Apple inaugura nova loja no Aeroporto de Guarulhos e vende iPhone quase R$ 1.000 mais barato

Leonardo Cassol 17 · agosto · 2015

Quem for viajar para o exterior, passando pelo Aeroporto de Guarulhos, pode conferir a novíssima loja de produtos da Apple, inaugurada no último dia 15/08 na área do free shop do Terminal 3, que é exclusivo para voos internacionais

O que é ainda mais interessante são os preços praticados pela nova loja, que são bem próximos dos praticados pelas Apple Stores nos Estados Unidos. O iPhone 6 com 16 GB de memória, por exemplo, é vendido no exterior por 649 dólares a versão desbloqueada (com o imposto cobrado em Nova Iorque, por exemplo, sairia com preço final de US$ 706), e por 735 dólares no free shop da Apple em Guarulhos (cerca de R$ 2.560). Bem mais em conta quando comparado ao preço cobrado pelas lojas da Apple no Shopping Morumbi, em São Paulo, ou no Village Mall, no Rio de Janeiro, onde o mesmo aparelho sai por R$ 3.449, quase R$ 1.000 mais caro.
apple-store-GRU

O aparelho vendido em Guarulhos é certificado pela Anatel e considerado um item de uso pessoal, não estando, segundo a loja, sujeito à taxação da alfândega para compras no exterior. Veja aqui mais informações sobre os procedimentos da alfândega.

Os demais produtos comercializados pela Apple, como tablets, Macbooks, AppleTV entre outros também podem ser encontrados na loja, com preços bem mais em conta que no varejo nacional.
AppleStore-GRU

Sem dúvida é uma boa notícia para os viajantes interessados nos produtos da maçã, especialmente para aqueles que não tem os Estados Unidos como destino.

Com informações da Revista Veja São Paulo.

E você, o que achou da notícia? Pretende dar uma passadinha por lá para conferir as novidades?

Autor

Leonardo Cassol - Editor Editor e especialista em programas de fidelização do Melhores Destinos.
  • Eduardo Scoz

    e a grande vantagem no meu ponto de vista é comprar pelo cartao de credito em reais e se bobear pagar parcelado!

    • Fernando

      Em 10 x!

      • William Antunes

        Confirma essa informação ?

        • Fernando

          Sim, é pelo Mastercard, usei mês passado. Não para comprar iPhone, mas outras coisas, não vejo porque não aceitarem. Pelo Visa acho que é 6x. Abraços.

        • Edgard Souza Junior

          sim falei no chat com a atendente, ela falou no mastercard em 10x e nos outros 4x

    • sigma7777777

      O problema é não saber em quanto estará a cotação do dólar no futuro fechamento da fatura.

      • Eduardo Scoz

        neste caso quando é comprado no duty do Brasil o dolar é o do dia (normalmente algo próximo do turismo) que a loja informa e no cartao de credito ja vem em reais e nao dolares

      • Marcio K.

        Sempre que vou ao Duty Free eu passo em dolares mesmo, a cotação do banco + iof normalmente compensa mais que a cotação de lá.

      • Fabio Monteiro de Almeida

        Basta ligar no cartão e mandar fechar a fatura no mesmo dia em que a compra “aparecer”

    • João Henrique

      do jeito que o dólar tá .. você no final vai pagar o mesmo que aqui … até o final do ano o dólar bate 4 reais.

      • Fernando

        #xopessimismo

      • Caio Pimpinato

        Amigo se o produto vendido no Brasil é importado, então se o dolar subir o preço irá aumentar. E o produto em questão não é fabricado no país, pense bem.

        • Marcio K.

          O 6 não sei, mas os outros modelos são fabricados no brasil sim, mesmo sendo com peças importadas, gera milhares de empregos na linha de montagem, então se for pra pagar o mesmo, melhor pagar aqui.

          • Charles Barros

            O iPhone 6 vendido no Free Shop é importado. Não é permitida a venda de eletrônicos produzidos no Brasil em lojas francas.

        • João Henrique

          Eu sei amigo, na verdade até mesmo os produtos fabricados aqui são afetados violentamente.. Brasil só sabe cata algodão e café.. não sabe fazer um diodo. De qualquer forma, estamos fodidos … ainda mais porque o brasileiro é um otário e tem que cobrar mais caro, pra pagar de “fodão”

  • Junior

    da para parcelar no duty free?????????

  • Melina

    Olá, gostaria de saber se esta loja da Apple está somente no embarque internacional ou se há também uma loja no embarque internacional.
    Obrigada
    Melina.

  • Melina

    *se há também uma loja no desembarque internacional, ou seja, se posso comprar meu iphone na chegada no Brasil.

    • Lia

      Só embarque!! Desembarquei ontem no internacional e não tem o iPhone lá.. Segundo o funcionário justamente pela cota de $500 que temos ao desembarcar.

  • Hermann HTG

    Estou apenas preocupado com a informação prestada pela funcionária da própria DUFRY, Daniela Amaral, sobre a isenção do produto no retorno ao Brasil…

    Para pensar: se isso realmente fosse ‘verdade”, porque o produto não é oferecido na VOLTA do exterior?

    Verifique, INCLUSIVE, o que diz a PRÓPRIA RECEITA FEDERAL em sua página:
    “Bens adquiridos nas lojas francas do Brasil, no momento da partida do viajante para o exterior, nas lojas duty free no exterior e os adquiridos em lojas, catálogos e exposições duty free dentro de ônibus, aeronaves ou embarcações de viagem têm o mesmo tratamento de outros bens adquiridos no exterior” (http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/aduaneira/viagens-internacionais/viajantes/compras-em-loja-franca-duty-free-shop).

    Qualquer um consegue comprar aparelhos certificados pela Anatel no exterior, e nem por isso eles são “isentos”. São situações TOTALMENTE diferentes. A certificação ANATEL é um procedimento “buRRocrático”, a isenção de imposto é outra coisa.

    Portanto, é COMPLETAMENTE FALSA a afirmação da isenção de imposto prestada pela funcionária da DUFRY, publicada na Veja e replicada nesta matéria.

    Lamentavelmente, é falsa a afirmação. 🙁

    • Bruno

      Concordo. A reportagem dá a entender que um Macbook não será taxado. Ou um iPad. Só o iPhone estará isento, isso se for seu único celular. Acredito ser fundamental deixar isso claro, tanto pela revista quanto pelo site melhores destinos.

    • Fillipe

      Nada disso!

      A informação de isenção não é geral nem para todos os itens. Apenas para telefones celulares (neste caso), como o iPhone.

      Basta vc levar o seu chip e comprá-lo na ida. Use-o normalmente e nada acontecerá (taxação) na volta, igual lá no exterior, pois é um item de uso pessoal, como 1 relógio, 1 máquina fotográfica, etc.

  • Fernando

    Pelo que entendi não é uma loja da “Apple”, as “Apple Store”. Mas um espaço da Dufry que vai ter apenas produtos da Apple. É um pouco diferente, pois há alguns serviços que apenas encontramos nas lojas próprias.

    • Thiago Castro

      É um local de passagem, a idéia não é oferecer serviços e sim produtos.

    • Vinícius Brito

      Me parece uma daqueles manchetes que chamam clicks, mas que não correspondem com a verdade. A Apple não abriu loja nenhuma. Inclusive a imagem da matéria mostra CLARAMENTE Duty Free Dufry como nome da loja.

      • Fernando

        Exatametente, foi isso que eu estava questionando.

        • Vinícius Brito

          Essa loja tem autorização para vender produtos Apple. Em nenhuma momento a Apple abriu loja nenhuma Os funcionários não são da Apple, a nota fiscal da loja não é da Apple e, o principal, a Apple NÃO reconhece essa loja como uma loja Apple. Em caso de dúvida entre aqui: http://www.apple.com/br/retail/

        • Vinícius Brito

          Agora, de surpresa, o Duty Free Dufry de lá — localizado também no Terminal 3 — ganhou hoje (15/8) uma espécie de Apple shop, isto é, uma “store-in-store” que segue um padrão definido da Apple um pouco diferente das suas Retail Stores. Vemos espaços assim dentro de Fast Shops, aqui no Brasil, e em Best Buys, lá fora — só para citar dois exemplos.

          Visto no MacMagazine.

    • Lia

      Não tem nada a ver com Apple Store, é simplesmente um espaço dentro do Dufry com produtos Apple, a venda é da Dufry! A informação desde o início está distorcida mesmo..

  • Luiz Alberto

    Só de não pagar o IOF que seria de 45 dolares no exemplo dado, já é uma vantagem!

    • Charles Barros

      A cotação do dólar utilizado nas lojas Duty Free para pagamento em Reais é maior que os 6,38%, algo em torno de 8,5%, logo a vantagem de não pagar IOF inexiste. Única vantagem de comprar em Reais é parcelar a compra.

      • Thiago Castro

        E já saber qual a cotação utilizada. Se comprar em dólares vc utiliza a cotação do dia do pagamento da fatura.

      • Helio

        Por outro lado, você na paga o Sales Tax dos EUA, que fica em torno de 6~7% do valor do produto…

  • thomazinho

    ta valendo a pena pegar uma promoçao pra buenos aires só pra poder comprar ahha de quebra ainda leva um fds passeando la nesses mil reais

    • Bruno

      Acredito que os vôos para a América do Sul não passem pelo Terminal 3 do aeroporto, mas pelo terminal 1… ou seja, nada feito.

  • Marcio Correa

    Quem embarca no terminal 1 tem acesso ao terminal 3?

  • Luiz Alberto

    Se alguém souber quanto está o Iphone 6 64gb lá, avisa pra gente!

    • Fernando

      US$ 839.

      • Luiz Alberto

        Valeu, Fernando. Estou olhando aqui no site e tem outra informação relevante: “Apenas para lojas de embarque”, não sei se estão falando do preço ou do produto.

    • André

      Vou passar lá na 5a-feira e informo aqui… Tomara que não seja algo temporário ou apenas pra fazer estardalhaço em cima de inauguração, como fez a FNAC. Só de passar na frente da loja, me dá repulsa.

      • Luiz Alberto

        Eu passarei lá no sábado!

      • Diogo Dornellas

        Fnhac do aero é cara e péssima, me arrependi de ter deixado dinheiro naquele lixo

  • João Neve

    Não ficou claro se a loja, que não é uma Apple Store, é no embarque ou no desembarque. Pela foto me parece ser no embarque.
    Mas vocês tem certeza dessa informação de que um Macbook p. ex. não entra na cota dos U$500 na volta para o Brasil??

  • Guilhe

    Não sou chegado em produtos da Apple mas é uma boa oportunidade para quem gosta e quem sabe outros fabricantes e lojas sigam o mesmo caminho oferecendo melhores preços do que é praticado hoje.

  • Melina, de acordo com a reportagem, apenas no embarque.

  • Não tem, infelizmente.

    • Jennifer Fernandes

      Desculpe a minha ignorância rs, mas como saber em qual terminal será meu embarque? Estou olhando a reserva e não aparece essa informação. Tenho que ligar na companhia aérea será?

      • Bandeira

        Qual a companhia, número do voo, destino?

      • Zamblota

        Tou com essa duvida tambem…

      • Fernando

        Qual a companhia, Jennifer? Pela companhia dá para saber.

        • Frederico

          Gol?

      • Charles Barros

        Os voos internacionais da Gol saem do T1. Não há operação da Gol no T3.

    • Frederico

      Tem como saber qual terminal vou embarcar com antecedência ou só no dia vôo? Se eu reservar pelo site, não consigo pegar em qualquer terminal não, será?

  • Fernando

    Quer dizer que esse preço não é válido para outras lojas Dufry que não estão no embarque de aeroporto internacional. Abcs.

  • Hermann, sem entrar nessa polêmica, a própria Receita informa que o celular é considerado um item pessoal e não entra na cota de US$ 500, desde que seja caraterizado como tal (aberto da caixa, com chip, por exemplo). Creio que seja nisso que a funcionária da loja e a Veja se pautaram para escrever a matéria. http://infograficos.estadao.com.br/public/economia/bagagens-alfandega/

    • Helio

      Mas para isso, então seria aconselhavel não viajar com o celular que já tem, ir só com o chip, e colocar o chip no aeroporto mesmo.

      Desconfio que se voltar com dois celulares, sendo um novinho (mesmo com a caixa aberta…), a Receita possa encrencar e exigir o pagamento do imposto.

      • Márcio

        Celular é item pessoal, e não entra na cota de US$ 500. A legislação é bem clara em relação a isso. O que pode ser taxado são os outros produtos da Apple, tais como os notebooks.

        • Helio

          Um celular OK, mas dois… o fiscal pode eventualmente encrencar, principalmente se um deles não possuir chip brasileiro ou estiver sem chip.

      • Eveline Gomes

        Helio, é isso mesmo. Só é considerado item de uso pessoal se você tiver apenas 1. Se voltar com dois celulares um deles será taxado. Isso está bem claro no próprio site da receita. Ano passado comprei o meu lá nos Estados Unidos mesmo mas levei somente o meu chip do Brasil…. Na volta, antes de mesmo de desembarcar eu já havia colocado o chip daqui e realizado as configurações…. sem contar que usei durante toda a viagem também.

    • Hermann HTG

      A funcionária da DUFRY afirmar simplesmente que “é ANATEL não entra na cota” é um engano, e PODE causar um stress na volta.
      Concordo com o Helio: vai viajar e comprar um celular? Não leve o seu. Se voltar com dois a receita já disse que fará a tributação de um deles, e sempre o que for mais “caro”.

      • Célia Amaral

        Hermann, as informações não confere, você pode entrar com um celular como uso PESSOAL, não interessa a marca, modelo etc…O que importa nesse momento para não ser taxado é vc TER APENAS um celular e ponto!
        É por isso que quem pretende voltar com um Iphone, sem ser taxado, nunca viaja com celular bom, ou seja, o celular velho sempre é descartado na viagem

        Outra coisa, uso pessoal não entra na cota, eu posso estar com 1,2,3ou 4 relógios , bolsas ,óculos … se é uso pessoal, não entra na cota, se usamos um para noite, outro com a roupa x ou y e é uso pessoal, não é taxado

    • Para entrar na cota de bem de uso pessoal o aparelho deve ser válido para uso na viagem.

  • Charles Barros

    Leo Cassol, escreveu uma bobagenzinha que deve ser desconsiderada:
    “O aparelho vendido em Guarulhos é certificado pela Anatel e considerado
    um aparelho nacional, não estando, portanto, sujeito à taxação da
    alfândega ou à cota de US$ 500 para compras no exterior.” A certificação nunca classificou um aparelho como nacional, pois para ser considerado nacional o aparelho deve ser no mínimo montado no Brasil, o que não é o caso dos aparelhos comercializados no Duty Free – todos são importados. Sim! Muitos aparelhos produzidos fora do Brasil têm homologação da Anatel. Só para finalizar – não é permitida venda de eletrônicos produzidos no Brasil em Free Shops brasileiros.

    • Charles, corrigimos o texto. Obrigado!

      • Thiago Silvério

        De todo jeito, se um fiscal da Receita vê a marca da Anatel, nem encana com você (isso no caso do iPhone, no do Macbook não).

  • Leandro Alves

    So nao entra celular e fora da caixa como iten pessoal, qualquer micro, entra na cota, inclusive camera go pro que eh considerada filmadora.

  • Alex Grisa

    Não tem cadastro na avianca programa amigo e quer começar ganhando 500 milhas? é só me falar que mando o convite!

  • Luiz Alberto

    No desembarque não.

  • Luiz Alberto

    Acredito que não! Somente para embarque!

  • Rodrigo M. Lima

    Promoção da Avianca
    Que tal ganhar 50.000 milhas sem gastar nada ?
    me mande um email que lhe convido.
    sulbrasilrodrigo@uol.com.br

  • Hermann HTG

    Há uma loja da DUFRY no desembarque, mas os produtos vendidos no desembarque estão limitados ao valor (unitário ou total) de US$ 500, conforme determinação da Receita Federal.

  • Hermann HTG

    A DUFRY tem sempre promoções na loja do DESEMBARQUE. Geralmente é uma promoção com uma determinada bandeira de cartão e a quantidade de parcelas varia em função do valor da compra.
    Na loja do embarque eu não sei se a promoção é válida.

    • Fernando

      10 x. Comprei tem menos de um mês algo lá e deu para parcelar em até 10 x.

      • Marcelo Reis

        da para parcelar em 10X no mastercard! em outras bandeiras tem outras faixas

  • Mendonça Júnior

    Quem tem o cartão Dufry Mastercard do Santander tem 10% de desconto nas lojas Duty Free e ainda pode parcelar as compras em 10x.
    Maravilha!

  • Leandro Silva

    Há uma loja no desembarque mas essa com produtos da Apple só no embarque.

  • sigma7777777

    Ou então para outros destinos na América do Sul. Agora quero saber é quando o futuro iPhone 6S estará disponível nesse free shop.

  • Tarcísio Medeiros

    É uma pena que seja só da Apple. Se fosse outros produtos poderia aproveitar que irei pro Chile em setembro pra comprar…

    • sigma7777777

      O voo para o Chile sairá do Terminal 3? Qual cia?

      • Tiago Dantas

        TAM e LAN usam o terminal 2 para a América do Sul. De lá é possível ir para o 3 internamente.

      • Tiago Dantas

        Voos TAM/LAN para a América do Sul saem do T2. De lá é possível ir para o T3.

        • felipe

          Desculpa amigo, mas voos tam pra qualquer parte saem do t3. Pode ser, devido ao horário, que seja necessário fazer embarque remoto ao lado do t2. Porém check in e polícia federal são feitos tudo no t3. Logo a passagem por essa “loja da apple”, pra quem voa Tam, será obrigatória.

          No caso do amigo que voará para Santiago ele tem 3 opções. Gol no t1, Sky airlines no t2 e Tam no t3.

  • Guilherme Linux

    E ainda tem gente que lê revista Veja.

  • Fernando

    Você está certo. A informação está equivocada. Mas, na prática, fique tranquilo, muito dificilmente você será cobrado, se ficar caracterizado item usado com pessoal. Na caixa, não vale.

    • sigma7777777

      Isso é lenda urbana.

      • Thiago Castro

        Muito lenda urbana mesmo. Os itens liberados são: 1 relógio, 1 celular e 1 máquina fotográfica. O resto poderá ser taxado!

        • Célia Amaral

          Thiago, Em outubro de 2010, a Alfândega da Receita Federal amenizou as regras de declaração de bagagem acompanhada passando a isentar celulares, câmeras digitais e leitores de livros eletrônicos, da cota máxima de US$ 500 para compras em viagens internacionais aéreas. Mas a isenção se aplica somente para um item, de uso pessoal, por viajante. “Se você levar seu celular ou smartphone na viagem e comprar outro aparelho lá fora, a isenção vale somente para o aparelho mais antigo. O novo entra na cota”, alerta André Gonçalves Martins, auditor responsável pelo Serviço de Fonte:http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/06/vai-trazer-eletronico-do-exterior-fuja-das-pegadinhas-na-alfandega.html

  • Alexandre

    Essa loja não é da Apple. Chamada da matéria está errada.

  • Ana Carolina

    Bom dia, alguém sabe se na loja ainda tem os aparelhos antigos como iphone 5S ?? E se tiver o valor que está lá?

  • loociano

    Antes de ter este “espaço Apple”, a Dufry já vendia iPhones e iPads nas lojas do embarque. A diferença é que os preços eram maiores que estes informados (que continuam altos para uma loja “sem impostos”). Quanto a voltar depois ao Brasil com o telefone… independente de ter o selo da anatel ou não, a legislação trata de 1 unidade de telefone usado. Se a pessoa tem 2 (o velho e o “novo”), o fiscal da receita pode tributar um deles. Quanto aos Macbooks… até outro dia, se vc vinha com um Mac com selo da Anatel os fiscais não ligavam e não tributavam, pois entendia-se que foram comprados no Brasil, mas isso é uma exceção, pois a norma é exigir nota fiscal (ou a DARF do imposto de importação). Na teoria, as lojas da Dufry deveriam dar NF no embarque também, porém como não há recolhimento dos impostos (IPI, ICMS, PIS-COFINS) não sei como seria a interpretação do fiscal quanto ao bem adquirido na loja do Dutyfree no momento da sua volta ao país.

  • Charles Barros

    As compras no Free Shop são limitadas a US$500 e não existe MacBook deste preço.

    • João Neves

      Evidentemente que existem itens com valores superiores a U$500 a venda no free shop, “estourando” a cota. Desse modo, se eu comprar um macbook de U$1200 não há problema algum.
      Mas me parece que ele entraria na cota de U$ 500 da Dilma na volta ao Bra$il.

  • Marcelo Guimarães

    O que que essa sua mensagem tem a ver com a reportagem? :O

    • Guilherme Linux

      “Com informações da Revista Veja São Paulo. “

  • sigma7777777

    Dentre as cias nacionais apenas a Tam opera no Terminal 3? Essa é a informação que consta no site do aeroporto.

    • felipe

      Nacionais sim. Porém você acessa o t3 de qualquer outro terminal. A caminhada é boa, mas acessa.

  • Jennifer Fernandes

    Oi pessoal é um vôo da American Airlines, GRU/LAX vôo nº 216

    • Charles Barros

      Todos os voos da AA saem do T3.

      • Jennifer Fernandes

        Obaaa, muitíssimo obrigada pela ajuda 😉

  • Marcelo Guimarães

    E daí? Quer dizer que foi uma má informação? Ou que a revista prestou algum tipo de desinformação? Espanta-me é alguém fazer um pré-conceito e querer repudiar tudo o que vem de uma determinada fonte, só por ela ter um viés político declarado, como se nada do que postasse fosse real, fosse interessante ou de alguma valia.

  • Dany Guimarães

    E ainda tem gente que tem a cara de pau de criticar a Veja. De certo, deve ser defensor de corruPTos.

  • Rafael

    É com informações da revista veja

  • Sem querer ser chato, mas o título dar a entender que é a Apple que está inaugurando a loja… Cliquei afoito pra ler a matéria e notei o equívoco.

  • Cilla Noronha

    Não tem nem o iPhone 5c que é mais barato??

    • Fernando

      O preço do 5C lá e cá e praticamente o mesmo, daí que eu acho que não tem.

    • Lia

      Não Cilla, não tem nenhum celular no desembarque! =

  • Charles Barros

    Pode ter sim, mas a Apple não costuma oferecer modelos anteriores neste tipo de espaço.

  • Charles Barros

    Exato! No exemplo que deu, US$1200, pagaria imposto sobre os US$700 excedentes.

  • Tiago Dantas

    Acho que você está equivocado. Eu fui de TAM para o Peru no ano passado e fiz tudo no T2. A não ser que mudou de lá para cá. Informaram que América do Sul é T2 e o resto é T3.

    • Felipe

      No inicio diz que estou equivocado. Depois se arrepende e diz que “a nao ser que mudou de la pra ca”.

      Portanto, elementar companheiro! Aaaaaaano passado era assim. Voei para mvd agora nao faz nem duas semanas. ida pelo portao 37, volta estacionamos na remota e o onibus nos deixou direto no t3.
      Nao existe nem cheiro de tam internacional no t2.

      É importante ter a certeza do que se fala nos coments para nao gerar mais duvidas. Ou entao coloca na linha do tempo. “aaaano passado quando fui estava assim”.

      Aproveitando o ensejo, façam suas compras e passem na fé. Na maior parte do tempo os fiscais nem
      la vao estar, ja voltei de orlando no voo diurno da tam e estava tudo apagado. Uma obs especial para o dutty free do desembarque no t3. É animal, a passagem por ele é obrigatória e existem poucos como ele no mundo.

  • Carlos Gomes

    Se é no embarque vale a pena planejar a compra antecipadamente e não levar um celular, visto que um aparelho por viajante não entrará na cota quando passar na fiscalização, senão vai ter que pagar imposto na volta.

  • Ricardo rangel

    Sera que a loja aceita reserva como outros dutyfree?? Pois poderia reservar e pegar no dutyfree do desembarque

  • Andre

    No site do duty free brasil ja consta o aparelho, porem apenas no embarque. Acho que vale a pena.

  • Fabricio

    Então dá pra comprar o iPhone com a cota de 500 usd do duty free? Lembrando que é uma OUTRA cota, além dos 500 usd de qualquer viagem internacional…
    Aí, no caso do iPhone 6, só pagaria imposto sobre 200 usd (700-500)?
    Se for assim, dá pra levar 2 iPhones: Um de uso pessoal e outro da cota do duty free. E sem comprometer a cota da viagem…

    • Charles Barros

      Quem traz 2 aparelhos, normalmente paga imposto pelos 2. Raramente o fiscal vai “entender” que 1 é de uso pessoal e o outro para presente. Se tem intenção de comprar iPhone, nunca leve nenhum outro celular nem na bolsa(o) nem na mala. Mesmo que tenha usado o iPhone que comprou lá fora ou na loja de embarque e também estiver o aparelho velho, certamente será taxado.

  • Tiago Dantas

    Nossa, Felipe, quantos anos vc tem mesmo? Apenas tentei ajudar o cara com a informação que tinha. Se mudou, que bom. Até eu fiquei sabendo agora. Essa é a função disso aqui. Menos, por favor.

  • Marcelo Reis

    ja encontrei o link para os iphones para quem quiser. ta barato mesmo e ainda levo uns chocolatinhos e meu RED label http://www.dutyfreedufry.com.br/search.ep?keyWords=Iphone+6&filters=b200186&sorter=relevance-desc

  • Paulo Mourão

    Certificado pela Anatel = símbolo da Anatel atrás, igual vem no iPhone brasileiro = você fala que comprou no Brasil e eles não vão ter muito o que falar.

    Se os Macs, iPads, etc vierem com o símbolo também é a mesma coisa. Você vai falar que comprou no Brasil e vai mostrar o símbolo.

  • Raul Grilo

    O iPhone não está sujeito a taxa de importação, já o MacBook, sim?

    • Hermann HTG

      “Bens adquiridos nas lojas francas do Brasil, no momento da partida do viajante para o exterior, nas lojas duty free no exterior e os adquiridos em lojas, catálogos e exposições duty free dentro de ônibus, aeronaves ou embarcações de viagem têm o mesmo tratamento de outros bens adquiridos no exterior”

      http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/aduaneira/viagens-internacionais/viajantes/compras-em-loja-franca-duty-free-shop)

      UM aparelho de celular que tenha sido usado DURANTE a viagem – e desde que não haja outro aparelho com o viajante – poderá ser considerado como item pessoal (note o PODERÁ, pois o fiscal é soberano em determinar o que é uso pessoal e o que não é)

  • Felipe Trigueiro

    Tem limite de compra? Pois em teoria por ser Anatel, você poderá portar quantos quiser na re entrada ao país!

    • Hermann HTG

      Leia todos os comentários. Sua dúvida já foi respondida (resumindo: sim, pode comprar quantos quiser; não, não tem isenção na volta).

      • Felipe Trigueiro

        Eu li os comentários… mas não são conclusivos. Se tem o selo ANATEL no celular no verso, o fiscal libera.. iria viajar com dois aparelhos (meu e da empresa), ambos com Anatel no verso, e me explicaram o procedimento….

        • Hermann HTG

          Olá Felipe, sua chance de dar tudo certo é de 50%. O selo Anatal não é sinônimo de produto adquirido no mercado nacional. MINHA EXPERIÊNCIA PESSOAL é que eu NUNCA tive problema em viajar com dois aparelhos. Só que um era um aparelho mais top de linha XYZ e o outro era uma sucata qualquer, ambos funcionando e ambos usados. Mas essa é a minha experiência.

          Quando falamos de fiscalização da Receita Federal falamos um pouco também de sorte.

          Vá viajar sossegado. Viaje tranquilo, aproveite, curta. Tire fotos, traga lembranças. Na volta você descobre se deu certo ou não o selo da Anatel. Estressar por antecedência é muito ruim.

        • Charles Barros

          Esqueça o selo da ANATEL, voltou com seu celular antigo ou da empresa e mais um novo paga imposto. Homologação da Anatel é diferente de isenção fiscal.

  • Hermann HTG

    Sua dúvida já foi respondida nos comentários, mas repito aqui: Não é OUTRA cota, a cota do freeshop é única, com limite máximo de US$ 500. Por este motivo, no DESEMBARQUE não há nenhum produto com valor superior a US$ 500, pois este é o limite permitido pela Receita Federal.

    Já na loja do EMBARQUE não há limite, pois os bens não são isentos de tributação na volta.

    • Fabricio

      Hermann, quando digo outra cota, me refiro a cota da viagem internacional.
      E nada impede vc de comprar + de 500 usd no free shop. Vc só vai pagar imposto…
      Temos:
      1) 500 usd da viagem internacional
      2) 500 usd do duty free

      certo?

  • Hermann HTG

    No FreeShop do desembarque não há nenhum item com valor superior a US$ 500, porque este é o valor estipulado como isento de imposto pela Receita Federal (para o desembarque).

    No embarque não há isenção, por isso podem ser vendidos itens acima de US$ 500 (que serão taxados – ou não – na volta).

  • Julio Sá

    Minha opinião: Só será util para quem vai viajar para destinos que nao sejam os USA. O iPhone custa MAIS caro que lá, mas como nao tem sales tax o preço sai quase equivalente. Para o caso de notebooks esqueça, os fiscais sabendo que vendem macbooks “sem impostos” nesta loja com certeza vao passar a pedir nota fical no retorno para comprovação de origem. Isso se eles já não grampearem seu passaporte na saída e te pegar na fiscalização na volta, JÁ SABENDO QUE NO EMBARQUE VOCE COMPROU UM MACBOOK e nao pagou impostos. Me parece cilada.

  • Julio Sá

    A VEJA publicou uma matéria totalmente tendenciosa. Fala da isenção de cota, etc mas isto se aplica somente a UM aparelho celular. Acontece que da forma como eles colocam, quem lê pensa que se aplica aos demais produtos, o que nao é verdade. Vamos pensar gente, se voce pudesse comprar um Macbook sem impostos nessa loja, sem risco de impostos o que iria ter de atravessador indo para Buenos Aires só para comprar notes e depois revender na volta…..

  • matheus

    Eu ate entendendo alguém que ganhe 5000 dolares gastar 700 num celular, mas alguem que ganhe 5000 reais gastar 2500 ou pior 3500 reais num celular que nem se pode aproveitar bem por causa do pessimo 4g, foge a minha compreensao…

  • Leonardo

    aaahh tá. dois paus e quinhentos num iPhone tá muuuito barato. Sempre quis pagar R$2500 num hardware que vale metade disso. SQN

  • Fred

    Se reservarmos pelo site é possível conseguir o iphone por esse preço em qualquer um dos terminais, não?

  • Helio

    A loja fica no embarque internacional. As compras nesta loja são consideradas como compras no exterior, e entram na cota de compras do exterior.

  • Diego M. Blum da Silva

    Dúvida: e o tal limite de U$ 500 por passaporte no free shop desembarcando no Brasil?!?

    • Hermann HTG

      A matéria fala sobre a loja do embarque.

    • Charles Barros

      Sim! Exato. Este é o limite no desembarque no Brasil.

  • Fernando

    Muito simples de nao pagarem o imposto se comprar um computador.. Você chega com bastante antecedencia. Compra o macbook, depois sai da área de embarque alegando que esqueceu algo e vieram trazer, entrega o notebook pra algum amigo seu no aeroporto e embarca novamente =)

    • Charles Barros

      Se for pego fazendo isso perde a mercadoria.

  • Edgard Souza Junior

    Falei com a atendente do dutyfree e ela falou que tem que pedir na hora de pagamento no caixa para real, assim pode parcelar no cartão

  • Bruno

    No caso da compra de um computador no retorno e dentro do limite de 500 dólares, há pagamento de impostos?

    Pergunto, pois, na última viagem para o exterior fui taxado por uma compra de eletrônico (computador pessoal) e, não pagando imposto no produto do Duty Free, deixaria de comprar o eletrônico fora e compraria aqui no Free Shop.

    Alguém sabe?

    • Hermann HTG

      Compras até o limite de US$ 500 nas lojas FreeShop do *desembarque* são isentas de impostos. Não há como comprar mais do que este valor nas lojas do DESEMBARQUE.

    • Charles Barros

      Se comprou notebook na loja de embarque acima de US$500 paga imposto normalmente da mesma forma que se tivesse comprado o aparelho em Miami.

  • Alexandre

    Essa loja é só no embarque ou no desembarque temos acesso a ela também??

  • Alexandre

    Alguém sabe por quanto Ta vendendo o iPhone 6 de 64G nessa loja?

    • Hermann HTG

      Entre no site da DUFRY e pesquise. No site tem os preços.

  • Hermann HTG

    Já foi respondido. Leia os comentários!

  • Charles Barros

    Somente na Loja do Embarque.

  • Alexandre Nunes Rodrigues

    Essa loja é só no embarque internacional ou no desembarque também têm acesso a ela? Alguém sabe o valor do iphone 6 de 64GB?

    • Charles Barros

      Somente na loja de embarque.

  • Charles Barros

    Não há como reservar nada acima de US$500 para retirar no desembarque.

  • Charles Barros

    Não é muito comum as pessoas usares de 2 a 4 relógios ao mesmo tempo. O do pulso, mesmo sendo um Rolex US$8.658, (provavelmente) não será taxado! Mas se estiver com mais 3 reloginhos de US$50,00 terá de pagar o imposto sobre os mais caros. A Receita Federal é bem clara quando diz que é apenas 1 (um) item de uso pessoal – no caso 1 relógio.

  • Carlos di Giacomo

    Pessoal, cuidado! Apesar de comprar no brasil, se for parado na ALFANDEGA VOCE SERA TAXADO!!! Minha esposa comprou um iphone e um macbook na dufry do embarque e acabou de ser taxada na alfandega, apesar de ter mostrado a nota e tudo mais. Disseram q o dufry do embarque eh considerado “solo internacional “. PEGADINHA!

  • Andre

    não é pegadinha não, tá na lei. Se fosse só o celular teria passado batido. Se não tem o selo atrás do equipamento ANATEL é importado, como já dito varias vezes aqui.

  • Tato

    Pena que os vôos para a América do Sul não passem pelo Terminal 3. Não sei o porquê, já que são vôos internacionais assim como a proposta de exclusividade daquele terminal. Triste! 🙁

    • Bruna

      Alguém sabe dizer se vende o novo MacBook dourado e o valor? Ou poderia me informar o contato da loja? Não estou encontrando nem o aparelho que procuro no site do dutyfree, nem o telefone/e-mail. Aguardo resposta e desde já agradeço! Bruna.

  • Melissa Ferreira

    Só quem vai pegar vôo internacional pode comprar, é isso??

  • João Paulo Junqueira Geovanini

    Ta rolando ainda, será?

  • Bruno Almeida

    Pessoal, alguem sabe se na loja também te o 5C e quanto está custando? Obrigado!

  • Felipe

    Já está rolando o 6s?

  • Esclarecimento do Dufry:
    “Quaisquer aquisições nas lojas Dufry situadas nas áreas restritas de embarque internacional, ou seja, após o controle emigratório (saída), não estão excluídas para o cálculo de isenção dos US$500. Assim, o valor do equipamento adquirido será somados às outras compras realizadas no exterior e do montante será excluída a cota de US$500 de isenção.
    Apenas no caso de um, e somente um, telefone celular é que ele não comporá a base tributável por ser um bem de uso manifestamente pessoal, conforme o § 1º da IN RFB 1059/2010.”

    • Marcus Herr

      🙂

  • Fernanda

    Escreveram aí que parcela no crédito. Vale pro Iphone também ?

  • Marcus Herr

    Pessoal, comprando o IPHONE á S$ 914.00 dólares no EMBARQUE e tendo destino á Argentina, posso ser taxado? Lembrando que só levarei o chip e prontamente o colocarei no aparelho. Ainda assim posso ser taxado, na Argentina ou no DESEMBARQUE ao Brasil?

  • Marcus Herr

    Minha viagem é pela GOL – TERMINAL 2. Consigo ter acesso ao TERMINAL 3 (Na loja da Dufry) EMBARQUE?