Airbus inaugura seu primeiro Centro de Treinamento da América do Sul em Campinas

Thayana Alvarenga 9 · junho · 2017

A Airbus, famosa fabricante francesa de aeronaves, inaugurou oficialmente ontem (09/06) o Airbus Brazil Training Centre, seu primeiro centro de treinamento da América do Sul. O local fica na UniAzul, próximo ao Aeroporto Internacional de Viracopos, na cidade de Campinas, interior de São Paulo.

O espaço conta com um simulador de última geração da família A320, que possibilita treinamentos e cursos de voo para pilotos da Airbus. O Centro de Treinamento é resultado de uma parceria da empresa com a Azul Linhas Aéreas. Os treinamentos começaram em novembro do ano passado, quando o simulador chegou – a inauguração foi feita somente agora.

 

Ao todo, já foram somadas 2.100 horas de treinamento, sendo que um simulador tem capacidade média máxima de 6 mil horas por ano. Para o Presidente da Azul, Antonoaldo Neves, um único simulador do A320 é suficiente para suprir as demandas da atual frota. Por enquanto a empresa é dona de oito aeronaves da marca francesa, com cerca de 50 pessoas na operação.

Ainda de acordo com o executivo, os simuladores vão facilitar muita coisa para a companhia. “Independente de economizar dinheiro, o que faz a grande diferença é a qualidade. É ruim para mim tirar o tripulante da escala para viajar, porque normalmente é necessário ficar um tempo fora. O simulador está ajudando bastante, porque ninguém precisa ir para longe para estudar”, disse.

Estrutura

O espaço é bastante moderno. Para começar, há uma área de estudo para a realização de um curso teórico antes de cada treinamento prático no simulador, para que os pilotos aprendam todos os processos. O APT (Airbus Pilot Transition), como é chamado, conta com telas de computador em que é possível aprender todo o processo de funcionamento da aeronave, antes do acesso ao simulador.

Após várias horas de curso cumpridas dentro do APT com um instrutor, o tripulante avança para o método prático, em que pode utilizar o simulador. Nesta fase de estudos já é possível ter grandes conhecimentos de como tudo funciona, podendo ter uma experiência pilotando. É realmente tudo muito real, imitando uma aeronave convencional: o som, a sensação de movimento, os painéis…

Um estudo da empresa, chamado de Airbus Global Market Forecast, aponta que até 2036 a aviação da América Latina vai demandar cerca de 80 mil novos pilotos e técnicos. Neste caso, é realmente importante as companhias aéreas irem se preparando, não é mesmo?

E você, o que achou da novidade? Deixe sua opinião nos comentários e participe!

Autor

Thayana Alvarenga - Repórter
  • Em quais rotas o A320neo está operando?

    • Wagner, já são muitas rotas. Geralmente as mais longas. Mas você pode consultar no site da Azul, pois em alguns destinos os aviões podem mudar dependendo da data.

      • Ah sim. Minha preferência é sempre por Avianca e Azul em viagens domésticas.

        Porém, na CWB x MGF os E190 estão surradinhos já…

        • É, pra MGF vai ser difícil ver um desses. Eles vão usar nas rotas mais longas e voos entre os hubs.

          • Kkkk tranquilo. Acho que de volta a solteirice, não fará muita diferença. Hehehe.

            Mas que o povo de Maringá merece uma atenção especial, isso é inegável.

            Sistema antigo de entretenimento que não funciona, fora o estado de conservação que classifico como regular para ruim, das aeronaves na rota.

            Pelo que vemos, nem todas as viagens terão a sensação de uma executiva num 787 dreamliner ou uma First da Qatar no A380. :/

  • ARYSON FRANCA

    Existe a possibilidade de o público em geral visitar esse centro de treinamento? É possível pagarmos para ter acesso ao simulador com um instrutor?