Azul anuncia acordo de interline com a United Airlines

Denis Carvalho 16 · janeiro · 2014

Não perca mais nenhuma promoção!

Promoções no e-mail

Faça como 1 milhão de brasileiros. Cadastre seu email e receba as melhores promoções de passagens!

Promoções no Whatsapp

Agora você pode receber promoções direto no Zap! Escolha se quer receber todas ou só as melhores!

A Azul Linhas Aéreas e a United Airlines assinaram um acordo de interline, que permitirá que a companhia aérea dos Estados Unidos emita bilhetes para os mais de 100 destinos oferecidos pela Azul no Brasil. Segundo as companhias, as passagens desse acordo já estão disponíveis por meio de todos os canais de vendas da United e as tarifas irão abranger a rota completa, ou seja, o valor total do bilhete prevê os trechos das duas companhias.

“Este é o terceiro acordo de Interline que fazemos com companhias internacionais com operação no país e estamos bastante otimistas, já que temos boa conectividade em diversos aeroportos”,  afirma Marcelo Bento, diretor de Planejamento e Alianças da Azul. Atualmente, a empresa mantém acordos também com a TAP e Etihad Airways. 

A parceria beneficiará diretamente os clientes que desembarcam nos aeroportos internacionais de Guarulhos e Galeão, onde a United Airlines opera. De lá, poderão conectar-se a qualquer destino operado pela Azul com apenas um check-in até o destino final. Entretanto, por conta da necessidade de passagem pela alfândega ao entrar no Brasil, o passageiro proveniente de voos da United precisará retirar suas bagagens na esteira e despachá-las novamente no balcão da Azul. A esses passageiros, a Azul honrará a franquia de bagagem de duas peças de 32 quilos cada.

Com a saída próxima da TAM da Star Alliance, novos acordos como este deverão ser fechados, já que as companhias consideram insuficiente a malha da Avianca Brasil, que vai substituir a TAM na SA. A Azul também tem sido sondada pela aliança global para se associar, mas a medida é vista com ressalvas por membros da Star Alliance, que consideram a brasileira como low cost.

Autor

Denis Carvalho - Editor chefe