American Airlines e Delta terão mais 28 voos para o Brasil

Denis Carvalho 21 · junho · 2013

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos (DOT) apresentou ontem uma proposta para a concessão de mais 14 voos de lá para o Brasil a partir de outubro e outros 14 no ano que vem. Caso seja aprovada, a American Airlines e a US Airways, que estão em processo de fusão, receberão 14  novas frequências, metade delas ainda este ano, incluindo o novo voo direto de São Paulo a Los Angeles pela AA. As demais ficarão com a Delta. Além de Los Angeles, os novos horários serão se Guarulhos a  Atlanta, Detroit e Charlotte.

Essa deverá ser a última concessão de novos voos entre Estados Unidos e Brasil pelo DOT. Isso porque a partir em outubro de 2015 entra em vigor o acordo de céus abertos assinado em 2011 entre os países e as companhias terão liberdade para solicitar novos voos.

Se a proposta for aprovada sem alterações, a American Airlines vai inaugurar em outubro o primeiro serviço sem paradas diário de uma companhia aérea norte-americana entre Los Angeles e São Paulo. A rota hoje conta apenas com voos diretos da Korean Air. A companhia, porém, não conseguiu a rota direta entre São Paulo e Chicago que estava planejando. O DOT também negou o pedido da US Airways de um novo voo direto entre São Paulo e Philadelphia.

A Delta, por sua vez, deve adicionar um segundo voo diário de Guarulhos a seu hub em Atlanta. Para conseguir metade dos novos voos, a companhia usou como argumento a fusão entre American Airlines e US Airways, que poderia comprometer a competição nas rotas para São Paulo, definido por ela como “o maior e mais importante mercado da América do Sul”. “Na verdade há apenas duas candidatas nesse processo, Delta e a ‘nova American’, ainda que a US Airways tenha apresentado uma candidatura separada”. A United não apresentou proposta.american

O DOT justificou sua decisão destacando a importância do novo voo da AA a Los Angeles, que serão os primeiros de uma companhia do país do Brasil à costa oeste. Já o segundo voo diário pela Delta a partir de seu centro de Atlanta dará aos passageiros a opção de conexão para  mais de 150 cidades. A companhia é parceira da GOL no Brasil.

A proposta está aberta a comentários e recursos por dez dias e o departamento reservou mais sete para responder aos comentários. Após este período de observação, o DOT irá  preparar a decisão final. A proposta de decisão, as propostas das companhias aéreas e comentários públicos podem ser encontrados em no site Regulations.gov.

Mais informações no site do DOT (em inglês)

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Tito Bosco

    legal mais um voo direto GRU LAX agora de AA tomara que consigam colocar avioes bons e novos assim como tripulacao cordial. Ninguem merece um voo dessa distancia com o jeito AA de ser ultimamente, segundo a maioria fala.

    Enquanto isso SSA x MIA com os sucatoes 757 e muita aventura pra contar.

    • Mar

      Voei em maio pela AA para LAX,foi tudo muito bom! Tinha muito medo da AA pela má fama…Mas o avião estava ótimo e os comissários fizeram um serviço correto.Pretendo fazer esse voo direto GRU/LAX!

      Por falar nisso,o MD não noticiou que a AA tinha a intenção de fazer POA/LAX?

  • Jean Prado

    a opção fica apenas com Delta pois AA não dá! É um lixo.

  • André Lorente

    Já comentei isso aqui e comento de novo: voo diária de GRU pra LAX não me parece uma estratégia nem um pouco boa. A Delta tentou manter essa rota com frequência de 3 vezes por semana e não durou… Eu voei nela duas vezes em épocas diferentes e nas duas o avião não devia ter nem 60% de ocupação!

    • André Lorente

      Já os voos da Korean saem lotados… Mas isso porque a maior parte dos passageiros são coreanos cujo destino é Seoul. Los Angeles acaba sendo apenas uma escala.

  • Mar

    Quando será que estarão disponíveis para venda os bilhetes GRU/LAX pela AA?

  • Fabio

    Acho ótimo o aumento de oferta. Quanto mais opções melhor. Mas com o dólar se aproximando de 2,30 acho que isso chegou um pouco tarde.

  • jonas88

    POA-LAX ou POA-ORD seria vida plena!

    • Diego

      POA-MIA-CWB-POA

      Inicio previsto para 19/12/2013.

      • Diego Lopes

        Vlw Chará!

  • jonas88

    a AA usa 777 e a Delta aquelas peidolências 767 com tv de tubo (raios catódicos)

    bjus

    • Divaldo

      Permita-me discordar… Tenho feito regularmente vários voos com a Delta (GRU-ATL, BSB-ATL, GRU-DFW) e todos os aviões possuíam monitor individual com boa oferta de filmes e um atendimento correto.

      • Divaldo

        Errata: GRU-DTW

    • Jean Prado

      Jonas,

      Mas a falta de educação dos atendentes e da equipe de bordo da AA não há equipamento ou tecnologia que compense.

      Prefiro voar na Delta.

      abs

      • jonas88

        Comigo sempre foram garbosamente educados. Claro, do jeito americano.

        E eles cisalham mesmo quem não obedece, e com razão. Brasileirada tem costume de ser mal educada. Recomendo pegar GRU-JFK ou GRU-DFW. Serviço muito bom!

        • Jean Prado

          Aí é que está: nunca dei motivo para me tratarem mal, sempre trato as pessoas com educação para receber boa educação de volta mas não foi o que aconteceu. Então resolvi nunca mais usar esta cia.

  • Diego Lopes

    Li algum tempo aquino MD que teriamos uma rota Curitiba-Porto Alegre-Miami / Miami-Curitiba-Porto Alegre…

    Isto procede ainda?

    No aguardo,

    Obrigado!

    • jonas88

      Sim. A partir de dezembro!

      Grato.

      • Diego

        19/12/2013.

  • Diego

    Espero que não seja tão mal sucedido esse vôo GRU-LAX. Assim como a Korean Air usa LAX como ponto de escala para o seu vôo ICN-GRU, LAX é um ótimo hub para vôos para a Ásia. De lá, muitos passageiros brasileiros poderiam chegar mais facilmente ao Japão, à China, a Hong Kong, além claro de destinos americanos na costa oeste e o fantástico Hawai'i.

  • Rafael

    Se a alta do dólar persistir eu apostaria que, infelizmente, algumas rotas podem começar a ser cortadas e as novas não lançadas. Essas rotas são muito dependentes do público brasileiro, que por sua vez é dependente de questões ligadas à renda e câmbio.

  • Um voo para Miami saindo de Cuiabá diminuiria pelos menos 4 horas. CGB/Miami. Miami/CGB. da pra operar pelo menos três voos por semana.