Governo sobe IOF para compra de dólar em espécie para 1,1%. A medida vale a partir de amanhã!

Leonardo Cassol 2 · maio · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Má notícia para os viajantes! O governo federal elevou de 0,38% para 1,1% a alíquota do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) cobrado na aquisição de moeda estrangeira. A partir de amanhã, quem comprar dólar, euro ou outras moedas estrangeiras em espécie nos bancos ou casas de câmbio terá que pagar mais imposto A medida foi tomada por meio de um decreto presidencial publicado hoje no Diário Oficial da União. Segundo o Ministério da Fazenda, a expectativa de aumento anual da arrecadação com a medida é de R$ 2,37 bilhões.

Como dissemos, é mais um gasto para os viajantes, que tinham, até então, a compra de moeda estrangeira em espécie como a opção com menor imposto.

dolar

Claro que não é o fim dos tempos, pois a nova alíquota é de 1,1%. Ainda assim, isso representa quase 3 vezes mais imposto do que se pagava até aqui.

De acordo com o site G1, o aumento do IOF para compra de dólar em espécie acontece em um momento de forte queda de gastos de brasileiros no exterior – consequência da recessão na economia brasileira, que eleva o desemprego e diminui a renda dos trabalhadores – e também da alta do dólar, que encarece esses gastos lá fora.

Alguém pensando em comprar dólar hoje para escapar dessa “novidade”?

Autor

Leonardo Cassol - Editor Economista, apaixonado por viagens, aviação e milhas! Especialista em programas de fidelidade do Melhores Destinos