Alaska Air vence disputa com a JetBlue e compra Virgin America por US$ 2,6 bilhões

Thayana Alvarenga 4 · abril · 2016

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

Após vencer a disputa com a JetBlue Airways, o Alaska Air Group comprou a Virgin America por 2,6 bilhões de dólares. A negociação foi bastante intensa, mas o balanço patrimonial limpo da Alaska influenciou no resultado da disputa, já que pode ajudar a intermediar empréstimos para financiar a aquisição. Esta fusão dá origem à quinta maior companhia aérea dos Estados Unidos. O objetivo principal da compra é ganhar mercado na costa oeste americana, especialmente na Califórnia, em cidades como Los Angeles e São Francisco. A Virgin tem forte presença na região, sendo a segunda maior transportadora em termos de lugares disponíveis.

O acordo deve ser finalizado até janeiro do ano que vem, podendo gerar 27% de aumento na receita anual da Alaska Air.  A combinação das duas empresas cria a quinta companhia aérea americana em tráfego, superando a JetBlue, que atualmente ocupa esta posição. O novo grupo irá operar voos em mais de cem cidades nos Estados Unidos, Canadá, Costa Rica e México.

A Virgin America começou a operar voos em 2007 e é administrada pelo Virgin Group. A companhia registrou lucros de 201,5 milhões de dólares, sendo o valor mais elevado em sua história. No ano passado, a empresa recebeu cinco novos aviões e ainda espera mais cinco Airbus A320 para 2016. A Alaska Air tem 84 anos e sua base fica em Seattle, cidade em Washington. A companhia não tem dívida líquida e tem 1,3 bilhão de dólares em caixa. A JetBlue, que começou a voar em 2000, tinha 876 milhões de dólares em caixa no fim do ano passado, além de uma linha de crédito não utilizada de 600 milhões e dívidas somadas em 1,8 bilhão.

Esta é a primeira fusão na aviação americana desde 2013, quando a American Airlines e a US Airways se juntaram para criar a maior transportadora aérea mundial.

Mais informações no site oficial da Alaska Airlines.

Agradecemos a dica enviada pelo leitor Bruno Almeida.

Autor

Thayana Alvarenga - Repórter