Como é voar na Bangkok Airways, a “companhia boutique” da Tailândia

Denis Carvalho 8 · maio · 2013

Um dos segmentos de maior sucesso aqui no Melhores Destinos, as avaliações companhias aéreas nos oferecem a oportunidade única de conhecer e experimentar, ainda que virtualmente, os serviços de dezenas de companhias aéreas mundo a fora. Ao todo, já são quase 70 e hoje trazemos mais uma para a coleção: a Bangkok Airways, que se define a “companhia aérea boutique da Ásia”. Nosso leitor Leonardo Cassol voou e aprovou os serviços da companhia, que cobre 20 destinos na Tailândia e em países próximos, como Camboja, China, Laos, Maldivas, Índia e Cingapura. Acompanhe como foi sua experiência com a companhia boutique que tem alguns dos aviões mais coloridos do mundo! 

 Bangkok-airways

Terminei há um tempo uma viagem à Tailândia e pude viajar com algumas empresas aéreas locais. A primeira coisa que constatei foi que na Tailândia a concorrência ente as cias aéreas ainda ocorre pela diferenciação. As empresas ainda oferecem lanches fartos e mimos aos clientes, buscando agradar em cada detalhe. O maior exemplo é a Bangkok Air, que se autodenomina uma empresa aérea boutique, com serviço diferenciado (o que, de fato, é verdade).

Check-in

Os aeroportos de Krabi e Samui são muito pequenos e contam com poucas posições de check-in. Nesse sentido, o check-in tinha uma fila razoável, mas nada que excedesse 15 minutos. Infelizmente a empresa não permite marcar assentos com antecedência, mas mesmo assim consegui uma janela, conforme minha solicitação.

 O embarque

Aqui o grande diferencial da Bangkok Airways. Tanto em Krabi quanto em Kok Samui a empresa conta com um serviço de bebidas e petiscos gratuitos para todos os seus passageiros no embarque, o Courtesy Corner.

foto 3

Em Kok Samui esse serviço era mais estruturado, com oferta de sanduíches, café, refrigerantes, sucos, torradas e pipoca. Em Krabi não havia sanduíches, mas todo o resto.

foto 4

Ressalto que isso não era uma sala VIP ou algo restrito aos clientes com status mais alto no programa de fidelidade. Era um buffet aberto a todos que tivessem cartão de embarque da empresa. Isso me fez lembrar os tempos da Varig, que já teve um serviço desse tipo na ponte aérea, muitos anos atrás.

1
 

Aeronaves

Fiz dois voos domésticos pela Bangkok Air. O primeiro de Krabi para Koh Samui (operado por um ATR-72) e o segundo de Koh Samui para Bangkok (operado por um Airbus A319), ambos configurados em classe única. A configuração das aeronaves segue o padrão internacional, sendo 2-2 no ATR e 3-3 no Airbus. O detalhe é que cada aeronave é pintada de uma maneira diferente na Bangkok Airwais, algumas delas com pinturas bem coloridas. As aeronaves não contam com nemhum sistema de entretenimento a bordo.

foto 5
 

A Bordo

Mais uma vez me impressionou a agilidade e competência dos comissários para servir de maneira simpática e atenciosa todos os passageiros. Serviram um lanche com comida fria, pão, manteiga e geleia, suco e água e depois café e chá.

foto 2

Foram fornecidas refeições especiais para quem havia reservado previamente (os voos tiveram duração de 40 e 50 minutos respectivamente). Lanche gostoso. Muito bom!!

4
 

Serviço e desembarque

O voo decolou e pousou pontualmente. As bagagens foram entregues com agilidade. No desembarque, uma surpresa. Alguns carrinhos personalizados e muito charmosos foram nos tirar da aeronave, o que é um padrão na Bangkok Airways. Muito original e interessante. Todos os passageiros ficaram surpresos e interessados em tirar fotos.

 

3
 

Programa de fidelidade

Infelizmente a Bangkok Airways não é membro de nenhuma aliança global, mas possui seu próprio programa de fidelidade, o Flyer Bonus. Isso acaba não sendo interessante para a maioria dos brasileiros com foco em viagens de turismo.

 

Considerações finais

A Bangkok Airways tem uma ótima malha aérea dentro da Tailândia, além de oferecer um serviço eficiente e diferenciado em trajetos curtos. Recomendo!

800px-Bangkok_Airways_ATR72

Agradecemos ao Leonardo por mais esta ótima avaliação, que ao lado do flight report da Thai Airways será essencial para os leitores que planejam uma viagem à Tailândia e países próximos. E você? Já voou pela companhia? Deixe suas impressões nos comentários!  Se você fez ou vai fazer uma viagem com alguma empresa aérea que ainda não foi avaliada aqui no Melhores Destinos ficaremos felizes em publicar sua avaliação: entre em contato pelo e-mail dicas@melhoresdestinos.com.br Você pode conferir todas as avaliações publicadas pelo MD neste postNão esqueça de dar uma passadinha no nosso Guia de Companhias Aéreas, onde você pode avaliar as empresas e ler as opiniões dos demais leitores.

 

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Leonardo Couto

    voei com eles em jan/11 BKK-REP-BKK e também tive esse excelente atendimento. Como é ruim voar com as nossas empresas nacionais.

  • Marcelo Risoli

    Também voei BKK-USM no início deste ano, o atendimento é bom e é claramente melhor que pegar uma lowcost, mas não é nada de especial e os valores das passagens são muito altos já que eles tem monopólio em várias rotas. O aeroporto de Samui é deles!

  • Alexandre Hollweg

    Prezados,

    Estou querendo conhecer a Tailandia.

    Qual a época em que encontro passagens mais em conta ? Indicação de alguma companhia com bom custo/beneficio ?

  • Carlos

    As cias aéreas brasileiras não têm nenhuma comparação como a Bangkok Airways.Pq a TAM sempre só tem o pequino lanche quente,a GOL só ofrece o embalagem de biscoito,e a Azul sempre serve as lanches mesmas.

  • Leonardo Pereira Cas

    A United tem bons preços. Caso você tenha visto americano, vale a pena. A melhor época para ir é em fevereiro e março.

    • Vinicius Garcia da S

      Leonardo,

      Seria deselegante da minha parte perguntar quanto gastou nos trechos citados? (em reais)

      Ótimo relato!!

  • Rodrigo Ramos Margon

    Ótimo relato, mas faltou mencionar os preços e os comparar com os de outras companhias que faziam as mesmas rotas.

    Seriam ¨mimos¨ mesmo ou paga-se caro por isto?;)

  • David Barbosa de Oli

    380

  • Leonardo Pereira Cas

    Obrigado. Sem problemas. Paguei US$ 1.800 no bilhete para a Tailandia, via Singapura, pela Singapore Airlines, mas porque queria fazer o upgrade pela Executiva. Pela United os preços giram em torno de US$ 1.650. Já encontrei por US$ 1.500. É uma viagem longa… Nos trechos internos paguei US$ 90 USD em US$ 120 em outro. Ou seja, mais barato que trechos internos no Brasil

  • Dilglay Marcelo Dami

    Boa Tarde ano passado eu tive a oportunidade de voar de bangkok a puket o pessoal de bordo foram muito atenciosos conosco avião muito espaçoso e cordialidade voto 7,5