Como é voar na British Airways

Leonardo Marques 2 · maio · 2011

A British Airways é uma das maiores companhias aéreas do mundo, ela tem umas das maiores frotas de 747 (conhecido como jumbo) e sua sede fica no aeroporto de Heathrow em Londres, o aeroporto com o maior número de voos internacionais do mundo. Apenas no terminal 5 desse aeroporto há espaço para 60 aviões e esse terminal é apenas da British.

Diante desses números não poderíamos publicar uma simples avalição da British. Você confere hoje a avaliação mais completa já publicada pelo Melhores Destinos. Ela foi feita pelo leitor Samuel Paiva que nos mandou mais de 30 fotos, todas ótimas e que estão disponíveis em alta resolução no final desse post.

Vamos ao texto:

Já voei quatro vezes pela British, era uma companhia que eu não cogitava muito, especialmente por não figurar nos sites de promoção e não oferecer as tarifas mais baratas pelo site, mas consultando meu agente de viagens sempre encontramos ótimas opções de preços frente às companhias tradicionais.

A British é uma companhia grande e muito tradicional, os voos que fiz com ela foram de São Paulo (GRU) a Londres (LHR) duas vezes, Londres (LHR) a Barcelona (BCN) e recentemente São Paulo a Londres e Londres a Nova York (JFK) – sobre estes dois últimos passarei minhas impressões abaixo.

BA 246 GRU-LHR – dia 29/03 16:15

Check-in

Primeiro fica aqui uma dica: na British você só consegue marcar assento quando é aberto o check-in online 24 horas antes do voo, mas as opções são poucas. Caso você faça questão de um bom lugar deve pagar US$ 30 no site e escolher o melhor assento ou chegar cedo ao check-in.

Eu paguei o assento pelo site e mesmo assim cheguei com 2h30 de antecedência.
Nas experiências anteriores, o check-in havia sido sempre bom e simpático, mas desta vez me surpreendi.

Uma funcionária muito simpática nos atendeu. Foi rápida, nos ofereceu a opção de um upgrade por US$ 200 para a classe ¨World Traveller Plus¨ que é uma econômica superior mas optei por não fazê-lo.

Malas despachadas, pontos no programa Executive Club creditados e bilhete na mão com muita simpatia e rapidez, ponto positivo para a British, que melhorou bastante em um quesito que já era bom!

Nota 10

Decolagem e pontualidade

O embarque em GRU foi tranquilo (depois de passar pelas filas para entrar na sala de embarque, coisa dos nossos aeroportos).
Fomos chamados para embarque e às 16 horas todos estavam acomodados, o avião iniciou os procedimentos de segurança e às 16h15 estávamos taxiando para a cabeceira 9. Dez minutos depois, o ¨jumbo¨ decolou rumo a Londres.
Subimos inicialmente a 34.000 pés e voamos calmamente sobre o céu do Brasil. 2h50 depois deixamos o Brasil entre Natal e Fortaleza e o voo subiu para 35.000 pés.
Uma pequena turbulência foi sentida ao cruzar a região da linha do equador já sobre o Atlântico e rumamos direto às ilhas Las Palmas, mas até lá resolvi descansar e nada de filmes ou caminhadas pelo avião, só um bom sono – afinal seria um voo de 11 horas no total.

Avião e Assentos

O equipamento utilizado pela British na rota GRU-LHR é o Boeing 747-400.
Não é um avião moderno, mas voar em um 747 é algo bastante agradável, o avião passa por turbulências com mais suavidade, o seu tamanho impressiona, o espaço interno para circulação é muito amplo e o silêncio também é um ponto forte.

O avião desta rota estava configurado com 14 assentos na primeira classe (first), 70 assentos na executiva (club world),30 assentos na econômica premium (world traveller plus) e 177 assentos na econômica (world traveler).

Viajei de classe econômica com configuração 3+4+3 e o espaço entre as poltronas é razoável, na média do mercado, mas os assentos são muito confortáveis, pois o apoio para cabeça tem uma regulagem mais firme. Quando você dorme e apóia a cabeça o mesmo fica firme e não se move como em outros tipos de regulagem, este item foi bem pensado e é superior.

Como desde o dia anterior o voo da British havia deixado de iniciar em Buenos Aires e a rota passou a ser exclusiva a partir de São Paulo, o voo estava um pouco mais vazio que os anteriores e pude deitar nos assentos laterais que estavam desocupados. Claro que isto é ruim para a companhia, mas foi bom para mim, com certeza um golpe de sorte.

Apesar de o avião não ser o mais moderno, estava limpo, bem cuidado com todos os itens funcionando, banheiros limpos e completos.

Nota 9

Entretenimento

Os aviões da British de longo curso oferecem tela de vídeo individual e uma programação muito ampla chamada highlife. As telas têm tamanho razoável e a luminosidade, volume e menu são controlados pelo toque na tela ou por um controle no braço do assento.

Os filmes, programas e musicas são ¨on demand¨, onde você escolhe a hora que quer começar, pausar ou parar de ver um filme ou ouvir uma música por exemplo. As opções eram lançamentos e uma biblioteca com filmes já lançados, tinha filmes dublados para o português ou outras línguas e as opções eram muitas.

Filmes, músicas com vários CDs disponíveis e programas de TV além, é claro, do tradicional moving map, onde você pode acompanhar as informações do voo, também estavam disponíveis.

A revista de bordo da british (High Life) e o catálogo do freeshop a bordo (High Life Shop) também estavam disponíveis.

Nota 10

Serviço de Bordo

Neste quesito me pareceu que um corte de custos foi aplicado em relação aos últimos voos. Falo isso porque anteriormente um amendoim era servido na classe econômica e o prato principal era maior, neste voo o amendoim era só até a classe econômica plus e o prato principal deu uma diminuída.

Economias à parte, uma bebida foi servida logo após a decolagem e cerca de uma hora depois o jantar foi servido. Eram oferecidas duas opções: frango ou carne. Um arroz com legumes, uma salada e sobremesa acompanhavam. A comida era boa e nem estava com gosto de comida de avião.
Logo após foi servido café ou chá e as luzes da cabine foram apagadas. Uma hora antes do pouso foi servido um café da manhã com opção de croissant com queijo ou ovos mexidos.

Durante todo o voo, bebidas e snacks ficavam à disposição dos passageiros na galley .
A língua que predominava no voo era o inglês (britânico), mas existem comissários que falam português e os avisos da cabine eram em inglês e em seguida uma comissária os repassava em português (a British mantém comissários baseados em São Paulo) .

Nota 9

Pouso e Terminal 5 Heathrow
Logo estaríamos próximo à Grã Bretanha, entrando pelo mar Céltico até iniciar procedimento de aproximação para Heathrow. Como de costume, o tempo estava frio e muito encoberto em Londres, o procedimento foi totalmente no automático interceptando a cabeceira pelo ILS.
O pouso foi muito suave e elogiado por boa parte dos passageiros e em seguida recebemos o agradecimento da comandante (isso mesmo da comandante) por escolher a British.

O desembarque em Londres no Terminal 5 (o maior e mais moderno da Inglaterra) que é exclusivo da British Airways foi tranquilo. A fila da imigração era aceitável e depois para retirar as malas e pegar o trem até o centro de Londres tudo foi muito tranquilo, limpo e organizado.
O Terminal 5 é um capitulo à parte e eleva a experiência de voar a um patamar superior, visto a qualidade, limpeza e organização de suas instalações.

BA 177 LHR-JFK – dia 02/04 13:00

Check-in
Muito prático, o Terminal 5 concentra todos os voos da British – e são muitos (veja foto do painel entre 12h e 15h) mas mesmo assim tudo muito organizado e calmo (veja fotos do teminal). O procedimento é o seguinte: você vai a uma máquina de ¨self check-in¨, emite o bilhete e se dirige a uma estação para despachar a bagagem. Caso algo dê errado, há um enorme balcão de atendimento.
É impressionante a capacidade de organização, limpeza, silêncio e praticidade de um aeroporto deste tamanho… Um dia chegaremos lá!
Passamos pelo procedimento de segurança que é bem rigoroso, mas nada que comprometa o embarque. Só é meio chato tirar sapato, jaqueta e tudo mais… mas são procedimentos, fazer o que?!!
O Terminal 5 é também um grande shopping enquanto você espera o voo: são várias lojas (incluindo uma filial da Harrods) e locais para se alimentar. Cerca de uma hora antes do embarque o painel indica seu portão e nos dirigimos a ele, esperando a chamada do voo.

Decolamos com 30 min de atraso devido à inspeções de segurança (o que foi dito pelo comandante).

Avião e assentos
O avião utilizado é um 747-400 exatamente igual ao utilizado na rota GRU-LHR. Estava limpo e tudo funcionava normalmente no avião e nos assentos.
A British usa o maior avião na rota para NY que é uma das mais movimentadas do Atlântico Norte, as outras companhias usam A-340, B 767, B 777 e até B 757.

Entretenimento
Igual ao utilizado na rota desde o Brasil com várias opções

Serviço de Bordo
Como este voo era diurno, logo após a decolagem tivemos um almoço servido e a opção era macarrão com frango e espinafre. Estava bom, mas o voo desde o Brasil estava com a comida melhor.
Uma hora antes de pousar em NY, foi servido um lanche de frango e um chocolate “kit kat” de sobremesa. Novamente, bebidas e snacks estavam disponíveis na galley
Neste caso obviamente a tripulação só falava inglês e, caso necessário, tinha comissários que falavam indiano, chinês, frances e espanhol. Esta é uma característica da British, sempre tem tripulantes que falam várias línguas.

Pontualidade, voo e chegada a NY
O voo saiu com 30 min de atraso, mas o mesmo foi reduzido em rota. O tempo total foi de 7h30 e praticamente durante as cinco horas de travessia do Atlântico ficamos com o cinto atado devido às turbulências por condições meteorológicas – pegamos vento de proa de 180 km/h!!

Avaliação Final

A British é uma companhia tradicional e não mantém as políticas de preços mais agressivas, porém oferece serviços com qualidade e aviões muito bons, limpos e bem mantidos (mesmo não sendo os mais modernos). É a maior operadora de Boeing 747 do mundo.
A companhia tem comissários muito bem treinados e preparados, tem regras rígidas de segurança e os procedimentos em voo são rigorosamente seguidos, o que passa uma sensação muito boa para os passageiros.
A utilização do Terminal 5 em Londres é um grande diferencial para a companhia, pois transforma em muito a experiência de voar já que oferece um conforto muito grande enquanto espera o voo ou no seu desembarque. No desembarque em LHR as esteiras de bagagem são enormes em um local calmo e bem sinalizado.
No embarque tudo funciona, é limpo e silencioso e oferece muita coisa para se fazer enquanto se espera pelo voo, os restaurantes são ótimos, as lojas têm toda variedade de gênero, de farmácia a loja de departamentos passando pelas tradicionais óticas e lojas de perfume… uma experiência à parte.
Vale a pena optar pela British pelas qualidades acima destacadas. Se ela oferecesse algumas promoções mais agressivas, mesmo que bem pontuais, tenho certeza de que mais gente poderia aproveitar todo o estilo britânico de voar nessa companhia que, com certeza, oferece serviços de muita qualidade e passa muita segurança para o passageiro.

Já voou pela British Airways? Tem alguma dica sobre a empresa? Deixe seu relato nos comentários a seguir. Se quiser fazer a avaliação de alguma empresa que ainda não foi descrita aqui no Melhores Destinos mande um e-mail para contato@melhoresdestinos.com.br. Veja aqui as mais de 20 avaliações já publicadas.

Autor

Leonardo Marques - Diretor do Melhores Destinos
  • Rodrigo

    Muito bom o relato. Realmente seria de alta relevância que a British Airways realizasse promoções para atrair mais viajantes brasileiros.

  • Rodrigo

    Que aeroporto maravilhoso esse Heathrow! Falam que o Changi também é espetacular. Ouvi falar que o aeroporto de maior circulação de aeronaves é o de Atlanta!

  • Arthur Carrão

    Parabens à equipe do Melhores Destinos e ao leitor Samuel Paiva pela detalhada experincia relatada.

    Fiz o mesmo voo da British GRU-LHR no dia 02/03 e confirmo todas as afirmações!

    Apenas complementando, voei na classe World Traveler Plus, e acho que se a diferença for pequena, vale muito a pena pagar o upgrade.

    O espaço é bem maior em todas as direções, a inclinação dos assentos é um pouco maior, etc.

  • Pedro Guerra

    Parabens ao site e ao Samuel por trazerem relato tão detalhado. Voar sempre é uma parte importante da viagem!! especialmente se for a passeio onde programamos todas etapas.. a British tem uma reputação fantastica e que foi reforçada pelo relato. com certesa em uma próxima viagem irei lembrar da companhia! parabens ao site.

  • Paulo

    Realmente o MELHOR post ja feito/narrado!

    Nota: 10 perfeito!

    Parabens

  • Rafa

    O T5 de Heathrow é um capítulo à parte! Espetacular, não há fila para nada, é tão gostoso passar por ele, tudo calmo, tranquilo… Sem falar no metrô embaixo dele, que te deixa no centro de Londres em poucos minutos

    • RonaldW P V KOUH

      Acretito que esta falando de outro aeroporto,pois o Heathrow é pessimo

  • Deve ser maravilhoso voar no 747.

    Tem rotas SP Gru ou Gal para Pequim?

    • Juvenal, saindo de GRU:

      – TAM: GRU-JFK-PEK (R$ 2800)

      – British Airways: GRU-LHR-PEK (R$ 2900)

      – Air Canada: GRU-YYZ-PEK (R$ 3100)

      Saindo de GIG

      – United: GIG-IAD-PEK (R$ 3000)

      – TAM: GIG-LHR-PEK (R$ 3000)

      – Air France: GIG-CDG-PEK (R$ 3200)

      Legenda:

      GRU – São Paulo

      GIG – Rio de Janeiro

      JFK – Nova Iorque

      PEK – Pequim

      LHR – Londres

      YYZ – Toronto

      IAD – Washington

      CDG – Paris

      Os voos partindo de GRU são mais rápidos e mais baratos para ir a China em média.

  • Ariel

    Nossa, deve ter sido super cansativo fazer essa rota (GRU-LHR-JFK). Era tarifa promocional?

    • Samuel Paiva Arantes

      Não foi cansativo não , eu fui primeiro para LONDRES e fiquei por 4 dias , depois fui para NY , foi opcional.

      A tarifa contemplava – GRU-LHR , LHR-JFK com B.A e JFK – GRU direto com AA . comprei tudo em uma passagem só devido a aliança oneworld. R$ 2.500,00 e pude pontuar tudo no programa de milhas da BA inclusive o trecho JFK-GRU com AA .

      • Ariel

        Ah, agora entendi. Pagou barato pra voar bastante então!

        • samuel

          Lembrando que esse preço é razoavel pela quantidade de milhas voadas e em uma compania superior. se tiver pode ser emitida usando milhas one world também. acumuladas pela iberia , lan , ba e aa que voam de e para o brasil. alem dos acordos com cartões de credito tambem.

        • Thábada

          E na volta, pegou o voo para Sao Paulo de qual porta do terminal 5? A, B ou C? Sabe se tem uma específica para o Brasil?

  • Mima

    Eu tb acabo de viajar pela British, por força de um overbooking da Iberia e detestei. Avião velho, poltronas pequenas e velhas, encosto de cabeça estragado, comida horrível, serviço de bordo péssimo (voo Rio/Londres), até a coberta é pequena! O voo Londres/Barcelona foi num avião bem melhor, mas voar desde o Brasil não aconselho, de forma alguma!!

    • Rosane Marendino

      Exatamente o que passei recentemente!! Não recomendo a British a ninguém!!!!! Esse relato publicado no post não tem nada a ver com a experiência sofrível que passei.

  • Parabéns pelo relato!

  • Raquel Gilkes

    Realmente a British é de longe uma das melhores cia. aereas que ja tive experiencia de viajar. Uma pena ser tao mais cara que as demais.

  • Renata

    Excelente relato! Pena que só estou podendo optar pelas tarifas mais baratas…

  • Joao Emerson Vieira

    Otimo Relato. Ja voei British, Londres Heathrow-Paris Charles de Gaulle e voltei. Mto bom o voo, poltronas de couro, serviço impecável. Banheiros um pouco sujos.

    Discordo de vc no tocante aos aeroportos brasileiros. Não são os melhores do mundo, mas mtas coisas não acontecem só aqui. Já fiquei mais de 1 hora na fila do embarque em Heathrow. Sem falar na segurança excessiva, visto os ataques q aquelepovo ja sofreu.

    • ANA FIORANI

      Concordo com as opiniões sobre a Cia. e sobre o Heathrow. Usei a British para um voo Londres-Veneza e, apesar de ser uma aeronave pequena, era muito estável e como já disseram anteriormente o serviço muito eficiente.

      Com relação a preços, na época que comprei (julho passado) esse trecho era o mais em conta. Ou seja, dentro da Europa acho que ela é mais competitiva.

  • Fernanda

    Excelente relato! Parabéns! Detalha o quão agradável é o voo no 747-400 e o tradicionalismo e eficiência da equipe da British, caracterísitcas que pude notar no comportamento do povo inglês!

    Definitivamente uma ótima opção!

  • Juarez

    Tive o privilégio de viajar por 4 vezes com a British na rota CAYMAN ISLANDS – BAHAMAS e fiquei impressionado com a qualidade dos serviços. Inclusive, numa das viagens, eu estava na classe econômica e a primeira classe estava vazia, após a decolagem, fui para lá, escolhi uma poltrona e desfrutei do resto da viagem sem ser perturbado. ADOREI.

  • monica

    Voei pela british ano passado São Paulo – Buenos Aires, só tinha voado com empresa nacional, achei excelente. Cheguei super atrasada para o check in em Guarulhos e ainda foram solícitos (dentro do possível). Precisam fazer mais promoções aqui no Brasil.

  • Bruno Feliciano

    Samuel, parabéns pelo post.

    Se possível gostaria que vc indicasse qual o seu agente de viagens.

    Obrigado.

  • Nos trechos citados quais bagagens estavam incluidas no preço da passagem…malas, peso etc

    E aproveitando vale dize…..Recife nao tem promoção ateh pq nao tem vôo da BA saindo daqui…Ademais, BA e Iberia agora sao parte de uma mesma empresa…a e Am Airlines está coligada através do one world a estas duas empresas.

    E, saindo de Recife para a Europa Iberia e TAP lutam pelos melhores preços, mas quem está ganhando mesmo é a Condor que voa desde Recife para Frankfurt

    • samuel

      A franquia de bagagem contratada na tarifa que paguei era 2 malas de 23kg mais a mala de mão. franquia normal na classe economica da british pois em todas outras viagens foi a mesma franquia

  • Olá, excelente sua descrição detalhada, muito bem escrita e com ótimas fotos. Muito obrigado por isso.

    Só irei discordar quando vc disse que "um dia a gente chega lá." em relação ao terminal 5 do aeroporto de Londres.

    • samuel

      será que a gente não chega?

  • Jonatas

    Excelente relato, a British passará a ser opção apesar do preço.

  • Realmente possuo um sonho não realizado que é voar num 747.

    Meu último voo foi num 777. É o maior do mundo dos que se valem de duas turbinas. Foi pela AirFrance que, sem dúvidas merece um relato semelhante. Honestamente, não consigo pensar que a companhia tenha deixado a desejar.

  • Jose Mattos

    Parabens pelo relato a BA na minha opniao e a melhor empresa do mundo voei com ela para o Egito em um 777 novinho e fizeram upgrade prata clubworld por apenas 100 libras.

  • Gustavo Cunha

    Quero parabenizar a equipe melhores destinos e ao Leitor Samuel Paiva pela grande contribuição que nos deu relatando sua experiência com a BA. Com certeza foi o melhor relato sobre as Cia aéreas e depois dessa detalhada analise venho concluir que a BA é uma das melhores Cia do mundo com toda certeza, com sua pontualidade e organização. Parabéns.

  • Mario

    Voei na BA do Brasil p/ Índia, passando por Londres. O serviço foi muito bom. Ganhei 9800 pontos no programa deles, mas não sei se tem algum jeito de transferir isso para usar aqui no Brasil. Alguém tem alguma dica? Obrigado.

  • André

    A British pode ser uma empresa muito boa (e de fato é mesmo) porém tem uma dívida que é praticamente impagável e constantemente seus funcionários entram em greve. Foi obrigada a se fundir com a Ibéria e agora vamos esperar no que vai dar isso.

  • Pedro

    Samuel,

    Você conseguiu isso só pelo agente de viagens? Pois sempre faço o maior malabarismo pra conseguir comprar meus bilhetes multi-cidades pelos sites das empresas e nunca consigo um preço como esse. Tens alguma dica sobre como conseguir bons preços para voos multi-cidades?

  • Samuel Paiva

    Pelo site e mais complicado , eu sempre faço vôos multi cidades ou opto por fazer um stop over pois aproveito mais cidades por uma tarifa pouca coisa mais cara . Mas em viagens assim sempre usei o agente de viagens pois através do sistema monta-se o trecho , faz-se a opção por um stop over ou neste caso pela triangulação como foi esse vôo GRU-LHR-JFK-GRU . Pelos sites ate hj sempre aproveitei promoções prontas com trechos diretos ou com escala para roteiros mais elaborados use o agente que no sistema existem tarifas boas basta procurar abs samuel

  • Roberto Ellery

    Voei pela British ano passado, LHR-GVA, operado em um 738, o avião estava limpo bem conservado. O aspecto exterior deixava a desejar, mas como era inverno e a British usa uma pintura em que o branco prevalece podemos relevar. Serviço de bordo, só amendoim. No más reitero tudo dito pelo Samuel Paiva, realmente o T5 do Heathrow é uma coisa fora do comum, esplendoroso.

  • Richard

    Samuel fiquei impressionado com os detalhes do seu relato, parabéns !!! estou indo para Londres pela BA semana que vem !!!!

  • sandro

    Olá a todos, bom dia,

    Alguém poderia fazer algum relato acerca do voo BA rio – London?!

    Vi um relato negativo da Mima, que não teve uma experiência muito agradável…

    Mas me parece que os Boeing 777 utilizados neste trecho são muito modernos e seguros..

    Mais alguém poderia postar algum comentário sobre este trecho especificamente e sobre a BA também?!?

    Obrigado a todos…

  • Mario

    Olá,

    Alguém sabe como usar milhas da BA aqui no Brasil?

    Tem como transferir para algum programa?

    Obrigado.

  • Mariana

    Boa noite,

    Primeiramente, parabéns pela matéria. Ficou ótima. Gostaria de tirar uma dúvida: vou para Berlim, já em agosto, pela British. Como eu vou finalizar a viagem em Budapeste, queria pegar um voo direto de Budapeste para Londres para passar um dia na cidade. Isso é possível? Ou seja, eu posso "perder" o voo Berlim – Londres e embarcar normalmente de volta para o Brasil depois?

    Muito obrigada,

    Mariana

  • Pedro

    Fui a Londres semana passada pelo vôo BA246 – GRU – LHR, num 747. A comida estava excelente para comida de avião e comi com gosto. O avião é muito silencioso para quem senta longe da janela, o barulho maior é o ar condicionado. Já no fundão, o ruído é alto devido à porta e à própria aerodinâmica da aeronave. Na volta peguei o BA249, LHR-GIG, num 777. O avião é bem mais moderno, mas achei um pouco mais barulhento. Na volta, serviram o lado oposto ao que eu estava muito antes e fiquei sem carne. O frango estava horrível. O jantar foi wrap e também estava péssimo. Acho q é questão de sorte.

  • Pedro

    Olá Sandro, fiz o vôo 249 LHR-GIG somente na volta de Londres. Na ida peguei o 246, LHR-GRU. O 777-200 é muito moderno sim. Mas tem 2 turbinas gigantescas, e me pareceu um pouco mais barulhento. Quanto ao interior, é a mesma coisa do 747, exceto pela configuração, 3-3-3. A comida da volta estava bem pior q na ida, mas acho q isso é questão de sorte.

  • JOHN

    Experimentem British First Class São Paulo-Heathrow.Fantástico!!!

  • samuel paiva

    obrigado , e espero que tenha uma otima experiencia.

  • samuel paiva

    tambem gostaria de saber… da LAN será que é possivel?

  • Pingback: Promoção da British tem passagens para Londres por R$1440 ida e volta()

  • Fernanda

    Olá

    Boa noite. vou fazer uma viagem pra Singapura pela compania Ba e estou com receio, pois ja fui pra singapura mais em outra compania aerea a da Qatar. vou fazer uma escala em Londres.

    e queria saber se posso marcar o assento na hora que fizer o chekin?

  • Deby

    comprei passagem ontem pela British Airways para milao italia, por 1.815,00 Reais na submarino viagens, quase nao acredito pois è para 14 de dezembro alta temporada

  • juliana

    o voo com a british e maravilhoso eu estive a boordo dia 16 de outubro o meu voo saiu do aeroporto de sao paulo cumbica ou internacional guarulhos o voo saiu exatamente as 17h,a viagem foi uma viagem muito tranquila chegamos em londres la pelas 7:53 ma manha apenas teve um pouco de turbulencia quando ja estavamos quase em ;londres o aeropor era otimo emfim foi tudo uma maravilha o voo foi perfeito nao tenho o que reclamar

  • Pingback: British Airways faz promoção com voos diretos para Londres a partir de R$1.548()

  • Maria

    Estou voando em Janeiro para UK com BA. A última vez vôei com a Tam, o espaço é muito pequeno, sem falar da poltrona também, minhas pernas ficaram inchadas por longo dias.

    Tenho dúvida quanto a British, pois já que estou indo sem marcação de acentos, gostaria de saber se vale realmente pagar pelo Upgrade? Qual é mesmo a diferênça de conforto?

    Parabenizo também a terminal 5. É realmente maravilhoso, e vale a pena gastar principalmente quando ainda resta alguma reserva de compras depois do regresso de férias em UK.

    Happy New Year for you.

    Thanks Maria.

  • Henrique Fiirst

    Voei para Manchester em Outubro último via LHR, saindo de GRU. Como foi uma viagem de última hora, o melhor preço era BA. Foi minha primeira viagem de 747. Realmente um grande avião. O vôo estava lotado. Mas, como minha tarifa era mais cara, consegui um corredor na primeira fila da World Traveller. Bem, serviço de bordo regular, bom vinho para diversão, e comissários na golden age. Se Tivesse planejado minha viagem com antecedência, com certeza teria viajado na economica Plus. A executiva, aparentemente, possui nível de primeira classe (nem consegui ver a primeira classe no nariz do avião).

    Um ponto ruim foi o sistema de entretenimento de bordo que nao estava funcionando na minha poltrona. Após várias tentativas dos comissários, desisti e aproveitei a seleção de musicas do meu iPhone. Durante toda a madrugada, pude aproveitar chocolates twix e chá com leite na galley.

    O terminal 5 é um espetáculo. Mais parece um shopping center. Tem até metrô. A minha surpresa foi que descobri no cartão de embarque do meu vôo domestico para MAN a mensagem Executive UK. Como meu relógio biológico constava 04:00 da madrugada, fui me informar se teria acesso à sala VIP. Fui prontamente convidado a entrar e passei três agradáveis horas com bons toaletes, buffet de saladas, pratos quentes, bebidas e cafés, além de um lounge relaxante. Foi uma boa experiência.

    • Henrique Fiirst

      No retorno, peguei um vôo para GIG, dessa vez com um 777. Após um atraso no portao de embarque de quase uma hora sem qualquer justificativa, novamente fui agraciado com um sistema de entretenimento que nao funcionava. As poltronas eram confortáveis, com encosto de cabeça reguláveis. Um ponto a comentar foi o duty free de bordo que tinha alguns produtos a preço bom. Havia um relógio Citizen Ecodrive custando 20% do valor no Brasil. Comprei a última peça.

      Digno de nota, a limpeza das aeronaves em vôo domestico em UK, o uniforme, apresentação, e postura das comissárias são muito superiores do que nos vôos internacionais.

  • israel taumaturgo

    voei com a British airways pela primeira vez 1 ano atrás quando peguei voo do recife para londres com a Iberia, via Madrid.

    Iberia é uma porcaria!!! estraguei meu voo pensei. Já meu curto voo com a BA de madri a Londres foi perfeito! nunca vou esquecer.

    1 ano depois decidi ver se a British tinha preços legais para Sao paulo, e para minha surpresa era a mais em conta!!! paguei pouco mais de 700 libras ida e volta. não tenho do que reclamar, tudo foi dentro do que se espera viajando em classe economica, eu sou vegetariano e acreditem: fui servido bem antes e a comida nem parecia de avião( clichê dizer isso,eu sei…)única coisa chata foram os longos períodos de turbulência,o comandante estave de parabéns, tento passar mínimo de desconforto e contornou todos problemas. chegamos pontualmente a são paulo, mau posso esperar pelo meu retorno ao reino unido com a British Airways dia 1 fev. recomendo a todos! morte a Iberia!!!

  • Mauricio Gorodeski

    Gostaria da seguinte orientação: viajo dia 9/12/2012 (tem horario de verão no Brasil) a Tel Aviv pela British com conexão em Londres (terminal 5). Esse meu vôo sai de SP as 18,15hs e chega em Londres as 7,15hs da manhã do dia 10/12. Minha conexão, também com a British, sai as 8,15hs, uma hora depois de nossa chegada. Pergunto se da tempo de estar nesse meu outro vôo. Fico grato por qualquer dica que alguém possa me dar.

  • Alencar Guedes Sarai

    Voar British Airways fantastico fui para london que maravilha . foi meu primeiro voo estou sonhado ainda. nao consigo esquecer. londres e maravlhoso. vou voltar . pode me espera . nao vejo ha hora de voltar….

  • Ednéia

    Vou para Londres em julho e pelo que entendi posso levar apenas uma bagagem de mão, nas dimensões especificadas e mais uma bolsa ou notebook. É isso mesmo? Caso resolva despachar alguma bagagem tenho que pagar?

    • Denis Martins

      Não, você pode despachar as malas sim. No e-mail que a companhia deve constar o limite de peso

  • Ednéia

    Obrigada, Denis. Desculpe insistir, mas quando simulo a reserva vem a msg: "Os passageiros que viajem de e para aeroportos no Reino Unido podem levar 1 mala, com um tamanho máximo de 56 x 45 x 25 cm. Podem levar também um portátil, uma mala de mão ou uma pasta." Em momento algum há informação sobre a possililidade de despacho de bagagem inclusa no preço da passagem. Tentei entrar em contato com o SAC da empresa no Brasil, mas nas 5 tentativas fiquei esperando mais de 20 minutos cada contato sem retorno, apenas uma musiquinha de fundo que toca sem parar.

    • Denis Martins

      Nos voos saindo do Brasil, a lei obriga as empresas a oferecer uma franquia de no mínimo 20 kg: http://www2.anac.gov.br/dicasanac/pdf/novo/anac_p

      • Ednéia

        Muitíssimo obrigada! Agora comprarei a passagem com segurança.

        • Denis Martins

          Por nada! 🙂

  • Kamila

    Olá!! Estou pensando em voar pela BA para Dublin em dezembro. Porém fiquei em duvida no site pela bagagem.

    Está falando que pode somente UMA BAGAGEM e uma de mao!

    Voces sabem alguam coisa?

    Pq normalmente voos internacionais saindo do brasil sao 2 bagagens de 32kg!

    thanks

    • Denis Martins

      Sim, são 2 bagagens de 32 kg. Quem determina não é a companhia aérea, mas a legislação brasileira

  • Thai

    Quando você fez São Paulo/Londres e Londres/Nova York, foi remarcando um voo de conexão? Também vou para Nova York pela BA e queria passar uns dias em Londres!

    Você sabe como funciona esse negócio de remarcar o voo de conexão??

  • Livia

    Vou voar mês que vem e estou ansiosa demais

  • Fabio

    o voo saindo no horario exato aqui no Brasil vai com certeza chegar la no horario exato, com isso, dara tempo para sua conexao, caso ocorra um atraso, voce solicita alocacao para o proximo voo, é um direito seu.

  • Felipe

    O triplo 7 da BA tem a mesma idade dos 747! aproximadamente 10-12 anos, então não há maior modernidade.

  • Livia

    Alguém sabe se eles disponibilizam os fones de ouvido?

  • Alessandra

    Voamos pela Brithish em Julho/2012. Realmente a aeronave é muito boa. Praticamente sem turbulência nenhuma. A comida… Mais ou menos… Típica comida de avião… O espaço entre as poltronas bem pequeno. Havia uma comissária de bordo brasileira muito atenciosa e fez toda a diferença…

  • Mariana

    Pior companhia em questão de atendimento que já voei. As comissárias são tão grossas que sinceramente perdi totalmente o interesse em conhecer a Inglaterra. Tanto as equipes de voo quanto as de solo. E a conexão em Heathrow é um problema pois no aeroporto só aceitam euro ou dólar se for em notas, e te dão troco em libras. Se você quiser fazer um lanche, por exemplo, terá que ter trocado, ou terá libras encalhadas.

  • Amaranta

    Alg sabe informar pq o voo Rio-Londres deste domingo foi cancelado? por problemas na aeronave? Foi remarcado para hoje; fiquei muito apreensiva

  • Helder Guimaraes

    Prezados dia 29/09/2012 voei pela British Airways no trecho entre São Paulo/Londres. A aeronave era um 747.

    Sendo muito sincero, um dos piores voos da minha vida!

    Poltronas super apertadas e desconfotáveis.

    Depois deste voo, fiz um voo entre Londres e Budapest com uma empresa "low cost" – Wizzair – que utilizou um Airbus A319 e para minha surpresa o espaço e o conforto das poltronas, deixaram o glamour da British Airways no chinelo.

    Que pena!!! Durante muitos anos esperava voar pela British Airways e me decepcionei… Por mim, não viajo mais com eles. Se fôr à Londres prefiro viajar com outra companhia mesmo tendo que fazer conexão em outra cidade.

  • Nany

    Viajei pela Britsh, e espero nunca mais precisar usar essa companhia. meu destino foi Londres Sao Paulo! aproximadamente uma hora apos o jantar, o qual a comida era bastante apimentada, a ponto que precisava tomar agua para poder conseguir comer, comida essa que o passageiro do meu lado tb reclamou bastente…entao apos esse intervalo de tempo, comecei a ter fortes dores abdominais acompanhada de diareia…pensei que ia desmaiar dentro do banheiro, quando consegui sair do banheiro, pedi ajuda para um dos comisarios, me sentei ali proximo de uma das cozinhas, ele me trouxe um remedio..sem ao menos procurar um lugar para mim deitar, pois eu estava muito mal me segurando sentada e quase desfalecendo. fiquei da cor de um defunto, e nao vi nenhum deles se preocuparem como deveria ao estado o qual eu me encontrava.. n esquecendo que nao tenho qualquer problemas degestivo, pois como de tudo..sinceramente ficou a desejar…

  • Arthur Mezacasa

    Ótimo relato! Me senti indo pra Londres… Pena que não é tão acessível à nós brasileiros… Eu acho que uma viagem pra ser boa tem que começar nesta situação ainda quando se chega ao aeroporto, e, segundo os relatos que já li, Londres consegue apresentar exatamente isso ao visitante. Parabéns, já comecei adorar o site!

  • Camila Edwiges

    Olá tudo bem?

    Li alguns comentários acima a respeito de uma duvida parecida, será que alguém pode me ajudar? Estarei voando com a British de Londres para Paris, classe econômica. Sei que posso despachar uma bagagem de 23 kilos. A minha duvida fica por conta da bagagem de mão. No site fala que podemos levar bagagem de mão + bolsa de laptop ou pasta. A minha única duvdia é em relação ao peso da bagagem de mão. Alguém sabe quantos kilos posso levar na bagagem de mão? No site, eu entendi que são 23 kilos, assim como o valor permitido para a bagagem despachada, mas achei o valor alto comparado com o valor normal praticado pelas outras companhias aéreas. Alguem sabe sobre o peso permitido para bagagem de mão? Obrigada!

  • Anderson

    Voei na semana passada pela British de Londres para Barcelona. Experiência péssima:

    * Checkin pessimo – fizeram abrir as malas pra transferir 3 kg de uma mala para a outra pois uma estava com 3kg de excesso e a outra com 3kg a menos. Imagine ficar transferindo roupas na frente do balcao de checkin por causa de 3 kg. Ignorancia pura.
    * Poltronas velhas, couro rasgado e espaço estreito.
    * Tripulação displicente e com má vontade de atender.

    Enfim, parabéns a quem gostou. Nunca mais viajo com esta companhia.

  • Luiz Roberto Costa

    O comentário do Leonardo foi muito positivo demais, praticamente sem nenhum ponto negativo para uma vaigem de classe econômica de 11 horas de duração. Pois bem, vou dar minha opinião isenta a respeito dos dois voos que fizemos GRU-HTR em 15/09.2013 e HTR-GRU em 01/09/2013.
    Na ida, pegamos poltrona da janela e poltrona do meio de uma fileira de três assentos. Não foi uma experiência boa pois as poltronas não são muito confortáveis. Vale dizer que não mudamos o assento que foi indicado pela companhia aérea inicialmente. Outra coisa, é uma sacanagem cobrar pela marcação de assento antes do início do check-in, 24 horas antes. É uma forma de aumentar a receita do voo, sem oferecer, praticamente, nada adicional por esta facilidade. Marcar o assento antes da abertura do check-in é uma grande falácia e só serve para melhorar o faturamento da companhia, oferecendo uma vantagem de cunho meramente psicológico ao passageiro. Na volta eu mudei os assentos e demos sorte, eu e minha esposa de viajarmos com mais conforto. Pegamos duas poltronas de corredor e eu dei sorte de não ter ninguém ao meu lado e pude esticar as pernas com bastante conforto.
    Quanto ao serviço de bordo, ele não é melhor do que o serviço de bordo da Avianca, na ponte aérea SAO-RIO.
    No tocante aos comissários de voo. Comissários são seres humanos e os seres humanos têm dias melhores e piores. Na ida pegamos um comissariado mais masculino, que atendeu convenientemente. Na volta pegamos um comissariado mais feminino, muito simpático. Só uma das comissárias parecia não ter tido um bom descanso e estava um tanto quanto antipática. Aliás, comentei que com a maquiagem que ela estava e o corte de cabelo estava mais parecendo a mortícia do seriado os monstros.
    Quanto ao terminal 5 de Heathrow, realmente, ele é muito amplo e com instalações muito boas em relação a Guarulhos. Guarulhos tem um terminal e meio e Heathrow tem 5 terminais sendo que o 5 é de uso exclusivo da British Airways. É um terminal imenso e com todas as facilidades para se fazer compras de última hora e para fazer um lanche para quem estiver com fome. Só recomendo que, se quiser fazer compras chegue com três horas de antecedência para não ter estresse de fazer compras e pegar fila para pagar e precisar devolver as compras sem pagar. Aconteceu isto conosco e da próxima vez, se quisermos fazer compras vamos chegar com três horas de antecedência. Quanto à comida servida a bordo, na classe econômica, não se pode exigir coisa muito melhor. Quanto aos aviões utilizados, Boeing 747-400, eles são um pouco antigos, porém, bem conservados, com tudo funcionando. Só o sistema de som para os avisos da tripulação estava com um pouco de ruído. Sei lá, mas acho que com o tipo de avião utilizado pela British Airways, vai ser meio dificil melhorarem o conforto na classe econômica. Mas é como eu sempre digo, no capitalismo se as coisas não estiverem dando certo, ou muda ou morre. Quer dizer, se a British Airways está tendo sucesso com a forma que está trabalhando, dificilmente vai mudar, porém, se não tiver sucesso ou muda ou vai perder os clientes e vai morrer. Acho que antes de morrer ela tentaria mudar.
    Agora, um comentário sobre Londres. A cidade é fantástica, com um sistema de transporte de tirar o chapéu, uma educação do povo maravilhosa e uma experiência que recomendo a todos ter. Eu sou suspeito para falar de Londres porque sou um fã de carteirinha da cidade. Costumo dizer que Londres é uma cidade dentro de alguns parques. Se você juntar o Hyde Park, mais o Kensington Park e outros mais vai dar uns dez ibirapueras em pleno centro da cidade; é simplesmente fantástico.
    Fui a Londres umas 4 vezes e voltarei mais se puder.
    Abraços a todos e boa viagem.

  • Caroline

    Boa tarde, por favor, tire uma dúvida. Comprar diretamente pelo site da BA só pagando em dólar? Ou então através de agente de viagem( e é claro, com mais algumas taxas incluídas)?
    Desde já obrigada!
    Caroline

  • NUBIA

    Estou indo do Brasil para Barcelona, porem com escala em Londres, uma hora para conexão (seguirei com a mesma empresa)… alguém ja fez esse voo e pode me orientar sobre
    a – qual o terminal devo me dirigir?
    b – á orientaçao em portugues lá?
    c – alguma recomendaçao tendo em vista que nao falo ingles?

  • Antonio Marcos

    Já voei BA, em 2000, RJ/Londres, não tinha tela touch, mas o serviço oferecido é de longe o melhor desde aquele ano, que foi antes do 11/9… Muito boa Cia.

  • Anna

    Estarei voando pela 2 vez dia 24 de janeiro, sao paulo londres,Milao acabei de comprar a passagem por um exelente preço, 2.330,00 reais ida e volta

  • matheus mussa

    Olá meu nome é Matheus Mussa , sou do interior de Sao Paulo , mas Moro no Rio de Janeiro Atualmente , eu Já viagem com a British , foi ano passado 29 de Julho 2013 , fiz o trecho Rio- LHR , eu tenho um amigo que trabalha na Compahia , ele é comissário de bordo . ele me pos no Staff dele que é uma especie de lista de beneficiarios que recebem descontos e upgrades , eles me explicou como funciona , bem eu comprei uma passagem de economica , mas devido ao fato de ele ter me posto no staff dele fiz um upgrade para Classse Executiva ( Club World ) isso só é possivél se tiver lugares disponiveis na club world até o horário de check in , se na hora do check in , a classe executiva estiver toda ocupada , o upgrade será para Classe economica plus ( world plus) . bem . gostei muito das poltronas , e do entretenimento a bordo . o serviço de bordo também muito bom também . os comissarios bem simpaticos e solicitos . um hora e meia de para chegar Londres foi servido um bom café da manhã !!!! o pouso foi bem suave . o terminal é enorme !!! ah e a imigração foi o que eu esperava , tranquilo , pouca fila , fui uns dos primeiros a passar . bem tive uma ótima experiência com a British . estarei voltando em Londres em Agosto / 2014.

    • Fabiana

      Olá Mateus ou outro que puder me ajudar.
      Tenho uma dúvida: eu tenho que ir para Lyon (França) em outubro/2014 (fico por seis meses). Eu entrei no site da Mundi e encontrei passagens áreas ida e volta por cerca de R$ 1900 – mais barato e em reais.
      No site da British a mesma viagem sai por $ 409 – mais barato ainda, só que em dólares.
      Se eu comprar a passagem no site com meu cartão de crédito internacional, o que vou ter que pagar além da conversão do Dolar para o Real?
      Meu voucher será aceito normalmente no aeroporto?

  • Natália

    Voei de British Airways e não dei sorte… Peguei o trecho Londres-Paris contando com a famosa pontualidade britânica, pois eu tinha horário pra chegar em Paris. Conclusão: o voo saiu de Londres com 2 horas de atraso e me complicou demais. Porém, em termos de aeronave e serviço de bordo eu gostei muito da companhia, vai ver só não tive sorte mesmo…

  • Sheila

    Alguma informação sobre a Premium Economy da British Airways? O preço
    está uns 25% mais caro que a econômica. Será que vale a pena? Ou a diferença de vantagens não chega a compensar a mudança de tarifa?

  • livia

    nao seise vou com essa ou com a klm

  • RONALD WERNER PETER VON KOUH

    E UMA PESSIMA EMPRESA QUE NÃO RESPEITA O PASSAGEIRO MAL EDUCADOS E GROSSEIROS, SÃO IRRESPONSÁVEIS PERDEM BAGAGENS E NÃO PRESTAM NENHUNA ASSISTENCIA E PREFERIVER VOAR NA LUFHANSA, TAP OU A KLM, TALVES UM POUCO MAIS CARO MAS SEM TUMULTO OU COMPLICAÇÕES

  • Lívia Vigatto

    Comprei minhas passagens e do meu marido para Setembro pela British, vamos fazer Barcelona, Londres e Paris, todos os vôos pela British. O preço realmente não é muito barato mas pensando que ficarei 12 horas dentro de um avião, sempre levo em consideração a qualidade do serviço, prefiro pagar 300 reais mais caro e saber que vou ter uma viagem tranquila, espero ter feito a escolha certa e contagem regressiva para as férias 🙂

  • Gabriela Carolina

    Ola. queria saber se dá pra fazer stopover?

  • André França

    Voei com eles do Qatar para o Bahrain, uma ponte aérea de 20 minutos, a aeronave era um 777 que iria seguir pra Londres, apenas 70 reais na época, com direito a uma mala de 23 KG, como foi um vapt vupt, achei super em conta, e muito profissionais, porém nada demais! e a tripulação era 8 ou 80… ou muito simpáticos ou super grosseiros.

  • Felipe

    Vou em dezembro. Vale a pena pagar 51 dolares pela fileira do final com 2 lugares só? Vou com minha noiva.

    • André França

      se for aeronave 777, vale!

  • CA

    As aeromoças falam apenas inglês durante o voo?

    • André França

      nos voos que fiz com eles, sim, apenas ingles, uma ou outra arranhava um espanhol.

      • CA

        Valeu!

  • Rosane Marendino

    Esse relato não corresponde em nada à minha experiência. Escolhi a British confiante em algumas avaliações positivas que li em sites de viagens (inclusive aqui). Porém, me decepcionei extremamente e NUNCA MAIS escolho essa companhia aérea. Assentos desconfortáveis, um calor imenso nas fileiras do meio (ar condicionado SEM FUNCIONAR a viagem inteira!!!!), atendimento grosseiro dos comissários de bordo. Refeições péssimas. Entretenimento com apenas quatro filmes com legenda em português. Foi, disparadamente, a PIOR companhia com a qual já viajei. Para completar, o lugar ao meu lado estava vago (o que me deixou feliz quando vi o desconforto dos assentos), mas minha alegria durou pouco. A comissária de bordo, sem sequer perguntar-me nada, colocou uma passageira ao meu lado. E eu tinha pago para reservar assento antes (50 euros!!!!!) exatamente para evitar isso. Essa pessoa que foi ao meu lado, caía em sono profundo e eu não conseguia solicitar a ela que se levantasse para eu usar o banheiro. Um drama viajar assim…Muito ruim mesmo!!!! Não recomendo jamais a British. Fiquem atentos na hora de escolhê-la. Meu voo saiu do Rio de Janeiro para Londres no dia 15 de setembro de 2016.

    • André França

      voce ja foi pra europa coma a Iberia? se for, boa sorte….

  • João

    Oi Susana, qual a sua dúvida? Se vale a pena cacifar a diferença?

  • Cibele Molina

    qual o endereço da British em Sao Paulo?
    luiz ricardo