!

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Gabriela R. Lopes

    Vou viajar com a Delta pra NYC em abril. Alguém já viajou e tem impressões a deixar?

    Obrigada pelo relato Rudolf e MD!

    • Fabi Cherubim

      Gabriela meu irmão voou semana passada de GRU pra Atlanta e de Atlanta pra Toronto… pelo que ele falou ele gostou bastante e elogiou muito o sistema de entretenimento… ele nem precisou ligar o tablet porque tinha muita coisa pra assistir… uma dica é fazer o check in on line antes de ir pro aeroporto de Guarulhos… a fila é bem menor só para despachar bagagem…

      • Gabriela R. Lopes

        E quanto ao conforto? O espaço entre os bancos?

      • Bruno Feliciano

        Eu farei esse mesmo trecho (GRU-ATL-YYZ) em Setembro e tem uma conexão de 9 horas em Atlanta, será que é suficiente para sair do aeroporto e dar uma volta pela cidade?

        • Joao Goldmeier

          Até acho que dá tempo, mas tenha em mente que o aeroporto é bem afastado do centro da cidade e que na volta você vai ter que passar novamente pela imigração (ao invés de permanecer em trânsito).

          Uma opção interessante são as salas vip da Delta, principalmente a do terminal F, que possui chuveiros a disposição. Se não estiver voando Business, uma alternativa é comprar o passe diário (US$50 salvo engano). Além de poder refrescar e trocar de roupa, a sala conta ainda com wi-fi, televisões, bar e snacks.

      • Nelson Carlos de God

        Fui em Setembro Galeão-Atlanta pela Delta, apesar do avião ja um pouco antigo Boeing 767, gostei muito. Voo tranquilo e confortável, atendentes simpáticos e 2 ainda falavam português fluente… Achei a comida boa também, frango, massa ou vegetariano e bebidas alcoolicas tb.

        Tinha TVs espalhadas pela cabine e ficaram ligadas passando filme durante todo o trajeto. Não sei se eram dublados ou não pois dormi a viagem toda ja que foi durante a madrugada e consegui dormir sem dificuldades. Voaria tranquilamente com a Delta novamente.

    • Beto Arruda

      Gabriela, qual é a rota?

      • Gabriela R. Lopes

        Oi Beto,

        A rota é Guarulhos-JFK, voo direto.

        A aeronave é a 767-400.

        • Jé Silva

          Olá, Gabriela

          Fiz esse voo para NY em dezembro. Quanto ao conforto e tal… eu te pergunto, vc já voou pra fora do país? Por qual empresa? Já voei em várias empresas e não tenho nada a reclamar da Delta. Pelo contrário… o atendimento foi super bom, e tanto no voo de ida como na volta, tinha entretenimento bem satisfatório.

          Se quuiser fazer alguma pergunta… manda aí…

          • Fábio Barboza

            Jé Silva, vou utilizar este mesmo vôo em julho, com minha família. Você acha que vale à pena pagar para ir na economy confort? O espaço entre as poltronas e a reclinação fazem grande diferença, ou é quase a mesma coisa?

            Estou achando caro, principalmente porque tenho que pagar 3 tarifas.

            Agradeço antecipadamente pela ajuda.

            Abraços a todos.

          • Jé Silva

            Olá, Fábio

            Eu tbm estava na mesma dúvida que vc. Resolvi não pagar, pq a diferença entre as classes é muito pequena. (Na minha opinião!!!)

            Quanto aos espaços não achei tão apertada assim… tenho 1,83 fui e voltei bem tranquilo! Até pq o voo é a noite… então eu tento não me estressar e relaxar…

            Abração

          • Nelson Carlos de God

            Fabio, não vale a pena não… é quase a mesma coisa a unica diferença é que o travesseiro é maior hahaha, brincadeiras a parte, visivelmente não vi diferença evidente e pelo preço a mais não vale não. Mas é a minha opinião claro.

          • Gabriela R. Lopes

            Então Jé, é a primeira vez que voo pra fora do país. Minha preocupação maior é com minhas tias que queriam saber sobre o conforto. Elas já viajaram pra Orlando, acredito que pela AA.

    • FABIANO MIRANDA

      Gabriela, fui a NY em outubro em voo direto GRU-JFK, no 767-400. O entretenimento é bacana, filmes, músicas etc, e o espaço entre das poutronas é similar ao das cias nacionais. Por ser um voo bem cansativo, aproximadamente 9h de voo, acho que vale a pena o comfort.

      abs

      • Gabriela R. Lopes

        Fabiano, e a comida, é boa?

        No site diz que terá jantar e café da manhã, mas no meu bilhete da reserva do assento só consta o jantar.

        Desculpem a ignorância, é que como disse nunca fiz um voo internacional…

        • FABIANO MIRANDA

          Relaxa Gabriela, vai ver que é só ansiedade, não tem bicho de 7 cabeçaas.

          A comida não é lá essas coisas rsrsr Meu voo saiu por volta das 22h de GRU, logo após a decolagem serviram um frango ou feijoada. Fiquei com medo de comer feijão naquela hora e numa viagem tão longa. Acho que tinham umas torradas, queijo… Na volta foi um macarrão com um molho muuuuuito apimentado, muito forte. Não recomendo!! A outra opção era frango. Mas relaxa, qualquer coisa leva umas barrinhas, biscoitinhos etc dá pra aguentar. Relaxa e boa viagem!!

          • Gabriela R. Lopes

            Obrigada! =)

  • Márcio Sampai

    A origem o vôo foi Las Vegas (como indicado em "Check-in") ou Los Angeles (como indicado em "Avião"), afinal?

    • João Alfredo

      Pelo que estendi foi Las Vegas(LAS).

  • Aline Rivera Gomes

    Comprei ano passado aquela promoção que rolou RIOxAMS com stop em NYC.

    Os vôos foram RioxAtlanta, AtlantaxNyc, NycxAmsterdam e igual para a volta.

    Todos os trechos com a Delta, exceto AmsterdamxNyc que foi a KLM que fez.

    Notei uma pequena diferença entre os vôos que saem do Brasil e o que vai dos EUA para Europa, sendo estes um pouco melhores com aviões mais novos. No sistema de entretenimento a única diferença foi o controle remoto.

    Agora o vôo da KLM e outro nível! Infinitamente melhor. Serviço de bordo ótimo e entretenimento ainda melhor que na Delta!

  • Lucy Batochio

    Farei o trecho GRU-DTW-MCO e MCO-DTW-GRU agora em Fevereiro, também pela Delta. Logo que comprei as passagens eu comprei o Economy Comfort (esse é o nome que a Delta dá, ao invés de Plus, como falado na matéria): duas pessoas por R$412 reais (dolar de novembro) por trecho internacional e R$132 trechos internos. Ficaria feliz em fazer um relato, caso haja interesse do MD.

  • Ana Paula

    Fiz a parte aérea Los Angeles/Atlanta/Guarulhos em dezembro de 2012 e tenho três reclamações:

    – no trecho Guarulhos/Atlanta passei muito frio pois não havia cobertores suficientes para todos os passageiros;

    – a empresa não fiscalizou as dimensões das bagagens de mão dos passageiros. No trecho Los Angeles/Atlanta, algumas pessoas foram obrigadas a despachar a bagagem de mão porque não havia espaço, quem embarcou antes pegou o lugar, não importando o tamanho da bagagem. No segundo trecho, já havia bagagem onde meu noivo e eu deveríamos colocar as nossas;

    – a alimentação servida no primeiro trecho foi idêntica à descrita na reportagem. Mas a do segundo… Tudo tinha pimenta. Muita pimenta. Não havia nenhuma opção. Inclusive no café-da-manhã, um omelete cheio de pedaços de pimentão. Até o comissário de bordo disse que é sempre assim, todo mundo reclama e não mudam o cardápio. Ele inclusive foi muito solícito ao trocar minha refeição, tentando encontrar alguma com menos pimenta (o que não ocorreu). Só não senti muita fome porque estava muito cansada.

    Gostei muito das opções de filmes e seriados durante os vôos. Havia também a opção de acompanhar o trajeto da aeronave. Tirando o estresse das malas e a pimenta, achei os vôos satisfatórios. Mas fui mais feliz voando pela Copa.

    Ainda em tempo: faltam telefones públicos no aeroporto de Atlanta!

  • Ana Cristina Da Roch

    Ja voei Delta em fev/mar 2012, GIG/ATL/NYC/ATL/GIG. Pontos positivos: a tripulacao e o pessoal em terra (tanto no Rio como nos EUA) e extremamente gentil, acho que nem na KLM (de que gosto muito) fui tao bem tratada. Gostei da comida tambem. Pontos negativos: tanto em LGA quanto em ATL a Delta me deu informacao errada quanto a bagagem de mao: deixei de trazer uma impressora pequena porque nao poderia despacha-la sem custo nem embarcar com ela como bagagem de mao, pois ja tinha minha mochila e uma pequena bolsa. Na sala de embarque, a galera tava com um monte de bolsa, mala, etc como bagagem e embarcou tranquilamente. Alem disso, as poltronas da economica reclinam muito pouco… 🙁

  • Aline Rivera Gomes

    Gabriela, voei 5 trechos com a Delta em novembro! Nao estava escrito sobre cafe da manha, mas foi servido em todos os vôos noturnos (foram 3). Mas nao espere muita coisa, eles servem um sanduíche com ovo bem sem graça, iogurte e suco de laranja…

    Quanto ao economy confort eu nao notei nenhuma diferença visualmente que justificasse o tanto que cobram a mais.

    No mais, aproveite bastante NYC, eh linda!! 🙂

  • Rafael

    Imigração só quando chegar a Atlanta, se for passear e voltar para o aeroporto não tem mais imigração, os embarques internacionais nos EUA são junto com os domésticos, não existe nenhuma separação. Mas realmente entre o Aeroporto em Hartsfield-Jackson e Atlanta é uma viagem, mas deve dar tempo sim para ficar umas 2 ou 3 horas no centro de Atlanta e voltar. Tem serviço de van/onibus que leva até o centro a cada 15 min. Ida e volta custa na faixa de U$30.

  • Ariane Simas Prange

    Valeu a pena o valor investido?

  • Fábio Barboza

    Gostaria de perguntar ao Rudolf Guth ou a alguém que já fez o roteiro USA-França-Brasil como é a alfândega na entrada da França. É que estou pensando em comprar um Mac em NYC, e como vou passar por Paris antes de vir para o Brasil, estou com receio de ter que pagar imposto na França também (já estou contando com o imposto no regresso ao Brasil, claro!).

    Parabéns pelo excelente relato, Rudolf.

    Grande abraço.

  • Vitor J. Nunes

    Negociações para Air France controlar Alitalia estão avançadas

    Alitalia pertence ao CAI, um consórcio de investidores que comprou a companhia falida em 2008

    Folha de S. Paulo – 7/1/2013

    REUTERS – A companhia franco-holandesa Air France-KLM está em negociações "avançadas" para assumir o controle da principal companhia aérea italiana, a Alitalia, informou o jornal de Roma "Il Messaggero", sem citar suas fontes.

    A Alitalia pertence ao CAI, um consórcio de investidores que comprou a companhia falida em 2008. O CAI já é parcialmente controlado pela Air France-KLM.

    Em maio passado, a Air France disse que provavelmente esperaria pelo menos até o ano de 2014 antes de usar a opção de assumir o controle da Alitalia, da qual controla 25% desde o início de 2009.

    A Air France-KLM tem oferecido aos acionistas um prêmio de 20% sobre o que eles pagaram pelas ações em 2008, segundo o jornal, provavelmente em ações da própria Air France-KLM.

    Um porta-voz da companhia aérea em Paris não quis comentar a reportagem.

    Funcionários da Alitalia não atenderam a várias chamadas.

  • Lucy Batochio

    Se é realmente confortável eu só saberei em Fevereiro, mas só o fato de poder entrar primeiro, ter tela individual (no meu voo é tela comunitária) e poder descer primeiro, eu acho que vale a pena sim. Principalmente porque eu comprei quando o MD anunciou a promoção de Novembro e eu paguei menos de R$1500+taxas por passagem!

  • Salvatore Carrozzo

    EM 2010, num voo Reykjavik- Roma, tive de fazer conexao em Viena, na Austria. Tinha 7h entre os voos, e como o trecho de trem ate o centro da cidade era feito em 20min, me joguei! Foi otimo, bati perna por umas 3h. So tome cuidado pra nao chegar em cima da hora no aeroporto, na volta. prefira dar uma margem de erro grande e esperar ja no embarque do que chegar correndo e correr o risco de perder o voo.. Alias, será que vale a pena? Nao sei, confesso que tenho preconceito em relacao aos EUA, mas rodar por umas horas nao seria apenas ver uns arranha-ceus?