Anac leiloa novo aeroporto de Natal por R$ 170 milhões

Denis Carvalho 22 · agosto · 2011

O consórcio Inframérica foi o vencedor do leilão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana de Natal (RN), que ocorreu hoje na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Após 87 lances, o consórcio ganhou o leilão com a proposta de R$ 170 milhões, ágio de 228,82%. O mínimo estipulado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) era R$ 51,7 milhões.

Com isso, pela primeira vez o Brasil terá um aeroporto federal sob administração privada, com prazo para a exploração da concessão de 25 anos. O contrato poderá ser renovado por, no máximo, mais cinco anos, quando o aeroporto retornará ao Poder Público.
Segundo o governo federal, o mesmo modelo jurídico dessa concessão deverá ser usado nos leilões dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília.

O consórcio Inframérica é constituído pela empresa Argentina Corporación América e pelo Grupo Engevix, no qual é controlado pela Jackson Empreendimentos e composto por mais quatro empresas. O grupo vencedor terá até três anos para construir os terminais.

A estimativa da ANAC é de que o consórcio vencedor invista R$ 650 milhões na construção dos terminais e na operação do aeroporto. O Aeroporto de São Gonçalo do Amarante substituirá o atual Aeroporto Internacional Augusto Severo de Natal (RN) e poderá ficar pronto para a Copa de 2014. A previsão de movimento no terminal é de que alcance 3 milhões de passageiros, em 2014; 4,7 milhões, em 2020; e 7,9 milhões, em 2030.

Com informações da Anac

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe
  • Marcos Mucillo

    Eu li bem? O Viracopos e o Cumbica também serão leiloados? Ou é outro aeroporto em Campinas e Sp?

  • Lobinho

    O Governo já deonstrou sua incompetência para administrar aeroportos, sendo assim, a concessão é a melhor solução.

    • Gilberto Souza

      No Brasil, o negócio é privatizar tudo. O GOV eh incompetente em TUDO que faz. A maior piada foi eu chegar no aeroporto de guarulhos e ter que apresentar meu cartão de embarque no centro de informações pra ter ridículos 15 minutos de Internet Wi-Fi grátis, sendo que em aeroportos de outros países eh totalmente gratuito e a conexao é execelente (Ex: Aeroporto de Sydney, que naveguei por 3 horas durante a espera para troca de aeronave). Eles falam em custo, mas o custo real de implantar e manter um wi-fi é muito baixo se considerarmos as taxas que pagamos nos aeroportos (aprox R$ 40,00 em GRU ida e volta).

  • Erismar Medeiros

    Davi, na verdade esta matéria do UOL é preconceituosa e mentirosa, pois o leilão teve um ágio de 228% (170 mi) isso prova que tem retorno sim e não sairá nada dos recursos públicos, e o melhor é que será entregue antes da copa, confirmado pelo consórcio vencedor. Quanto a obra do citado Eixo 1, que liga o aeroporto ao setor hoteleiro (melhor do NO/NE), já tem os recursos assegurados e será construido.

    Não entendo porque o grupo folha tenta a qualquer custo ridicularizar o nosso Nordeste e tentar tirar Natal da copa.

    • Elvis Joannes

      Gostaria de saber também porque o grupo folha não mostra o andamento das concessões nos outros aeroportos. Pelo o que eu vi até agora o de São Gonçalo é o que está mais adiantado. Sem dúvida será uma obra que trará investimentos grandiosos, pois será ponte área para grande parte das importações e exportações do nosso País.

  • Igor – Poa

    Porque não leiloam outros aeroportos ? Tipo o de PORTO SEGURO está precisando hein?! 2 anos em reforma, pista péssima, sala de embarque pior ainda.Muito Calor e lanchonetes parecem biroscas de rodoviária!

  • Morpheus

    porque o de porto seguro não dá lucro. A iniciativa privada só quer os que dão lucro. Prejuízo fica para o gov.

  • Pedro Jeancleber.

    Só não sei se esse aeroporto será tão prático e próximo como o de Natal, que por sinal, é em Parnamirim também região metropolitana. São Gonçalo é mais distante, mais violento e o trajeto é muito cansativo, transito precário, sem atrativos, nem parece que é Natal. O charme de cidade pequena e tranquila para quem chega a Natal pelos ares irá acabar. Viva ao novo aeroporto e espero que tenha atrativos que compensem a sua construção.

  • Pedro Jeancleber.

    Não sei se esse aeroporto será tão prático e próximo como o de Natal, que por sinal, é em Parnamirim também região metropolitana. São Gonçalo é mais distante, mais violento e o trajeto é muito cansativo, trânsito precário, sem atrativos, nem parece que é Natal. O charme de cidade pequena e tranquila para quem chega a Natal pelos ares irá acabar. Viva ao novo aeroporto e espero que tenha atrativos que compensem a sua construção.