Aerolíneas Argentinas solicita voos de Curitiba a Buenos Aires

Denis Carvalho 6 · setembro · 2013

Curitiba está próxima de ganhar mais um voo direto para Buenos Aires. A Aerolíneas Argentinas solicitou à Anac autorização para operar um voo diário entre os aeroportos Afonso Pena e Aeroparque. A previsão é que a nova rota tenha início em março do ano que vem.

Segundo dados da Anac, a linha aérea deve ser operada pela Austral, companhia subsidiária da Aerolíneas, em modernos jatos Embraer E190, com capacidade ára 183 lugares.

O voo de Buenos Aires a Curitiba sairá às 13h35 e chegará às 15h47. No sentido contrário, o jato sairá da capital curitibana às 16h30 com chegada à Argentina às 19h07. 

Hoje, Curitiba tem um voo diário da GOL a Buenos Aires, mas ele chega ao aeroporto de Ezeiza, que é mais afastado da cidade, apesar de maior. Este aliás é o único voo internacional regular operado no Afonso Pena.

Dica do leitor José Augusto

Publicado por

Denis Carvalho

Editor chefe

  • Rafael G J Castro

    Aleluia! Afonso Pena se tornando internacional de verdade…
    Que seja bem vinda a Austral!

  • Por favor qual o telefone de vcs?

  • André Felipe

    Galera, corrijam a quantidade de passageiros da aeronaves. O texto diz "modernos jatos Embraer E190, com capacidade ára 183 lugares."

    Abraços e sucessos

  • Retificando, a capacidade da aeronave são 83 passageiros e Curitiba terá o vôo da AA para Miami, sendo assim, a Aerolineas Argentinas será o terceiro operador internacional

  • Aluizio

    Aerolíneas ARGENTINAS. Corrijam por favor.

    • Porangaba da Amizade

      Necessidade.

  • Porangaba da Amizade

    O Aeroporto Internacional de Curitiba, finalmente com 2 vôos internacionais.

    • Bruno

      3

    • Sandra Mendes

      QUe bom, pois a 'rodoviaria' de Cuiaba, leia-se Aeroporto também é Internacional e não tem nenhum. Também pudera… pela péssima estrutura…!!!

      • Porangaba da Amizade

        kkk

  • Guilherme

    Agora só precisamos de um aeroporto melhor, pois aqui em Ctba quase não damos conta dos domésticos quiça internacionais!. e ainda a alfandega aqui…

    • carlos

      Tinham que mudar o aero de lugar, tipo Campo Largo, longe do pântano dos nevoeiros.
      Fazer com pista de 4 mil metros, etc.

      • Daniel Mansur

        Concordo! Vôo que sai cedo no inverno e quase certo de atraso ou cancelamento.

      • Kew

        Sempre imaginei um aeroporto maior, melhor e em outro local.

  • Vitor J. Nunes

    Jornal do Commercio – PE
    05/09/2013, às 19h09
    Aerolíneas Argentinas anuncia novas frequências para o Nordeste
    A Bahia será a maior beneficiada com a novidade, divulgada durante a feira da Abav
    Bruna Cabral
    São Paulo

    A Aerolíneas Argentinas anunciou, hoje, durante coletiva de imprensa promovida pelo Estado da Bahia, que até o final do ano, vai estrear mais quatro vôos semanais para Salvador e três para Porto Seguro. “Temos enorme interesse no Nordeste”, afirmou o diretor geral da companhia no Brasil, Ariel Rodriguez, que não descartou a possibilidade de investir em freqüências diretas para o Recife em breve.

  • Vitor J. Nunes

    Atualmente, a companhia tem somente uma saída de Salvador, aos sábados. “O vôo está sempre lotado. Os argentinos têm enorme simpatia pelo Nordeste brasileiro. E vice-versa”, disse o executivo, durante a coletiva de imprensa, em que foram divulgados 40 roteiros novos e recauchutados, que tratam dos mais diversos atrativos do “mundo chamado Bahia”, como sugere o slogan criado para este ano.

    Entre os principais, estão o Cacau com dendê, com paradas em Juazeiro, Casa Nova e Sobradinho, o Caminho dos orixás, por Salvador, e o Caravana da alegria, com destino a Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. “Entre 2007 e 2012, tivemos 22 milhões de desembarques internacionais em Ilhéus, Salvador e Porto Seguro. Além disso, inauguramos 26 novos hotéis nos últimos 6 anos”, disse o secretário de Turismo daquele Estado, Domingos Leonelli.

  • Vitor J. Nunes

    O único entrave ao crescimento do destino, queixou-se, tem sido a “perversa política aérea no País”. “As empresas estão reduzindo a malha aérea no Nordeste. E priorizando os destinos corporativos do País. Mas esse é um grande contra-senso”, protestou.

  • Augusto

    Embraer 190 com 183 lugares?? Acho difícil eim!!